JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

CIDADE

Bombeiros já atuaram este ano em mais de 270 casos de queimadas

Como o período crítico ainda está por vir, o número gera o temor de que a quantidade de queimadas supere o ano passado

23/07/2019 - 00:00:00. - Por Luiz Gustavo Rezende Última atualização: 23/07/2019 - 08:48:39.

Jairo Chagas


Os incêndios em vegetação na área urbana têm sido mais frequentes que na zona rural, revela levantamento feito pelos bombeiros

De acordo com dados do Corpo de Bombeiros fornecidos à reportagem pelo Conselho de Segurança Rural (Conser), Uberaba registrou 272 casos de incêndio em vegetação até ontem . Em todo o ano passado, foram 568 casos de focos de incêndio. Como o período crítico ainda está por vir, o número gera o temor de que a quantidade de queimadas supere o ano passado. 

Patrícia Lemos, presidente do Conser, expressou preocupação com o número de casos e afirmou ter acionado a promotoria. “Essa média está muito alta porque nosso período com maior incidência é setembro. Estamos com média muito alta, principalmente em lotes vagos”, aponta.

Em lotes da área urbana, até agora, são 182 casos, enquanto que em 2018 foram 226 casos. “Está tendo muitos casos na área urbana, isso não pode continuar nesse índice. Não pode limpar terreno colocando fogo na vegetação”, diz ao ressaltar que a atuação dos bombeiros na área rural muitas vezes fica prejudicada por conta da alta demanda na área urbana. “Os bombeiros precisam estar com atenção na área rural porque são casos mais complexos. Então, tem que haver mais rigidez na fiscalização de incêndio na área urbana”, conclui. 

Os casos em áreas rurais não protegidas em 2018 foram 58. Em 2019 já são 14. Incêndios em produção agrícola ou pasto foram 101 casos em 2018; em 2019 são 24. O índice mostra que a área rural está com menor incidência, até agora, que na área urbana.

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia