JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 19 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 24/09/2021


Continua depois da publicidade


Envolvido na tentativa de homicídio do prefeito de Campo Florido faz delação premiada

 Caso prefeito “Renatinho” tem deleção premiada
O processo do atentado contra o prefeito de Campo Florido (MG), Renato Soares de Freitas, o “Renatinho”, sofreu uma reviravolta que pode mudar tudo a partir de agora. Um dos envolvidos, o “Sargento Zacarias”, abriu o bico em uma delação premiada. Ele citou todos os envolvidos (que também não era novidade) e individualizou a participação de cada um na tentativa de homicídio duplamente qualificada, conforme sentença de pronúncia proferida pela Justiça Criminal em Uberaba. A delação premiada foi homologada no Ministério Público, deferida na Justiça e é pública. Agora as defesas vão ter um pouco mais de trabalho, afinal trabalhavam com a negativa de autoria. O caso está a caminho do Tribunal de Justiça de Minas Gerais em Belo Horizonte, onde já tramitava, e deve retornar com sentença em 60 dias. Só que agora existe a delação premiada. Se alguém acreditava na possibilidade de sentença de impronúncia pelo TJMG, agora a possibilidade diminui para quase zero. O caso ainda promete muito, pois nas defesas dos acusados tem grandes advogados, como é o caso do professor Leuces Teixeira. Já atuando como assistente de acusação está o também competente advogado em Uberlândia, Edezio.

Durante operação, em 18de abril de 2018, que prendeu os envolvidos no atentado ao prefeito de Campo Florido Renatinho, foram apreendidos varias armas de fogo e munição

Leia também: Acusados de atentado contra prefeito de Campo Florido devem ir a júri popular

Justiça solta três acusados de tentar matar prefeito

Relembrando...
No dia 30 de junho de 2017, às vésperas da eleição suplementar em Campo Florido, Renatinho, que é cadeirante, foi alvejado com três projéteis de arma de fogo. À época do crime ele era candidato em eleição suplementar depois da impugnação do ex-prefeito Ronaldo Castro Bernardes, que está entre os acusados e agora também delatado. Motivação do crime: política. No começo do mês de abril de 2018, a Polícia Civil prendeu na zona rural de Indianópolis (MG), cidade a cerca de 250 quilômetros de Campo Florido, o homem apontado como sendo o pistoleiro contratado. A arma do crime, uma pistola 380, foi localizada com ele. Já no dia 18 de abril de 2018, operação da Polícia Civil prendeu temporariamente outras quatro pessoas envolvidas, entre elas o ex-prefeito e seu vice, marido de uma então vereadora e o sargento reformado da Polícia Militar “Zacarias”. Este último agora delator. Na operação foram apreendidas várias armas de fogo e munições. Renatinho acabou eleito prefeito de Campo Florido dois dias depois do atentado com 2.671 votos (59,36%), após o candidato a prefeito mais votado em 2016, Ronaldo Castro, ter tido o registro indeferido pelo TSE em decorrência da rejeição de contas públicas.

A prisão temporária dos quatro acusados de envolvimento no atentado ao prefeito de Campo Florido Renatinho

Olho no campo
Na quinta-feira (23) aconteceu reunião na sede do Sindicato Rural de Uberaba, onde participaram o comandante do 67º BPM, tenente-coronel Michel Leandro Abrão e personalidades ligadas ao agronegócio. O objetivo da reunião foi a apresentação do Projeto Olho no Campo que está em fase de implementação na cidade de Campo Florido. O projeto consiste na instalação de câmeras de videomonitoramento e de leitura de placas na zona rural. A ideia é expandir o projeto para a área rural de Uberaba, através de parceria entre a Polícia Militar e os produtores rurais.

Hoje é sexta-feira...
Definitivamente a semana só termina quando tem pizza. E hoje é sexta-feira e sexta-feira é dia da pizza ou do lanche, porção....é dia de Primo Lanches e Pizzas. Hoje é dia de sair de casa com a família, amigos. É dia de namorar, brincar com os filhos ou filha, como é meu caso. Eu sei que muitos trabalham amanhã, inclusive eu. Mas não existe dia para relaxar. Hoje levo minha esposa pra comer uma pizza no Primo Lanches e Pizzas, mas antes dou uma voltinha com minha princesinha de trenzinho na praça Carlos Gomes. Todos nós ficamos felizes e gasto pouco. Primo Lanches e Pizzas, praça Carlos Gomes, 174, bairro Estados Unidos, ligue e peça seu lanche ou pizza: 3333-3000. WhatsApp: 99972-4977. Facebook: Primopizzalanche. Instagram: @primolanchesepizzas. Aplicativo: icomeapp.com.br/primo. No Primo Lanches e Pizzas você tem a entrega mais rápida da cidade e você não paga mais caro por isso.

Hoje é sexta-feira, dia de Primo Lanches e Pizza. Ligue e peça sua 3333-3000

Crueldade
Dona de casa de 55 anos teve sua bolsa com pertences pessoais tomados de assalto, rua Maria Aparecida Oliveira Ribeiro, bairro Manoel Mendes, por volta das 7h de ontem (23). O assaltante estava em uma bicicleta e usou uma faca para intimidar a vítima. A mulher entrou em estado de choque e chorava toda vez que tentava relatar o assalto. Os assaltantes estão cada vez mais cruéis. Policiais militares da 41ª Companhia do 4ºBPM fizeram diligências, mas sem êxito na prisão do assaltante.




Continua depois da publicidade


Operação na penitenciária
Policiais penais da Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira em Uberaba apreenderam celulares e acessórios, maconha e K4, durante o dia de ontem em algumas celas do pavilhão 2. Na cela 40 foi encontrado um aparelho celular no bolso da bermuda de um preso de 26 anos. Na cela 10 foi encontrado um celular na cueca de um preso de 23 anos. Na cela 22 foi encontrado outro celular em poder de um preso de 37 anos. Na cela 32, dentro de um vaso sanitário, foi localizado um celular pertencente a um preso de 20 anos. Também foi apreendido um celular nas vestes de um preso de 24 anos. Os policiais penais também encontraram dois celulares em um par de tênis que estava no pátio. E tem mais: com um preso de 24 anos foi apreendido 168 frações de K4. Na cela 14 foram encontradas duas porções de maconha. Foram apreendidos também carregadores, cabos USB e até um pendrive. Todo material foi encaminhado à Polícia Civil.

Tal mãe, tal filho
Sabe aquele ditado que os frutos não caem longe da árvore? Muitas vezes é a mais pura verdade. Olha só essa história: uma guarnição da Polícia Militar fazia patrulhamento, nas imediações da rua Noruega, Vila Leandro, por volta das 21h15 de ontem, quando um homem foi visto pilotando uma motocicleta em alta velocidade e de forma perigosa. A guarnição da Polícia Militar, com apoio da Guarda Municipal, perseguiu o suspeito, mas desta vez conseguiu fugir. Uma boa alma que viu a perseguição informou aos policiais que se tratava de um moleque que trabalha em um lanche e forneceu o endereço da casa dele. Na casa do sujeito foi a mamãe quem atendeu a porta e disse que o “bom moço” não era filho dela e que se fosse também não estaria em casa. Ocorre, caro leitor, que em dado momento a mulher simplesmente virou para os policiais militares e disse: “Vocês são uns b..., por isso não vão esperar, não sabem fazer seu serviço direito". Conclusão: o bebê da mamãe não foi preso, mas a mamãe foi e por desacato. Queira o senhor bom Deus que da próxima vez essa senhora de 52 anos não tenha que buscar o corpo do filhinho no IML. Da forma que pilotava a moto, conforme os militares, é caixão na certa. Pela mãe se nota de onde veio a boa educação do filho.

Rosca caseira com creme
Olha só a rosca caseira com creme das Panificadoras SaboReal, que delícia! Essa rosca é para deixar todo mundo de água na boca e serve para qualquer hora do dia ou da noite. Passe em uma das Panificadoras SaboReal e leva para casa uma destas maravilhas que só a SaboReal tem. Panificadoras SaboReal, duas lojas: avenida da Saudade, 1411 e Leopoldino de Oliveira, 2541. Telefones: 3332-1618 e 3333-1700.

A rosca caseira com creme das Panificadoras SaboReal é maravilhosa

Receptação semirreboque
Agentes da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Uberaba apreenderam dois
semirreboques provavelmente furtados ou roubados, rodovia Chico Xavier (BR-050), quilômetro 166, por volta das 14h de ontem. Dois homens foram presos por receptação e disseram que são funcionários de uma empresa em Água Comprida (MG) dona dos semirreboques. Eles estavam carregados de areia e a caminho de Uberlândia (MG).

Porte de arma e venda clandestina...
Um motorista de 32 anos foi preso por uma equipe da Polícia Civil por porte ilegal de arma de fogo, na rua Arlindo de Melo, Vila São Cristóvão, as 11h de ontem. No caminhão também foi encontrado uma máquina “chupa-cabra” (dispositivo instalado em caixas eletrônicos ou maquininhas de pagamento e que são capazes de roubar os dados do cartão que é inserido) e certa quantia em dinheiro. Em seguida os agentes da Polícia Civil foram para o local onde supostamente haveria armazenamento ilegal de combustível e prenderam um homem de 47 anos. No local foram encontrados galões com álcool. Os dois homens foram levados para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil.

Operação na área rural
Foi lançada a operação “Proteção Rural” com objetivo de aumentar a sensação de segurança do homem do campo, reduzir o crime e favorecer o investimento no agronegócio. O lançamento aconteceu na sede do Sindicato Rural de Uberaba com a presença do comandante do 67º BPM, tenente coronel Michel, do presidente do Sindicato Rural de Uberaba Gilberto de Oliveira Dias e do presidente da Cooperativa dos empresários rurais do Triângulo Mineiro (CERTRIM), Luiz Henrique Borges Fernandes. Apoiam a operação equipes do 4º BPM, da 5ª Cia Policiamento Rodoviário e da 5ª Companhia de Meio Ambiente. Após o lançamento as equipes saíram para a realização da Operação, com abordagens a pessoas e veículos em situação de suspeição e realização de operação presença nas propriedades rurais.

Lançada operação “Proteção Rural” com objetivo de aumentar a sensação de segurança do homem do campo

Tenente coronel Michel Leandro Abrão e personalidades ligadas ao agronegócio, falam sobre o Projeto Olho no Campo

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia