JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 22 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 05/05/2022



Inspetora procura a polícia após ser difamada por mãe de aluno em vídeo nas redes sociais

Autores de assalto são presos
Dois homens, de 32 e 34 anos, foram presos após assaltarem um casal de namorados, de 37 e 28 anos, na rua Tenente Coronel Bento Ferreira, bairro Irmãos Soares, na madrugada desta quinta-feira (5). Um simulacro de arma de fogo usado no crime foi apreendido. O carro, um Cross Fox de cor prata, e outros objetos que haviam sido roubados, foram recuperados. A Polícia Civil vai investigar a possibilidade de que os dois autores tenham participado de outros assaltos na cidade. Os dois homens são suspeitos de autoria de vários outros assaltos e serão investigados pela Polícia Civil.

Assalto a clínica oftalmológica
Dois assaltantes, armados de pistola e revólver, invadiram uma clínica oftalmológica e levaram terror a médica, funcionários e clientes, rua Antônio Sabino Freitas, bairro Abadia, às 13h30 de quarta-feira (4). Eles chegaram procurando por uma corrente de ouro da médica, mas ela não estava usando. Os dois marginais roubaram aparelhos celulares, anel de moeda e dinheiro. Uma cliente passou mal e precisou ser levada para o pronto-socorro.

Características
Um dos assaltantes que invadiu a clínica é magro, alto, negro, trajava moletom de cor azul escuro, calça jeans, e portava a pistola de cor preta. O segundo o autor é magro, alto, pardo, trajava moletom preto, calça jeans, e portava um revólver inoxidável. Um deles possui tatuagem cobrindo uma das mãos.

Pânico
Ambos invadiram a clínica e gritaram para funcionários da recepção e clientes: “É um assalto". "Isso não é brincadeira não, todos no chão senão a gente atira". E mais: "onde tá a dona ...", se referindo à médica, dona da clínica. O assaltante ainda teria dito para um funcionário da clínica: "Não quero nada com você". Os dois foram para a sala da médica. Ficou evidente que os autores tinham informações privilegiadas do local.

Ordem judicial
Durante cumprimento de mandado de busca e apreensão, policiais civis encontraram e apreenderam porções de maconha e uma réplica de arma de fogo na casa de dois irmãos, 30 anos, rua Rosa Manzan, Residencial Petrópolis, na manhã desta quarta-feira (4). Não foi divulgado o motivo que gerou o inquérito policial e consequentemente a ordem judicial. Segundo apurou a coluna SENTINELA, o mandado de busca e apreensão foi expedido pelo juiz de Direito da 2ª Vara Criminal de Uberaba. Os irmãos disseram que as drogas eram para uso próprio, mas não falaram nada sobre a réplica.

Assaltantes de chapéus
A Polícia Militar registrou uma tentativa de assalto a uma oficina autoelétrica, na rua Garibaldi Cunha, bairro Leblon, por volta das 9h desta quarta-feira (4). Quatro homens, sendo que pelo menos um portava arma de fogo, invadiram a oficina, anunciaram o assalto e abordaram o dono, de 62 anos, mas foram vistos por uma testemunha e saíram correndo sem levar nada. A vítima sofreu uma pequena lesão no peito. Os quatro assaltantes estavam de chapéus e máscaras descartáveis. Um dos assaltantes estava armado com uma pistola 765. Ao perceberem que foram vistos, os quatro homens fugiram em um Fiat Strada de cor branca.

Assalto em canteiro de obra
Vigilante de 61 anos teve seu aparelho celular tomado de assalto por dois homens armados. O crime aconteceu em um canteiro de obras, avenida Pedro Lucas, Residencial Petrópolis, na madrugada desta quarta-feira (4). Logo após abordar, assaltar e cobrir a cabeça do vigilante, outros homens, em uma VW Kombi, chegaram no local e foram direto para o almoxarifado. Ainda não se sabe o que foi furtado, mas acredita-se que seja fiação e cabos de cobre. A VW Kombi foi utilizada em outro assalto também em canteiro de obras e os autores furtaram justamente fiação de cobre e ferramentas.

Calúnia nas redes sociais
Inspetora de alunos de 52 anos está indignada e promete recorrer à polícia e Justiça após descobrir que viu seu nome em vídeo publicado no Facebook e em grupos de WhatsApp. Ela conta que foi informada sobre o vídeo que traz o seguinte título: “Criança agredida na escola municipal no bairro Morumbi. Uberaba MG". No vídeo aparece uma mulher, mãe de um aluno, e relata que seu filho foi agredido e perseguido na escola.

Vídeo calunioso
Ainda segundo a inspetora de alunos, a mulher também diz: “Nós mães não podemos bater nos filhos por causa do Conselho Tutelar, mas uma inspetora da escola pode, uma vice-diretora pode...". Durante o vídeo a mulher cita o nome da inspetora e nome da vice-diretora e também da escola. O caso, que deve chegar à Polícia Civil hoje, aponta a mãe do aluno e autor do vídeo (conhecido por fazer ataques caluniosos contra a prefeita, vereadores, deputado...) por crime de calúnia. Os administradores dos grupos de WhatsApp que permitiram a vinculação do vídeo também podem responder criminalmente com os dois autores.




Continua depois da publicidade


Assalto...
Um jovem de 27 anos foi assaltado por dois homens armados e que estavam em uma motocicleta Honda 300cc, rua Manoel Oliveira Leite, Jardim Eldorado, às 17h45 de quarta-feira. Segundo informações, a vítima transitava em sua bicicleta, momento em que os dois homens, ocupando uma motocicleta Honda XRE300, cor preta.

...no Eldorado
Um dos autores, tem pele clara, portava um revólver de cor cinza e coronha marrom. Foi ele quem anunciou o assalto e mandou que entregasse a carteira e o celular. Imagens colhidas dos autores confirmaram se tratar de uma motocicleta XRE 300 de cor preta, sendo que um deles trajava blusa de cor vermelha e capacete de cor branca, e o outro trajava blusa de cor escura e capacete preto.

Estupro de vulnerável
Militares da 212ª Companhia do 67ºBPM registraram ocorrência, onde uma estudante de 13 anos alega que vem sofrendo abusos sexuais dentro de sua casa e que o autor seria seu padrasto. A vítima fugiu de casa e, ao ser encontrada na escola, relatou os abusos. O registro da ocorrência aconteceu em uma escola estadual, na tarde desta quarta-feira (4). Uma conselheira tutelar acompanhou os relatos da vítima. O acusado não foi encontrado para dar sua versão dos fatos.

Os abusos
De acordo com a estudante, no sábado (30), pela manhã, momento em que sua mãe não se encontrava em casa, seu padrasto teria praticado atos libidinosos contra a jovem. Ele teria acariciado com as mãos o seu corpo e chegou a obrigá-la a fazer sexo oral nele.

Ameaças
A estudante ainda relata que o padrasto sempre a ameaça quando termina os abusos. Ele diz que se ela contar para alguém lhe daria uma surra. Ela alegou que há cerca de dois meses vem sofrendo os abusos, porém ficou com medo de contar para sua mãe, bem como para a tia que mora junto na mesma residência.

Só o Primo tem
Os lanches e pizzas do Primo têm qualidade do começo ao fim. Aliás, tudo no Primo é de muita qualidade. Os ingredientes são escolhidos a dedo e a higiene segue o controle rigoroso dos olhos do dono. No Primo também tem caldos e porções. Para acompanhar tem suco de laranja, refrigerantes ou uma cerveja geladíssima. Primo Lanches e Pizzas, praça Carlos Gomes, 174, bairro Estados Unidos, ligue: 3333-3000. WhatsApp: 99972-4977. Visite o Primo nas redes sociais.

Acesse o cardápio do Primo nas redes sociais ou ligue 3333-3000

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia