JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 18 de janeiro de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Continua depois da publicidade



Prepare o bolso: pesquisa aponta que ceia de Natal fica mais cara em 2021

#JornalDaManhã #QuemLêConfia
• WhatsApp: 34 99777-7900

01/12/2021 - 16:50:24. - Por Joanna Prata

Pesquisa divulgada nesta semana pela Fundação Getúlio Vargas (FGV) aponta que o brasileiro vai pagar mais caro na ceia de Natal deste ano. Carnes de frango e bovina, ovos, pães, bacalhau e vinhos fazem parte da lista de produtos relacionados à data festiva que registraram aumento de preços no período de 12 meses.

O avanço dos itens, no acumulado, vai até a faixa dos 27%, aponta a pesquisa. O frango inteiro é o item da ceia de Natal que mais subiu, somando 27,34% nos últimos 12 meses, seguido pelos ovos, com 20,05% de aumento. As carnes bovinas apresentaram 18,86% de aumento.

Em 12 meses, a inflação da ceia de Natal também é impactada pela elevação dos preços de azeite (13,69%), pães de outros tipos (11,12%), bacalhau (7,98%), vinhos (7,77%), lombo suíno (6,48%) e pernil suíno (3,44%), segundo os dados do IPC-10.


O único dos dez produtos da lista elaborada pelo pesquisador que registrou queda em 12 meses foi o arroz (-4,45%). O indicador é calculado pela FGV em sete capitais: Belo Horizonte, Brasília, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, São Paulo e Salvador.

No mês passado o Ministério da Economia aumentou mais uma vez a previsão de inflação para 2021. Segundo o Boletim MacroFiscal da Secretaria de Política Econômica, a previsão de alta da inflação subiu de 7,9% para 9,7%. Enquanto isso, a estimativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) caiu de 5,3% para 5,1%.
 


Siga o JM no Instagram: @_jmonline
e também no Facebook: @jornaldamanhaonline

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia