JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 27 de outubro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas


Continua depois da publicidade

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 17/10/2020


Continua depois da publicidade


Coluna no Bico da Chanca: Nossos craques seguem para o plano celestial

carlosticha@hotmail.com

 

 Modesto e Marquinho a dupla que fez sucesso na zaga do USC

TOQUE DE PRIMEIRA

As contratações continuam e os nossos craques seguem para o plano celestial e com certeza de atuar em grande estilo. Semana passada foi o meio campista Walter Celani, o nosso Tati. Oito dias depois, o nosso amigo, aquele que foi um zagueiro de alto nível seguir a caminho do céu. Depois de muita luta contra o coronavirus e outros problemas de saúde, Marcos José Ferreira, o Marquinho Cavalão foi morar com Deus. Na verdade, ele soube viver bem. Quando jogava era disciplinado e craque. Foi um dos melhores zagueiros que Minas Gerais conheceu. Começou no Juvenil do Nacional, logo chegou ao profissional, e com o beque Zé Carlos brilharam na zaga do alvinegro. Não demorou muito, o Uberaba SC o contratou. Além de uma quantia em dinheiro, cedeu Veran para o time de Luiz Cecílio. No Uberaba SC ele formou dupla com Modesto transformando na melhor do estado. Jogavam muita bola. Do Colorado foi para o Cruzeiro e mais tarde para o Palmeiras. Sua carreira foi de sucesso. Depois que deixou o futebol profissional, foi que ganhou o apelido de “Cavalão”. Aconteceu quando em peladinha de futebol Society, trombou com um “adversário” e o estrago só não foi maior porque foi de leve. Cheio de amigos, gostava de frequentar bares e de sentir à vontade (bermuda e camiseta). Os encontros com ex-atletas, era foi maravilhoso e se sentia bem. Marquinho soube viver feliz com sua esposa Eva e com Laura, filha adotiva. Onde chegava era sempre bem-vindo. Na verdade, a saudade dos bate papos e troca de ideias ficam para outra oportunidade. Uberaba chora a morte do amigo Marquinho, que fez linda história no futebol. Escreveu sua trajetória com letras maiúsculas. Deus proteja sua alma.   

Marquinhos curtindo o encontro dos Amigos da Bola

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Depois da pandemia o torcedor que for ao estádio deve escolher um dos times que está jogando para torcer. Assim, caso aconteça um conflito ele saberá por que está apanhando...      

Aquele jogador era muito elegante e educado gostava do cartão vermelho. Pedia sempre licença antes de dar um violento pontapé na canela do adversário.

Se a Caixa Econômica aceitasse jogador no “prego”, seria a solução financeira para a maioria dos clubes do Brasil. E se aceitasse cartola, então, os clubes ficariam milionários...




Continua depois da publicidade

Com as indecisões do VAR, os auxiliares e quarto árbitro deveriam usar bandeira branca no trabalho, pois assim, estariam pedindo paz aos treinadores brigões...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 37 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.  

BOLA DE MEIA

O que disseram sobre Pelé. Tópico XXII: “Eu pensei: ele é feito de carne e osso como eu. Eu me enganei”. (Tarciso Burmigch, zagueiro italiano que marcou Pelé no final da Copa do Mundo de 1970).        

Toque de Primeira, a biografia do craque deste sábado, 17 de outubro das 12h às13horas, pela JM 95.5, FM. Recebe: Mozart Karrapixo Rodrigues e Ciro Chaban.   

Uma coisa que prevalece no futebol é a tal de “escrita”. É o caso do Flamengo, que dificilmente se dá bem quando enfrenta o Bragantino. A partida de quinta-feira, no Maracanã mostrou a dificuldade que o Mengão teve para empatar a contenda.

Na verdade, esse futebol está parecendo um pouco estranho, parece que os atletas jogam preocupados com as várias situações que podem ocorrer. Um dia o atleta está inteiro, no outro de quarentena. Na verdade, o publico faz a diferença no espetáculo.

Luiz Felipe Scolari pode ser a salvação da Raposa? Tomara que sim. Pela dificuldade que o Cruzeiro vem passando, acredito, que com muito trabalho e colaboração de todos, o time pode se safar da série C e se manter na B. Agora, chegar ao acesso, sei não.

Pelo modulo II, Pouso Alegre, tentando se manter na liderança, visita o Democrata Jacaré. No sufoco e tentando sair de baixo, o Mamoré recebe o Serranense. O CAP joga em casa contra o Guarani. O Tupi recebe o Ipatinga. É a briga contra o rebaixamento.

Ontem o América, mesmo jogando fora de casa pode ter dado um passo grande para chegar ao topo da tabela. O adversário foi o Botafogo-SP. Já o Cruzeiro pegou “barra pesada” no Mineirão e encarou o Juventude. Felipão viu tudo e tirou suas conclusões.

Quatro bons jogos iniciam neste sábado a 17ª rodada do Brasileirão. Em Goiânia tem o duelo dos Atléticos local e do Paraná. Coxa embalado espera pelo Santos. No Maraca o Flusão vai dar de cara com o Ceará. E o São Paulo bate de frente com o Grêmio.    

No domingo, o derby que chama atenção é entre Corinthians x Flamengo. No Sul, o Inter quer comer bacalhau. E ainda Bragantino x Sport e Fortaleza x Palmeiras. Na segunda-feira, Bahia vai sofrer no “bico do Galo”. O Fogão deve jantar aquele pequi.

Quero saber como que o atacante Robinho vai encarar toda essa polemica que envolve seu nome e jogar bola como sabe fazer. De volta ao Santos, parece que os problemas aumentaram. Vai ser preciso, tranquilidade e controle emocional para superar.   

Depois de uma semana com preparativos em dois períodos, a diretoria do USC liberou os atletas para aquele descanso no sábado e domingo. As atividades serão retomadas na segunda-feira. E pode ser uma semana com novidades. Amistoso ainda nada. TRAVA.           

TA CONFECÇÕES – Há 23 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia