JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Seds volta a orientar população a não dar esmolas nas vias públicas

Secretaria está realizando diagnóstico da população de rua da cidade até o próximo dia 10 para definir as ações pontuais a serem implementadas

08/09/2019 - 06:35:37. Última atualização: 08/09/2019 - 17:51:40.

Foto/Divulgação 

 
Equipes da Abordagem Social estão percorrendo os locais com maior concentração de pessoas em situação de rua para o levantamento

Desde o início de setembro, as equipes da Abordagem Social, Centro Pop e Seção de Apoio às ONGs da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Seds) realizam trabalho de diagnóstico da população de rua de Uberaba, para garantir a qualidade e continuidade das ações. O secretário de Desenvolvimento Social, Marco Túlio Cury, destaca que já nos primeiros dias de pesquisa foi constatado que várias pessoas em situação de rua se recusam a sair deste contexto por receberem doações.

“São pessoas que não querem se institucionalizar, receber atendimento mais amplo, porque a situação em que estão lhes parece cômoda. Nós entendemos que muitos querem ajudar doando, mas orientamos que elas procurem fazer isso nas instituições cadastradas na Secretaria, pois, assim, evita a permanência dessas pessoas nas ruas, que passam a receber um tratamento mais adequado”, orientou.

O levantamento segue até o dia 10 para fazer um balanço da realidade do número de pessoas em condição de rua. “Sabendo os pontos e quantidade de pessoas, com certeza nosso trabalho será bem mais eficaz. A população pode ajudar com a realização do mapeamento, informando os locais onde há pessoas nessa situação. Pode ligar no 3331-2433, no Departamento de Proteção Social Especial, inclusive estarei acompanhando a pesquisa pessoalmente nos próximos dias”, ressalta Cury.

Acolhimento é feito na Casa de Passagem e em instituições parceiras conveniadas

O acolhimento social é realizado por meio da Casa de Passagem, com abrigo provisório voltado a migrantes e itinerantes. São acolhidos - emergencial e provisoriamente - todos os que necessitam e desejam acolhimento, com direcionamento por meio da Abordagem Social. Através da Seds é mantido termo de parceria e cofinanciamento com instituições sociais para acolhimento de pessoas em situação e/ou vivência de rua em Uberaba.

A Abordagem Social atende com equipes em três turnos, das 7h às 18h e das 18h30 a 0h30, além de plantões nos fins de semana e feriados, das 9h às 23h, com circulação pela cidade e atendimento por equipe de assistência social. A equipe é quem faz os encaminhamentos para o acolhimento na Casa de Passagem. Contatos podem ser feitos pelo disque atendimento através do telefone 99667-4451.

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia