JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Receita Federal em Uberaba não terá fortes impactos com cortes orçamentários

De acordo com Sizenando, na maior parte dos casos que ele tem ciência os cortes têm afetado obras de infraestrutura

21/08/2019 - 14:00:08. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 21/08/2019 - 17:44:39.

 Arquivo


Sizenando Ferreira diz que a unidade de Uberaba tem apenas uma pequena obra de acessibilidade que está com recursos garantidos e houve cortes de gratificações

Unidade da Receita Federal de Uberaba não será impactada pelos cortes no orçamento financeiro praticado pelo governo federal. Sizenando Ferreira, delegado-adjunto da Receita Federal, afirmou que apenas gratificações concedidas para funcionários foram cortadas e que apenas uma obra de acessibilidade está recurso garantido. “Temos apenas uma obra de acessibilidade e, por ser pequena, está com o recurso garantido”, aponta. 

De acordo com Sizenando, na maior parte dos casos que ele tem ciência os cortes têm afetado obras de infraestrutura. O decreto publicado pelo governo está afetando funções gratificadas e começou a vigorar no dia primeiro de agosto. “São mil funções gratificadas que deixaram de receber bonificação”, destaca. Segundo ele, inicialmente, quatro funções foram extintas na unidade de Uberaba. “Foi feito um estudo e apontado onde poderia haver um corte sem afetar o trabalho da administração e chegou-se a essas quatro funções que estão extintas durante a vigência do decreto”, revela. 

Sizenando afirma que a emissão de CPF (Cadastro de Pessoa Física) segue sem previsão de sofrer alteração, e o que está sendo ventilado, por enquanto, é que, futuramente, modificações poderão ser feitas em cartórios. Porém, essa medida ainda não está garantida. No Ministério da Economia, pasta responsável pela Receita, os cortes acumulam R$4,4 bilhões desde o início do ano.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia