JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Paiva SENTINELA 13/02/2021


Continua depois da publicidade


Durante trabalho de intimação, Policiais Civis flagram dupla vendendo drogas no Bairro Serra do Sol

De vento e popa...

Os golpes através da internet, principalmente por aplicativos e redes sociais, prosperaram muito na pandemia. Alguns foram criados neste período e outros foram adaptados para a nova realidade. Olha só o caso que trago hoje. Uma encarregada de 52 anos perdeu R$24,5mil no golpe da compra de um carro pelo Facebook. Ela teria visualizado um anúncio de venda de veículo em uma página do Facebook e devido a valor anunciado interessou pelo veículo e iniciou a tratativa de compra com uma pessoa. Durante a negociação, o “vendedor” teria dito que a encarregada poderia olhar o veículo pessoalmente e até leva-lo a um mecânico para verificar a situação do motor, porém impôs uma condição: o veículo estava com o irmão e que a encarregada não poderia comentar que estava deslocando por indicação dele (“vendedor”). Ela procurou o homem indicado, um administrador de empresas de 29 anos, e não comentou nada, exatamente como havia combinado com o “vendedor”. O administrador de empresas também não sabia da fraude e já havia preenchido o recibo de transferência. A encarregada acreditando se tratar de um bom negócio, pagou os R$24,5mil, sendo R$19mil via Pix e R$5,5mil via transferência bancaria. Depois de fazer o pagamento, a encarregada foi até a casa do administrador de empresas apanhar o carro. Foi aí que a ficha caiu. Foi neste momento que ambos perceberam que caíram em um golpe. Nenhum deles conhece o “vendedor”. E tudo começou quando o tal vendedor encontrou uma postagem do administrador de empresas vendendo um veículo. É por estas e outras que você deve ter cuidado ao negociar pela internet. Lembre-se: o barato pode sair caro!!!

Principio da oportunidade

Uma farmacêutica de 25 anos foi covardemente agredida durante assalto na rua Isoleta Carmem Cruvinél, Beija Flor, as 13h desta sexta-feira (12). Ela caminhava pela via, quando foi abordada por um indivíduo alto, branco, cabelo claro e que mediante agressão física arrebentou a alça da bolsa e logo em seguida fugiu em um Fiat Palio de cor branca. Ele roubou a bolsa, documentos, cartões bancários e R$200,00. A vítima se confundiu e ao ligar para o 190 passou a marca e modelo do carro do assaltante errado, perdendo o chamado principio da oportunidade. A PM conseguiu imagens do assalto e do carro usado no crime.

Ladrões de carne

Com o novo decreto municipal tem gente abastecendo a geladeira para o final de semana de carnaval. E os ladrões não são diferentes... Na quarta-feira (10), por volta das 11h, um homem pardo, alto, magro, trajando calça jeans, camiseta azul com cinza, boné escuro, tênis e com uma mochila cinza com preta, entrou em um supermercado na avenida Guilherme Ferreira, Parque Bom Retiro, e furtou 23 kg de lagarto bovino. Nesta sexta-feira (12), um homem pardo, calvo, obeso, camiseta branca com listras pretas, calça jeans e mochila nas costas nas cores cinza com detalhes escuros, furtou 12 kg de lagarto bovino. Um prejuízo de mais de R$1.2 mil nos dois furtos. Os ladroes são diferentes, mas as mochilas....

Danos na rede elétrica

Uma carreta transportando tratores danificou fios de alta tensão da Cemig e de telefonia, avenida Tonico dos Santos, Jardim Induberaba, as 15h desta sexta-feira (12). O motorista da carreta Volvo, cor azul, placas JMD-7A84, não percebeu a altura da carga que transportava. Neste caso a altura da carga foi a razão, mas não é difícil encontrar fiação com problemas e até solta.

Falsificação grosseira

Infelizmente tem profissionais desonestos em todas as áreas e corretores não é a exceção. Uma advogada de 24 anos procurou a polícia e disse que a empresa que representa foi vítima de uma falsificação de documento, produzido pela suposta corretora de seguros. O documento falso contava com uma assinatura bastante semelhante a do gerente de recursos humanos da empresa que representa. Ela acredita que, pela imagem recebida via e-mail, possivelmente a assinatura teria sido recortada digitalmente de alguma outra fonte e montada no documento o qual trata-se de uma carta de exclusividade aos serviços de corretagem. O caso foi encaminhado a PC.

Enxugando gelo

Na quinta-feira (11), a Coluna trouxe a grande apreensão de celulares na penitenciaria de Uberaba. Nesta sexta-feira (12) foram feitas mais apreensões. E se os policiais penais fizerem buscas nas celas todos os dias, vão encontrar celulares e drogas todos os dias. Ontem, por volta das 13h, policial penal que estava escalado na muralha observou que um presidiário, de 25 anos, que trabalhava na manutenção do prédio, havia colocado algo em um dos calçados. O preso foi abordado e foi feita uma revista rigorosa no local onde de trabalho e foram encontrados: oito aparelhos celulares da marca Samsung, uma bateria, dois fones de ouvido e quatro carregadores. O preso disse que é tudo dele. Só não falou como chegou até ele.




Continua depois da publicidade


Raio X

E não só de aparelhos celulares vivem os presos da penitenciaria de Uberaba. Também usam e comercializam drogas. Também nesta sexta-feira (12), só que as 15h30, policiais penais que trabalhavam no procedimento de censura nos objetos advindos pelo Correios, que operavam a máquina de raio X, constataram irregularidades em um Sedex destinado a um preso, de 22 anos, recolhido na cela 46 da Galeria Anexo a Ala “D”. No Sedex foram encontrados 464 frações de LSD. O remetente está no nome do pai do preso.

Risco de morte

E mais um paciente com suspeita de estar com Covid-19 fugiu da UPA, rua Major Eustáquio, Vila Maria Helena, 9h desta sexta-feira (12). O médico de 39 anos contou que o paciente, que tem 51 anos de idade, encontrava-se internado com fortes suspeitas de estar com Covid-19. Ainda conforme o médico, o paciente estava em tratamento, inclusive recebendo oxigenação via aparelho, pois está com grande comprometimento pulmonar.

No flagra

Policiais civis que foram entregar intimação flagraram venda de drogas, prenderam dois por tráfico e um por posse para uso de drogas, foi na rua Leopoldo Pardi, Serra do Sol, às 16h30 desta sexta-feira (12). Foram apreendidas três pedras de crack, uma bucha de maconha, uma cartela de papel para enrolar cigarros e um celular com conversas de vendas de drogas no WhatsApp. Também foi apreendido a quantia de R$197,20. Os três homens, 42, 33, 34 anos, foram apresentados na 1º Delegacia de Plantão da PC em Uberaba.

Fraude

Uma empresa de engenharia na rua Vigário Silva foi alvo de estelionatários. Conforme uma engenheira civil de 52 anos, golpistas acessaram a conta corrente (Caixa Econômica Federal) da empresa e fizeram três transferências bancarias totalizando R$15mil. Uma das transferências foi através do Pix. A PC deve instaurar inquérito policial na segunda-feira (16).

Em liberdade

Equipe do Corpo de Bombeiros compareceu em uma casa na avenida Geraldo Formiga do Nascimento, bairro Terra Nova Uberaba. Desta vez, os militares foram salvar um pardal (pássaro) que estava dentro de um tubo de metal que servia de pilar do quintal da residência. Foi usado um cambão e adaptação de cordas. O passarinho foi salvo e solto no seu habitat natural.

Primeiros socorros

O Corpo de Bombeiros também compareceu em uma oficina mecânica na rua Álvaro Jacinto da Cruz, Recreio dos Bandeirantes, às 6h30 desta sexta-feira (12), prestou os primeiros socorros a um mecânico de 62 anos que teve parte dos dedos decepados em uma hélice de motor de caminhão. O mecânico foi levado para o HC da UFTM. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia