JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 10 de abril de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 08/04/2021


Continua depois da publicidade


Exposed: hacker pede resgate de senhas e dados de empresário em bitcoins

Extorsão em Dólares
Empresário de 61 anos procurou a Polícia Civil e informou que foi vítima de tentativa de extorsão. Ele recebeu email, onde o remetente afirmou que possui acesso a todos os controladores de seus dispositivos (microfone, câmera de vídeo e teclado). Também afirmou controlar todas as mensagens, redes sociais, emails, histórico de conversas e lista de contatos e que acompanha suas atividades na internet. Na sequência, o “cracker” pede certa quantia em dólares para não expor o empresário publicamente e exige que os valores sejam transferidos para sua carteira bitcoin. Fica o alerta!

Diferença hacker e cracker
Os dois termos podem ser vistos como o lado bom e o lado negro da força tecnológica. Os hackers utilizam seu conhecimento para melhorar softwares de forma legal e nunca invadem um sistema com o intuito de causar danos. Os crackers têm como prática a quebra da segurança de um software e usam seu conhecimento de forma ilegal, portanto, são vistos como criminosos.

Furto na UFTM
Dois funcionários da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) registraram ocorrência policial informando o furto de 14 bobinas de cabos elétricos. O crime aconteceu em um galpão locado pela universidade na avenida Nelson Freire, bairro Leblon. Existem imagens que mostram o momento em que alguém abre o portão do galpão e um caminhão adentra o local. O caso foi encaminhado à Polícia Civil para instauração de inquérito policial.

Tentativa de furto
A Polícia Militar foi acionada para registrar uma possível tentativa de furto de fios de energia elétrica na Estação Elevatória de Esgoto 1, rua Dona Marat Pontes, Conjunto Margarida Rosa Azevedo. Segundo registro policial, o alarme da estação disparou e a equipe da empresa segurança constatou que a cerca elétrica foi cortada e o padrão de energia da Cemig foi danificado. A ocorrência policial foi registrada às 12h15 desta quarta-feira (7).

Fique atento
Nos crimes de estelionato pela internet é praticamente impossível as polícias fazerem algo para prevenir. Depende única e exclusivamente da vítima. Prender após o crime também está ficando cada vez mais complicado, pois os golpes são aplicados através de celulares com chips pré-pagos e registrados até em nome de mortos. Então, o melhor a fazer é tomar cuidado. Fique atento e, como regra, duvide sempre.

Golpe do boleto
Cresce o número de vítimas do golpe do boleto bancário. Nesta quarta-feira (7), pelo menos mais duas vítimas registraram o crime na polícia. Um motorista de 59 anos relatou que solicitou segunda via de um boleto através de um número de WhatsApp, sendo que o interlocutor falava em nome de "Aymoré Financiamentos”. A vítima recebeu o boleto, com a logomarca do banco Santander e beneficiário do banco Aymoré, e realizou o pagamento. Em seguida recebeu um telefonema do banco Santander cobrando o valor em atraso, porém informou que já havia quitado e que possuía o comprovante. Só então percebeu que o beneficiário é "Pagseguro Internet". Não precisa nem dizer que o motorista caiu em um golpe.

Cartão clonado
Aposentada de 79 anos foi até uma Base de Segurança Comunitária Móvel da Polícia Militar registrar ocorrência também de estelionato, nesta quarta-feira (7), às 14h20. Ela contou que é correntista no banco Itaú e no dia 31 de março passado tomou conhecimento que foram realizadas três compras com seu cartão bancário (crédito e débito). Todas as compras (R$2,5 mil- R$2 mil- R$1,5 mil) possuem um único beneficiário e foram feitas com pequenos intervalos. O golpista deve ter usado a sua própria máquina de cartão.

Muito barato
Quando a esmola é muita, pelo amor de Deus, desconfie. Faça disso uma regra e não exceção. Muitos golpes só acontecem devido à vítima querer levar vantagem. Olha só o caso de uma jovem de 20 anos que registrou queixa, nesta quarta-feira (7), na Polícia Militar. Ela conta que se interessou por um “iPhone Plus 11”, que estava sendo ofertado em uma página no Facebook, por R$1.265,00. Fez contato com a vendedora, que solicitou um Pix no valor de R$1.265,00. A jovem fez a transferência bancária e só então descobriu que caiu em um golpe.

Assalto estrada vicinal
Motorista de 39 anos teve o carro, Fiat Ducato, cor branca, HEH-8849, celular e R$200,00 tomados de assalto em uma estrada vicinal, entre Delta e o viaduto da avenida Filomena Cartafina, por volta das 17h desta quarta-feira (7). Ele conta que foi interceptado por dois homens armados em Fiat Strada.




Continua depois da publicidade


Super-recomendo
Você já experimentou o Pão Ciabatta? Você não sabe o que está perdendo. A crosta é bem crocante e miolo super macio com furinhos característicos fazem dele um pão muito gostoso! Os profissionais da SaboReal amam tanto pães rústicos que todos os dias estão preparando algo muito especial para você experimentar! Ah, é bom lembrar: os pães rústicos você só encontra na unidade da avenida da Saudade. Já na unidade da avenida Leopoldino de Oliveira você encontra uma variedade de bolos deliciosos.

O Pão Ciabatta da panificadora SaboReal tem a crosta é bem crocante e miolo super macio com furinhos característicos que fazem dele um pão muito gostoso!

Afastamento remunerado
A Prefeitura de Uberaba informou que o médico cardiologista de 48 anos, condenado em primeira instância por estupro cometido em 2020, no consultório particular dele, foi intimado, sobre o afastamento do cargo público, mas vai continuar recebendo seu salário. Ele é ocupante de cargo efetivo de médico especialista e foi admitido em 2019. Conforme Portaria da Controladoria Geral nº 03, publicada no Porta-Voz do Município, o afastamento preventivo é de 30 dias, podendo o prazo ser prorrogado por igual período. No mesmo Porta-Voz, foi publicada a Portaria nº 088, determinando abertura do Processo Administrativo Disciplinar (PAD). Não há prejuízo de remuneração no afastamento preventivo, conforme artigo nº 195, caput do estatuto do servidor (Lei Complementar 392/2008).

Parece mentira, mas...
Foi deflagrada nesta quarta-feira (7), a Operação “Antivírus”, com objetivo de pôr fim a um grupo organizado em redes sociais que tinha por objetivo transmitir intencionalmente o vírus HIV.

Operação “Antivírus”
Foram cumpridos 12 mandados judiciais na grande São Paulo e no interior, além de cidades do Rio de Janeiro. A operação decorre de investigação que foi iniciada há alguns meses a partir de informações de grupo organizado em espaço virtual, com integrantes de todo o Brasil. As buscas irão identificar a outros integrantes dessa associação criminosa, autodenominada “Clube do Carimbo”. Integrantes da organização chegaram a postar mensagens na página do Facebook em Uberaba (“Enjoei Tô Vendendo Uberaba'') aliciando pessoas, não se sabe se houve adesão.

Ordens judiciais
O cumprimento dos mandados judiciais contou com dezenas de policiais militares do BAEP (Batalhão Especial de Polícia) e promotores de Justiça do Gaeco das regiões de Bauru, São José do Rio Preto, Franca, Ribeirão Preto, Vale do Paraíba, ABC e capital, além de policiais militares e promotores de Justiça do Gaeco do Rio. Os suspeitos foram interrogados e os objetos apreendidos submetidos à extração e análise da perícia técnica.

Phishing (pescaria digital)
Conforme a Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o phishing, ou pescaria digital, é uma fraude eletrônica cometida pelos engenheiros sociais que visa obter dados pessoais do usuário. A forma mais comum de um ataque de phishing são as mensagens e e-mails falsos que induzem o usuário a clicar em links suspeitos. Também existem páginas falsas na internet que induzem a pessoa a revelar dados pessoais. Os casos mais comuns de phishing são e-mails recebidos de supostos bancos com mensagens que afirmam que a conta do cliente está irregular, ou o cartão ultrapassou o limite, ou que necessita revalidar seus pontos nos programas de fidelidade, atualizar token ou, ainda, que existe um novo software de segurança do banco que precisa ser instalado imediatamente pelo usuário.

Prevenção
Ainda segundo a Febraban, para evitar cair no golpe deve-se sempre verificar se o endereço da página na internet é o correto. Para garantir, não clique em links: digite o endereço no navegador. Além disso, nunca acesse links ou anexos de e-mails suspeitos. Mantenha seu sistema operacional e antivírus sempre atualizados. Sempre prefira comprar em sites conhecidos, nunca use computadores públicos para comprar algo no comércio virtual. Não repasse a outra pessoa código fornecido por SMS ou imagem de um QR Code enviado para autenticar alguma operação. Na dúvida fale com seu banco.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia