JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 15 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Minas é o estado que mais pagou DPVAT por acidentes de caminhões

As horas em excesso ao volante e longas distâncias percorridas fazem com que a profissão de caminhoneiro seja uma das mais perigosas

17/09/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 17/09/2019 - 13:42:40.

Durante o ano de 2018, o Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT) pagou 11.996 indenizações para motoristas ou familiares de motoristas de caminhão. Desse total, mais de três mil benefícios foram em decorrência de vítimas fatais. Os dados são da Seguradora Líder, empresa administradora do seguro obrigatório, e foram acessados pelo Jornal da Manhã, ontem. 

Minas Gerais registrou o maior número de pagamentos do Seguro DPVAT por acidentes envolvendo caminhões, 1.944, perfazendo 16% do total de sinistros pagos no país. São Paulo aparece em segundo lugar, com 1.579 indenizações, seguido por Paraná, com 1.087; Rio Grande do Sul, com 893, e Santa Catarina, com 888.

Outro dado que chama a atenção é em relação aos acidentes envolvendo pedestres. Os veículos pesados foram responsáveis por 5.052 pagamentos do Seguro DPVAT a pessoas que se deslocavam a pé. Desses, mais de 1.600 foram por morte e 2.726 receberam o benefício por invalidez permanente. Já os passageiros de caminhões somaram 2.356 indenizações, sendo 1.219 por invalidez permanente, 680 por morte e 457 por Despesas de Assistência Médica e Suplementares (DAMS). 

As horas em excesso ao volante e longas distâncias percorridas fazem com que a profissão de caminhoneiro seja uma das mais perigosas, envolvendo grande risco de acidente. Segundo o estudo, a maioria dos casos ocorreu por falha humana, desde cansaço e falta de atenção até descumprimento das leis de trânsito, fator de grande preocupação entre as autoridades.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia