JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 29 de julho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 15/06/2021


Continua depois da publicidade


Ex-presidiário morre em colisão transversal na BR-262

Acidente fatal
Emerson Aparecido da Silva, 34 anos, morto no acidente (colisão transversal) na BR-262, respondia a cinco inquéritos policiais e tinha passagens por receptação, furto, formação de quadrilha, assalto e homicídio. Ele deixou a penitenciária de Uberaba no dia 31 de março deste ano. O acidente foi registrado pela Polícia Rodoviária Federal na BR-262, quilômetro 863, às 14h de domingo (13). O ex-presidiário pilotava uma motocicleta Honda 125 Fan, placas HIS-7E50 e chegou a ser levado em estado grave para o pronto socorro dos Hospital de Clínicas da UFTM, onde não resistiu aos ferimentos e faleceu. O corpo passou pelo Instituto Médico Legal (IML) e foi liberado para a família fazer o velório e sepultamento. A Polícia Civil vai instaurar inquérito policial.

Fiscalização e autuações
A Guarda Municipal, Departamento de Posturas da Prefeitura de Uberaba e Polícia Militar (patrulha mista) fiscalizam 33 locais no final de semana. Foram lavradas 32 autuações e cinco locais foram interditados. Das 32 autuações, 20 foram por falta de máscaras, sete funcionamento fora do horário, duas por realização de eventos, uma por perturbação do sossego, uma por consumo de bebida e uma por exercer atividade fora do alvará.

Procurado é preso
E por falar na Guarda Municipal, uma guarnição prendeu um homem de 65 anos que estava sendo procurado pela Justiça por condenação de tráfico de drogas. Ele foi preso pelos guardas municipais nesta segunda-feira (14), na avenida Deputado José Marcus Cherem.

Menor é flagrado vendendo...
Adolescente de 13 anos é flagrado vendendo drogas na rua Nair Silva Oliveira, Residencial Rio de Janeiro, às 2h40 desta terça-feira (15). Policiais militares receberam informações de que menores de idade estariam realizando tráfico de drogas e que um desses menores seria morador daquela rua e que guardava as drogas nas lixeiras e saídas de águas das residências. O menor foi apreendido juntamente com maconha e crack. Um braçal de ferro velho de 36 anos também foi conduzido até a delegacia, pois estava no local para comprar drogas do menor.

Ameaças pelo WhatsApp




Continua depois da publicidade


Grupo de WhatsApp criado pela Ecovias vira caso de polícia. Um homem de 54 anos e uma mulher de 42 compareceram na Delegacia de Plantão da Polícia Civil para prestar queixa de um homem de 51 anos. Eles relatam que estão no grupo, sendo que um dos membros (homem de 51 anos) começou a mandar mensagens via WhatsApp fazendo ameaças e exigindo que deixem o grupo. E mais: se não deixassem o grupo iria se apossar dos dados digitais das vítimas, que sabia o endereço de todos e que iriam sofrer represálias e ataques virtuais nas redes sociais. O caso segue para a Delegacia Adida ao Juizado Especial Criminal.

Difamação no Instagram
Uma jovem de 24 anos procurou a Polícia Militar, por volta das 19h50 desta segunda-feira (14), para registrar queixa contra uma mulher de 27 anos. A autora teria criado uma página no Instagram afirmando que a vítima é garota de programa. Também foram postadas fotografias da jovem e o namorado com os dizeres: "Pensando em qual vou trair meu corninho manso". A jovem também afirma que foi feita uma conta no Uol com anúncios citando que a mesma é garota de programa e divulgando seu telefone particular e do local onde trabalha. O caso foi encaminhado à Polícia Civil.

Drogas e celulares
Policiais penais da Penitenciária Professor Aluízio Ignácio de Oliveira em Uberaba apreenderam maconha, cocaína, K4 e celulares que chegaram na por Sedex e eram destinados a presidiários. Nos materiais destinados a um preso de 26 anos da cela 22 do pavilhão 1, foram encontrados 20 porções de maconha, 12 papelotes de cocaína. Já para um presidiário de 45 anos recluso na cela 3 do pavilhão 1, chegaram dois aparelhos celulares com bateria acoplada, quatro chips da Operadora Oi e duas pontas de cabo USB. Neste caso os objetos estavam no interior de um rádio AM/FM envolvido em papel carbono e fita de autofusão para driblar o raio x, mas mesmo assim foi detectado pelo aparelho. Dentro de cigarros da marca Outback foram encontradas 50 frações da droga K4 e 16 papelotes de cocaína destinados a um presidiário de 25 anos recolhido na cela 3 do pavilhão 1. Todo material foi apreendido e encaminhado à Polícia Civil para instauração de inquérito policial.

Apropriação indébita
Proprietário de uma loja de veículos usados registrou queixa junto a Polícia Militar de apropriação indébita contra um cigano e seu filho. Eles estiveram em sua loja no dia 2 de junho passado e pegaram Toyota Corolla de cor bege, ano 2005, placas NFO-7402 e um Fiat Palio de cor preta, ano 2007/2008, placas JHY-1295 para experimentarem e nunca mais retornaram. O dono da loja, na tarde desta segunda-feira (14), foi até o bairro Ozanan, local onde os ciganos ficavam, porém foi informado que pai e filho desmontaram a barraca e deixaram a cidade. O registro policial foi encaminhado à Polícia Civil para análise da autoridade policial.

Incêndio em residência
O Corpo de Bombeiros Militar registrou, por volta das 17h50 de ontem, incêndio em residência na rua dos Crisântemos, bairro de Lourdes. Quando a guarnição de combate a incêndio chegou no local, populares já haviam debelado as chamas com uso de uma mangueira de jardim. Os bombeiros militares entraram no local e constataram que o fogo se concentrou apenas na sala da casa, aparentemente só no sofá de 4 lugares. O proprietário da casa foi orientado a procurar um eletricista para averiguar a rede elétrica antes de religar a energia elétrica. O incêndio pode ter sido provocado por curto-circuito na sala e atingido somente o sofá.

Tráfico de drogas
Denúncia anônima de agressão doméstica leva a Polícia militar a apreender drogas e prender ajudante de pedreiro de 27 anos, rua Oswaldo Lourenço, bairro Residencial Mangueiras, às 23h15 desta segunda-feira (14). Os policiais militares foram informados de que no local uma mulher estava sendo espancada e gritava por socorro. O ajudante de pedreiro foi quem atendeu os militares e disse que estava tudo bem e permitiu que entrassem para ver a mulher. Dentro da residência foi perguntado se tinha algo ilegal e o ajudante de pedreiro abriu o coração dizendo que sim. Na casa foram apreendidos: um tablete de maconha, duas buchas da mesma droga, um papelote de cocaína e três pinos com o mesmo entorpecente e uma porção de haxixe. O homem foi levado para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil.


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia