JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 22 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Reginaldo Baleia Leite REGINALDO LEITE 14/04/2022



#3 - GP da Austrália - Uma festa vermelha

A terceira etapa do mundial de 2022 foi um passeio para Charles Leclerc e sua F 75.

Largando da posição de honra, este não deixou a ponta em momento algum da etapa. Ainda conquistou mais um ponto pela melhor volta e foi eleito o piloto do dia. Os fanáticos tifoses não poderiam estar mais felizes, pois há anos não tem esse prazer de ver um carro tão bom.

Inicio. O primeiro dia de trabalho em Albert Park foi dominado pelas Ferraris. Com Sainz Jr. liderando a tabela, seguido de Leclerc e Perez no TL 1. No segundo treino, TL2, foi Leclerc quem liderou seguido de Max e Sainz Jr.

Surpresas. O sábado começou com duas surpresas. No primeiro treino do dia, vimos Norris com o melhor tempo, seguido de Leclerc e Perez, enquanto Max conseguiu apenas o sétimo tempo. Vettel sofreu um acidente nesse treino e sua participação era duvida para a classificação.

Já na classificação, que é o que realmente conta, vimos Max ser o melhor do Q1,seguido de Perez e Leclerc. Esse Q1 foi interrompido nos momentos finais por um acidente bizarro entre os compatriotas canadenses Latifi e Stroll. Por coincidência são os dois únicos pilotos que contam com um paitrocinio na F1. Stroll já havia batido seu carro no TL 3.

Q2. Foi Perez quem foi o melhor, seguido de Sainz Jr. e Leclerc. Max foi o quarto, seguido de Alonso, que parecia estar muito bem. Pela primeira vez no ano, Bottas não foi ao Q3.

Q3. Na bandeirada final vimos Leclerc conseguir sua segunda pole em 2022. Max terminou no segundo posto à frente de Perez. O mexicano melhorou muito em classificações este ano. Esse treino também foi interrompido por bandeira vermelha provocada por um acidente com Alonso.

Infortúnio na equipe vermelha. Sainz Jr. em sua primeira tentativa do Q3 foi perdida. O hispânico vinha com um ótimo tempo e há menos de dez metros da linha de chegada foi acionada a bandeira vermelha e assim ficou sem tempo. Já na ultima tentativa, não teve tempo suficiente para colocar os pneus na temperatura ideal de desempenho e terminou com a P 9. Quando esse seguimento faltava pouco mais de dois minutos para a bandeirada.

Primeiros momentos. A corrida começou tranquila, com Leclerc e Max mantendo suas posições enquanto Lewis realizou uma ótima largada, saltando do quinto posto para o terceiro. Já Sainz Jr. não teve a mesma eficiência. Na largada, seu carro não saiu no momento exato e ele perdeu várias posições. A primeira interrupção da corrida seria causada por ele rodar e não conseguir retirar seu carro do local, ainda no 2º giro.

Passeando. A corrida seguiu sem disputas no pelotão dianteiro. Leclerc foi abrindo vantagem, enquanto Max não tinha ritmo para acompanhar o ponteiro. Quando Max parou na volta 19 tinha uma desvantagem de mais de 9 segundos para o monegasco. Mais atrás, vimos algumas disputas boas e limpas. Entre Perez e Lewis. Vettel sai da pista na volta 21 mais precisamente na curva 4, provocando assim a 2ª paralização da corrida.

Único. Ao término da bandeira vermelha, a prova foi reiniciada, volta vinte sete, e foi nesta relargada que vimos uma rápida e momentânea disputa pela ponta. Leclerc, ao acelerar na curva que antecede a reta, sentiu as traseiras saindo e corrigiu em seguida, mas foi o suficiente para Max entrar bem próximo na reta chegada/largada e pegar o vácuo. Leclerc se defendeu, posicionado pela direita para fazer a tomada por dentro, conseguindo assim evitar a ultrapassagem. Antes de completar essa volta ele já havia colocado mais meio segundo de vantagem sobre Max.




Continua depois da publicidade


Confiabilidade. A partir daí, o holandês se resignou a conquistar o segundo posto. E sua corrida terminaria onze voltas depois. E assim, a Red Bull totaliza dois abandonos em três etapas com o holandês. A equipe posteriormente relatou que enviou esta UP para o Japão, onde a Honda vai trabalhar para descobrir a falha.

Escapadinha. A etapa terminaria sem grandes acontecimentos na turma da frente. A não uma escapadinha de pista do mexicano que lhe rendeu uma aproximação de Russel e Hamilton, porém sem comprometer sua posição na linha de chegada.

The end. Ao final, vimos Leclerc na ponta desde a largada, Perez na P 2 e Russel conquistando seu primeiro pódio com a Mercedes. Lewis na P4. Norris, Ricciardo, Ocon, Bottas, Gasly e Albon completando os dez que pontuam.

*Albon fez a proeza de realizar 57 com um jogo de pneus (duros). Largou na última posição e conquistou um pontinho para a Williams.

*Bottas se redimiu da péssima classificação e conseguir terminar no oitavo posto.

*Mc Laren consegue pela primeira vez no ano colocar seus dois carros na zona de pontos.

* Querem esquecer o GP da Austrália: Max, Sainz Jr. Vettel, Alonso. Stroll e Latifi.

* Magnussen fez seu pior final de semana nesta curta temporada. Não se classificou para o Q2, enquanto seu companheiro de equipe conseguiu. E para completar não terminou na zona de pontuação. Este também foi o pior final de semana da Haas ate aqui (2022).

A Mercedes mesmo com um carro fraco é a vice-líder na tabela dos construtores. Mais pelo infortúnio da concorrência do que pela eficiência. Tem 65 pts. contra 55 pts. da Red Bull. A Aston Martin é a única equipe sem pontos ate aqui. Os italianos possuem 104 pontos.

  • Esta etapa foi um delírio para os tifloses. Mas aquele pessoal que gosta de ver uma corrida movimenta e com bons e honestos duelos esta foi a pior desta curta temporada. Até lembrou a época de ouro dos carros prateados, que mandavam nas corridas sem adversários. Torcemos muito para que esse tipo de corrida não se repita no decorrer do ano. Curtir uma noite como curiango não foi uma boa opção. Engraçado é que esta foi a primeira etapa de 2022 realizada com a luz do sol.

A próxima etapa será em Imola dia primeiro de maio. A data e o circuito não trazem boas memorias para os torcedores brasileiros.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia