JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de setembro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 15/09/2020


Continua depois da publicidade


Coluna no Bico da Chanca: O Uberlândia de 1963


Na foto, o time de do Uberlândia de 1963 com Fazendeiro e Maercio. 

 

TOQUE DE PRIMEIRA

As décadas de 50 e 60 foram momentos charmosos do futebol do Triangulo. Época em que tínhamos bom futebol e só jogava que sabia tratar a “gorduchinha”. Derby de muita emoção eram realizados nos duelos entre Independente, Uberaba, Nacional, Uberlândia Araguari, Ituiutaba e Fluminense de Araguari. Na verdade, o bicho pegava mesmo quando estavam em ação Uberaba SC x Uberlândia. No “Juca Ribeiro” ou no Boulanger Pucci”, a emoção e motivação dos torcedores faziam a diferença no grande clássico. Independente sempre jogava bem contra Uberlândia e Nacional: vencia mais do que perdia. Nacional sempre foi pedra no sapato do Verdão da Cidade Jardim, além do mais viveu atrapalhando os planos do Colorado. Por outro lado, o Zebu se dava bem com o “Azulão do Bairro Yanque”, e contra o Periquito era o verdadeiro toma lá, da cá e sempre com os estádios lotados. Os outros adversários do Triangulo, participam, mas sem muito brilho, mas davam trabalho. Tinha o abelhudo do Araxá, time do Alto Paranaíba. O Ganso já montou bons times. Agora vejam este Uberlândia de 63: forte e com bons jogadores: Wilson; Dunga, zagueiro que impunha respeito, era muito forte. Yoma, Serafim, Carlinhos e o bom jogador Dimas. Na frente, Sabará, era bem rápido; Waldemar foi técnico, Cid rompedor; Fazendeiro era craque: jogava muita bola, sua habilidade fazia a diferença. O ponta esquerda Maércio era driblador e atuava sempre com uma redinha na cabeça. Vi este Uberlândia jogar no “BP”, onde a rivalidade era incrível.  

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens.

CANELADAS

Makarrão pergunta se o Karrapixo tem Netflix. A resposta foi imediata:

--- Claro, dentifrício é o que não falta na minha casa. Tem Colgate e Kolynos!

Piadas da pandemia:

1º- Faltam duas semanas para que nos digam que faltam duas semanas para nos dizerem que faltam duas semanas...

2º- Não vou acrescentar 2020 a minha idade. Nem usei!

De um fabricante de espelho, torcedor do Atlético-MG:

--- Ganhamos, mas o placar não refletiu a nossa superioridade...




Continua depois da publicidade

Antes da partida contra o Ceará um dos jogadores do Flamengo viu a escalação do Domènec e falou:

--- Depois dessa, estou pessimista com a bola que Gabigol está jogando, vamos torcer para perder de pouco...         

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 37 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.  

BOLA DE MEIA

O que disseram sobre Pelé. Tópico VIII: “Pelé nunca será superado, porque é impossível haver algo melhor que a perfeição. Ele teve tudo: físico, habilidade, controle de bola, velocidade, poder, espírito, inteligência, instinto, sagacidade”. (Jornalista do Sunday Mirror de Londres).       

Toque de Primeira, a biografia do craque deste sábado, 19 de setembro das 12h00 às 13h00 horas, pela JM 95.5, FM. Alex Joaquim Ferreira, gerente de futebol do USC.  

Claudio Adão de 65 anos, que brilhou no ataque de vários clubes, inclusive jogando um bolão e fazendo gols, é o novo treinador do Guarani de Divinópolis. O modulo II será retomado no dia 10 de outubro. O Bugre, quarto colocado, enfrenta a Serranense.  

Alguns resultados da décima rodada do Brasileirão podem ser considerados como surpreendentes, principalmente a vitória do Goiás, que mesmo jogando com dez, venceu o Internacional. A derrota do Flamengo para o Ceará não foi zebra. Mengo não jogou nada, principalmente o tal de Gabigol.

Mas aquele gol anotado pelo goleiro Jean, batendo falta e pegando o próprio rebote foi a nota principal da rodada, que culminou com a vitória do seu time sobre o Bahia. Esperava mais do Botafogo no jogo contra o Vasco, Mas Benítez e Cano jogam muito.

Dificuldade que o Corinthians vem enfrentado não é nada fácil, mas isso não envolve só o comando técnico, a administração tem muito a ver com a história. Por outro lado, o Atlético-MG vem cantando de Galo e conseguindo com capacidade subir no poleiro.

A Libertadores está de volta e como estarão os clubes envolvidos na situação? Esta noite o Jorge Wilstermann espera pelo Athletico do Paraná. Jogo difícil. O Santos, na Vila Belmiro, com Marinho em grande forma joga para vencer o Olimpia do Paraguai.    

Amanhã tem Bolívar x Palmeiras; Internacional x América de Cali, e Universidade Católica x Grêmio. É os brasileiros em ação na difícil Libertadores. Mas pela Copa do Brasil Ponte Preta pega o América-MG; Fluminense recebe o Atlético-GO. Brusque recepciona o Ceará.

Quanto ao futebol local, é bom esperar pela vacina, mas no profissional, o Uberaba SC continua trabalhando nos bastidores. Daqui pra frente os encontros entre Alex Joaquim com o treinador PC Catanoce serão frequentes, isso sobre a montagem do elenco. TRAVA.          

TA CONFECÇÕES – Há 23 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia