JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 11 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Continua depois da publicidade



Estado confirma primeiro caso de varíola dos macacos de Minas Gerais

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

29/06/2022 - 15:15:36. Última atualização: 29/06/2022 - 15:16:27.

O primeiro caso de Monkeypox, a varíola dos macacos, em Minas Gerais, foi confirmado nesta quarta-feira (29). Conforme informações do Ministério da Saúde, o caso é de um paciente de Belo Horizonte, de 33 anos, que esteve na Europa no período entre 11 e 26 de junho.

O Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde foi notificado nessa terça-feira (28), na capital mineira. O caso foi confirmado laboratorialmente.

A investigação confirmou que se trata de caso importado. O paciente está estável, em isolamento domiciliar. Os contactantes estão sendo monitorados e até o momento não houve identificação de caso secundário.

Já foram notificados no sistema Redcap do Ministério da Saúde 12 (doze) casos suspeitos de Monkeypox no Estado, dos quais 8 (oito) foram descartados laboratorialmente. Atualmente há 3 (três) casos em investigação e 1 (um) foi confirmado laboratorialmente.

Os sintomas iniciais da varíola do macaco incluem febre, dor de cabeça, dores musculares, dores nas costas, linfonodos inchados, calafrios e exaustão. Lesões na pele se desenvolvem primeiramente no rosto e depois se espalham para outras partes do corpo, incluindo os genitais. As lesões na pele parecem as da catapora ou da sífilis até formarem uma crosta, que depois cai.

Os sintomas da varíola dos macacos podem ser leves ou graves, e as lesões na pele podem ser pruriginosas ou dolorosas.

Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar