JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 18/02/2021


Continua depois da publicidade


Produtor rural registra prejuízo de R$35 mil pela morte de 15 mil aves por stress térmico

Stress térmico 
Produtor rural de 65 anos alega que teve um prejuízo de R$35 mil depois que sua propriedade ficou sem energia elétrica. O caso teria ocorrido em uma granja na rodovia BR-050, quilômetro 36,5, região do bairro José Valim de Melo. Conforme o produtor rural, no dia 4 deste mês, às 11h50, ocorreu a falta de energia na granja com retorno somente no dia seguinte. Com isso ocorreu a morte de 15.000 aves com 35 dias e pesando em média, cada uma, 2,6 quilos, totalizando 39.000 quilos de carne de frango. O produtor rural ressalta que a causa da morte das aves foi stress térmico causado pela falha no abastecimento de energia elétrica da granja. Também disse que teve um prejuízo de R$35 mil. E o prejuízo não ficou restrito à morte das aves. Alguns equipamentos da granja foram danificados devido à falta de energia elétrica.

Olha só essa história!!!
Guarnição da Polícia Militar fazia patrulhamento pela rua Ferroviário José Bárbara Silva, quando se deparou com um homem, de 32 anos, levando nas costas uma porta em madeira com maçaneta e fechadura. Ao perceber a presença dos militares, o homem tentou fugir, mas foi perseguido e alcançado. A vitima foi localizada e disse que os furtos em imóveis são constantes na região. O larápio recebeu voz de prisão em flagrante e foi levado para DP da 1ªDRPC/5ºDPC. O caso foi registrado na madrugada de ontem (17).

Cobra ataca cachorro
Bombeiros militares capturaram uma cobra Jararaca que havia atacado um cachorro na rua Sargento Ronaldo Inácio de Sousa, madrugada de ontem (17). O réptil foi localizado na área externa da residência e foi utilizado um gancho de captura. A Jararaca foi armazenada em uma caixa e solta em uma mata preservada e afastada do perímetro urbano.

Trafico e receptação
Dois homens, de 52 e 26 anos, foram presos acusados de tráfico de drogas e receptação, na rua Célio dos Reis Cardoso, Residencial 2000, por volta das 10h de ontem (17). Eles estavam em uma GM Captiva, cor preta, placas FBA-2727, quando avistaram uma viatura da Polícia Militar e tentaram fugir, o que chamou a atenção dos policiais militares. Durante a fuga, os militares viram quando um dos homens jogou algo no mato. Eles foram perseguidos e abordados. Com um dos homens foi encontrado um aparelho celular roubado. Ele disse que comprou por R$450 de um desconhecido. A Rocca foi chamada e cão foi aplicado no mato, onde encontrou uma barra de maconha. Os militares também apreenderam a quantia de R$227. Os dois foram levados para Delegacia de Plantão da 1ªDRPC/5ºDPC.

Constrangimento
Dona de casa de 61 anos procurou o Procon e Polícia Civil para registrar que há um ano vem recebendo cobranças do banco Losango na forma de boletos bancários e ligações telefônicas. A mulher afirma ainda que não tem dívidas que justifiquem tais cobranças. Ela pediu providências nos dois órgãos.

Comunicação falsa...
Aposentada de 62 anos acabou presa por comunicação falsa de crime, na avenida Leopoldino de Oliveira, região central de Uberaba, às 16h de ontem (17). Inicialmente ela foi à Aisp 158 registrar o roubo de um aparelho celular, mas não conseguiu manter a tese de que foi assaltada e desistiu. Ontem (17), ela foi a uma Base Comunitária tentar registrar o mesmo roubo de celular, mas acabou entrando em contradições várias vezes e confessou que na verdade o aparelho foi furtado. Ela disse também que foi orientada pelo vendedor da loja a registrar a ocorrência como roubo e não como furto.

Contrato de compra
Já uma aposentada de 67 anos procurou a Polícia Militar e disse que em 3 de dezembro de 2004 realizou a compra de um lote de 251m² no bairro Recanto da Terra e pagou R$9 mil. A compra foi feita por intermédio de uma imobiliária. Agora a aposentada descobriu que no terreno já construíram muros, instalaram portão e construíram uma pequena moradia. E para piorar, a aposentada só tem um contrato de compra e venda. O caso deve desaguar na 1ª Delegacia Regional de Polícia Civil/5ºDPC.

23 irresponsáveis
Infelizmente algumas pessoas precisam sentir no bolso para entender a gravidade da Covid-19. Precisou da Guarda Municipal comparecer em um bar no bairro Santa Marta e para pôr fim à farra de 22 pessoas e o dono. Os 22 clientes foram autuados em R$293,47 cada um. O proprietário do bar foi autuado em R$5.869,40. Particularmente ainda entendo que daria para enquadrar todos no artigo 268 do Código Penal: “Infringir determinação do poder público, destinada a impedir introdução ou propagação de doença contagiosa: Pena - detenção, de um mês a um ano, e multa”. E tem mais: “A pena é aumentada de um terço, se o agente é funcionário da saúde pública ou exerce a profissão de médico, farmacêutico, dentista ou enfermeiro”.




Continua depois da publicidade


Assalto a panificadora
Panificadora foi assaltada por homem que fez ameaças e simulou estar armado, rua Luxemburgo, Jardim Bela Vista, 12h50 de ontem (17). O assaltante tem ou tinha franja com luzes. Uma funcionária foi abordada e obrigada a entregar o dinheiro do caixa: R$200.

Ironia?
Por ironia do destino, o deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ) foi preso por infringir a Lei de Segurança Nacional, sancionada durante a ditadura militar, justamente o período da história no Brasil que o parlamentar defende. Ele confundiu imunidade parlamentar com impunidade parlamentar.

Polícia no campo
Policiais militares da 299ª Companhia/67°BPM desencadearam ontem (17) a “Operação Campo Seguro” na zona rural de Uberaba, Veríssimo e demais regiões adjacentes. O objetivo é levar o policiamento preventivo e repressivo e ainda o aumento da sensação de segurança para a comunidade que vive e trabalha no campo.

Assalto a mercearia
No finalzinho da tarde de ontem, a Polícia Militar registrou assalto em uma mercearia na rua Theodomira Chaves Mendes, Conjunto Margarida Rosa Azevedo. Três homens, sendo que um usava máscara de palhaço e outro portava uma arma de fogo, obrigaram o dono do comércio, de 32 anos, a entregar todo o dinheiro do caixa. O comerciante entregou R$400. Um dos assaltantes ainda pegou dois copos plásticos contento moedas diversas. O homem que mantinha a arma de fogo na cintura, acabou deixando o objeto cair e descobriu-se que se tratava de simulacro de arma de fogo. Os ladrões fugiram em um veículo Renault Sandero, cor branca, placas PZN-8581, que estava estacionado próximo à mercearia com um quarto autor na direção do veículo. Policiais militares fizeram diligências, mas ninguém foi preso. A Polícia Civil começa a investigar o caso hoje (18).

Assalto a residência
Já por volta das 21h de ontem (17), uma família (5 integrantes) foi assaltada por dois homens, sendo que um usava arma de fogo. O assalto aconteceu em uma residência na Chácara Mariitas. Segundo uma das vítimas, um professor de 56 anos, reside na cidade de Vila Velha (ES) e está à passeio em Uberaba, sendo que saiu para fazer um passeio e, ao retornar para residência de sua irmã, foi surpreendido, já dentro do imóvel, por um homem armado de revólver. O professor relata que foi obrigado a entrar na residência, momento em que teve conhecimento que sua família já estava sendo mantida em cárcere privado. Todos foram mantidos presos dentro de um dos quartos do imóvel e coagidos a fornecer informações de fatos que desconheciam. Os ladrões fugiram levando o carro do professor, um Renault Logan, cor preta, placas HKQ-1880, município de emplacamento em Vila Velha (ES). Também roubaram cinco aparelhos celulares, dois notebooks, três micro computadores, R$400 em dinheiro, TV 47 polegadas, documentos e cartões bancários. Também nesse caso ninguém foi preso.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia