JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 04 de julho de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 02/06/2022



Vereador registra queixa por injúria racial após ser xingado no WhatsApp

Vereador pastor vítima
O vereador pastor Eloisio José dos Santos, 44 anos, registrou queixa na Polícia Civil, às 11h de ontem, contra um homem, de 39, pelo repulsivo crime de injúria racial. O autor é o mesmo que aparece em vários grupos de WhatsApp difamando a prefeita Elisa Araújo, todos os vereadores e parlamentares estaduais e federais que representam Uberaba. Só que agora ele foi bem além e ofendeu drasticamente a pessoa do vereador pastor Eloisio. De acordo com a queixa, o tal sujeito usou palavras baixo calão e chamou o vereador pastor de “pilantra”, “negro vagabundo”, “negro Filho da p...”, “negro safado e mentiroso”.

Injúria em alto e bom som
A sonora injuriando o vereador pastor circulou por dezenas de grupos de WhatsApp da cidade levando alguns admiradores e fiéis da igreja do vereador pastor Eloisio aos prantos de revolta por tamanha crueldade e covardia em atacar um homem em virtude de sua raça ou cor de pele. A sonora, em alto e bom som, e de autoria inquestionável e indiscutível, revoltou até mesmo os adversários políticos do vereador pastor Eloisio.

Solidariedade
Até mesmo pessoas que não conhecem o vereador se revoltaram e se solidarizaram. Não vou entrar na questão se realmente foi ou não o vereador que atropelou e matou a cadelinha, afinal uma coisa não justifica a outra. Outros políticos que também já foram vítimas deste mesmo homem também já disseram estar interessados em processá-lo criminalmente.

Redes sociais de terceiros
Esse mesmo autor da injúria racial ao vereador pastor Eloisio, que usa redes sociais administradas por terceiros e não as suas, já conduzido à Delegacia de Polícia Civil, segundo postagens nas redes sociais, em 21/01/2020, por “suspeita” de envolvimento no crime de “peculato”, onde a vítima é a Codau.

Mecânico deixa o Tribunal do Júri preso
O mecânico de motos José Augusto Ferreira Santos, 28 anos, por determinação do juiz de Direito Stefano Renato Raymundo, saiu preso da sessão do Tribunal do Júri, fórum da Justiça Estadual em Uberaba, na tarde de ontem. O mandado de prisão preventiva foi expedido depois de ser condenado pela morte da jovem Lorraine Aparecida dos Santos Moreira, então com 17 anos. O crime aconteceu em 29 de junho de 2015, na rua José Palhares de Oliveira, Parque das Américas. Ela foi assassinada com três tiros, sendo um na face, outro no ouvido e outro no crânio, todos do lado direito e a curta distância. O autor era amasiado com a vítima. Na época ele foi caçado pela Polícia Militar, mas não foi preso. Ontem deixou o tribunal preso, passou pela Polícia Civil e seguiu para a Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira.

Abuso sexual
Representante do Conselho Tutelar, de 51 anos, compareceu na Delegacia Especial de Atendimento à Mulher para apresentar duas adolescentes, 14 e 16 anos. Elas foram abusadas sexualmente pelo pai ainda quando moravam na cidade de Santa Inês, no estado do Maranhão. As adolescentes também disseram que estão sofrendo violência psicológica por parte do pai, que as estaria pressionando para que não fizessem a denúncia. Ele chegou a enviar para as filhas diversos áudios com xingamentos como “vagabundas”. Ele também afirma que "se complicar pra ele, vai complicar pra elas também", conforme se expressaram.

Crime contra as relações de consumo
Durante a operação “Brahman”, desencadeada pela Delegacia Especializada em Repressão a Crimes Rurais do 5ºDPC, Procon Municipal, Ministério Público, por meio do Procon Estadual, Vigilância Sanitária de Uberaba, Departamento de Posturas e Serviço de Inspeção Municipal (SIM), prendeu um gerente de supermercado, de 38 anos, por crime contra as relações de consumo, avenida Djalma Castro Alves, bairro Domingos Mazedo, em Uberaba, por volta das 14h de ontem. A administração do supermercado também é suspeita de comprar carne de gado furtado e abatido de forma clandestina.

Impróprias para o consumo
Foram encontrados no supermercado, avenida Djalma Castro Alves, produtos que não contêm nenhuma informação ou sem as informações básicas (sem rótulo, rótulo com informações ilegíveis, venda a granel, venda fracionada). Cerca de 1.230 quilos de carne foram apreendidas e descartadas no aterro sanitário de Uberaba por estarem impróprias para o consumo. Também foram localizadas, expostas à venda, mercadorias com data de validade expirada, que também foram apreendidas e descartadas no aterro sanitário.

Recolhido na penitenciária
O supermercado recebeu as devidas autuações e o gerente do supermercado recebeu voz de prisão em flagrante pelo fato de ter em depósito e expor à venda produtos em desconformidade para consumo. No plantão da Polícia Civil, o gerente do supermercado foi autuado em flagrante e encaminhado à Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira, onde se encontra à disposição do Poder Judiciário.




Continua depois da publicidade


Acusadas da morte do idoso liberadas
As duas mulheres usuárias de drogas, 47 e 33 anos, acusadas de envolvimento na morte e possível roubo de R$3 mil do aposentado Domingos Braga de Oliveira, 88 anos, não foram autuadas em flagrante, o que significa que foram ouvidas e liberadas. No entanto, de forma alguma significa que são inocentes. Significa que a autoridade policial no plantão da Polícia Civil não encontrou elementos suficientes para prisão em flagrante. Suas participações no bárbaro crime estão sendo investigadas e se ficarem comprovadas o delegado PC presidente do inquérito pode representar pela prisão das duas. Já o homem, também usuário de drogas, de 33 anos, que teria desferido os golpes na cabeça da vítima a ponto de matá-la, foi autuado em flagrante no crime de homicídio qualificado e já está na penitenciária a disposição da Justiça

Golpe da máquina de cartão
Uma auxiliar de serviços gerais, 47 anos, foi vítima do golpe da máquina de cartão, rua José Antônio Frange, Parque São José, às 9h50 de ontem. Ela conta que apareceu na sua casa um homem vendendo uma lata de tinta por R$110,00, mas exigiu que o pagamento fosse feito só pelo cartão de crédito. E adivinhe: o golpista digitou R$1.100,00. A vítima só percebeu que havia caído em golpe mais tarde. Ela afirma que o visor da máquina de cartão estava escuro. Câmeras de segurança filmaram o golpista entrando em um veículo Hyundai HB20 de cor preta.

Estupro e perseguição
Uma vendedora de 21 anos vem sendo vítima de perseguição pelo mesmo homem que lhe estuprou no passado, quando ainda era menor de idade. Ela vem se sentindo coagida desde o mês retrasado devido o autor do estupro estar tentando intimidá-la em seu local de trabalho, bem como no transporte público. A moça também relata que o autor é da família e que depois que o crime de estupro veio à tona surgiu uma desavença entre as partes e que posteriormente desencadeou a "perseguição". O caso segue para a Delegacia Especial de Atendimento à Mulher.

Porte ilegal de arma de fogo
Corretor de imóveis de 47 anos foi preso por estar portando uma pistola, calibre 380, carregada com 18 munições, sem a devida autorização (porte), rodovia LMG 799, zona rural Oeste de Uberaba, na tarde de ontem. A prisão e apreensão da arma de fogo aconteceu durante uma blitz. Ele disse que esqueceu a arma no carro e que não estava indo ou vindo caçar, tampouco indo a um estande de tiro. Ele apresentou somente o registro. Foi preso e a arma apreendida.

Posse de arma de fogo e drogas
Um desocupado, de 25 anos, suspeito de envolvimento em vários assaltos em Uberaba, e uma recepcionista, 18, foram presos, na rua Roberto Inácio Dias, bairro Marajó 2, às 21h30 de ontem. Ele foi preso por posse ilegal de arma de fogo e ela por posse de drogas para uso próprio. Os militares receberam informações de que o desocupado estaria com uma arma de fogo. E mais: que ele estaria usando a arma de fogo em assaltos. Ao avistar a viatura policial o suspeito saiu correndo, mas foi perseguido e preso. Com apoio da cadela de faro da Rocca, foi localizado um revólver calibre 32 escondido embaixo de um tanque de lavar roupas. Também foi encontrada e apreendida uma bucha de maconha, que a recepcionista assumiu ser dela.

Encomendas furtadas
Entregador de 26 anos teve o Fiat Fiorino 1.4 Flex, cor branca, placas OKF-1E04, carregado com encomendas, praça Manoel Terra, região central de Uberaba, às 13h de ontem. Durante diligências, uma guarnição da Polícia Militar conseguiu localizar o veículo. As mercadorias que deveriam ser entregues e estavam no carro foram furtadas e pertenciam a Let's Express Logística. O registro policial foi encaminhado à Polícia Civil.

Só o Primo tem
Os lanches e pizzas do Primo têm qualidade do começo ao fim. Aliás, tudo no Primo é de muita qualidade. Os ingredientes são escolhidos a dedo e a higiene segue o controle rigoroso de qualidade. No Primo também tem caldos, porções de macarrão. Para acompanhar tem suco de laranja, refrigerantes ou uma cerveja geladíssima. Primo Lanches e Pizzas, praça Carlos Gomes, 174, bairro Estados Unidos, ligue: 3333-3000. WhatsApp: 99972-4977. Visite o Primo nas redes sociais.

Primo tem a entrega mais rápida cidade, é só ligar: 3333-3000

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar