JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 13 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

GERAL

Mulheres são as que mais buscam auxílio no Procon para resolução de problemas

01/06/2020 - 09:32:45. Última atualização: 01/06/2020 - 09:34:25.

Estudos realizados pela assessoria de gabinete da Fundação Procon apontaram que nos últimos 10 anos o público feminino foi o que mais buscou auxílio na resolução de contendas, com variáveis de 55% a 64% do público total. Isso se deve ao fato de que a sociedade é formada por mulheres em sua maioria e que são elas as chefes de famílias e responsáveis por resolver todos os problemas da casa, além de seus próprios conflitos. Há ainda relação direta com fatores de consumismo e educação para o consumo, o que eleva a capacidade das consumidoras a conhecerem os seus verdadeiros direitos.

Marcelo Venturoso, presidente do Procon, destaca que a missão institucional do órgão é fazer com que a defesa do consumidor em Uberaba não se limite a apenas disponibilizar balcões e canais de atendimento ao consumidor, “mas que se eleve à capacidade de educar e formar os atores de consumo, fornecedores e consumidores sensíveis às questões da sociedade contemporânea, permitindo maior igualdade nas relações de consumo”.

Com a proposta de fazer mais do que defesa do consumidor, o Procon Uberaba tem desenvolvido políticas públicas para promoção de cidadania de ponta a ponta nas relações de consumo, provocando diálogos necessários entre todos os atores de consumo e especialistas de todo o Brasil.

A redução da desigualdade de gênero é um dos 17 Objetivos para o Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU e o Procon Uberaba estabeleceu ainda no início de 2020 como a temática a ser enfrentada na construção de relações de consumo menos desiguais, sem preconceito e violência de gênero. 
 
Uma série de medidas foram adotadas para que o órgão cumprisse seu objetivo estratégico, uma delas é a capacitação frequente de servidores e estagiários para potencializar perfis de atendimento empáticos e não estereotipados, evitando que um atendimento possa se tornar um momento de constrangimento às consumidoras que procuram o órgão para solução de conflitos de consumo. O Procon também realizou diversas campanhas em suas redes sociais para conscientização e enfrentamento à violência contra a mulher.
Pensando nisso no próximo dia 3, será realizado o Webinar “Elas no Consumo” às 19h, no sítio eletrônico www.proconvocê.com.br, com inscrições gratuitas e emissão de certificado online aos participantes.
 
Participam do encontro  Ana Luiza Herzog (Gerente Corporativa de Reputação e Sustentabilidade do Magalu), Lillian Salgado (Presidente do Instituto Defesa Coletiva), Marília Mayer (Jornalista), Monique Mosca Gonçalves (Promotora de Justiça), Renata Campos (Coordenadora do Procon Raul Soares/MG), Rochelle Gutierrez (Assessora Legislativa na Câmara dos Deputados), Sophia Vial (Assessora Legislativa no Senado Federal), Marina Cunha e Sarah Lopes, acadêmicas em direito e estagiárias do Procon que conduzirão todo o evento. 

 

Leia mais

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia