JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Larissa Prata TV MIX 05/06/2019

Sangue inocente

Dalila (Alice Wegmann) vai sujar as mãos de sangue em Órfãos da Terra – e com requintes de crueldade. A vilã ordena que Paul (Carmo Dalla Vecchia) cause um acidente no carro em que estão Elias (Marco Ricca) e Helena (Carol Castro). O objetivo é tumultuar ainda mais a vida de Laila (Julia Dalavia) e Jamil (Renato Góes). O problema é que o inglês exagera na manobra e o acidente acaba sendo mais grave do que o planejado. O carro bate num poste e Helena, sem cinto, machuca muito e acaba perdendo o bebê. Dalila comemora a gravidade da situação e Paul fica horrorizado. A vilã, então, é irônica, dizendo ao comparsa que ele sabia do que se tratava o trabalho quando o aceitou. Paul, então, diz que não sabia que teria que matar e pergunta se Dalila não está passando dos limites. “Numa guerra, inocentes sempre são sacrificados”, responde.

Baby a bordo

Em Verão 90, Manu (Isabelle Drummond) fica chocada ao descobrir que João (Rafael Vitti) vai ser pai. Tudo acontece quando a mocinha chega ao apartamento do rapaz e flagra Moana (Giovana Cordeiro) no local. A ex-patotinha nota um clima estranho entre os dois e pede explicações quando a jornalista vai embora. “Eu preciso entender o que estava acontecendo aqui. Eu vi na cara da Moana que estava rolando alguma coisa”, diz ela. João nem disfarça e já fala a verdade, contando a Manu que a ex está grávida. O filho de Janaína (Dira Paes) tenta explicar que passou uma noite com Moana, mas não se lembra do que rolou porque tomou um chá misterioso. “Para de mentir, João. O que você tá tentando fazer? Justificar que dormiu com a Moana porque teve um apagão, é isso?”, duvida Manu. “Eu não me lembro de ter ficado com ela, eu juro. Estava sob o efeito desse chá maluco”, insiste João, mas a mocinha não quer nem saber e diz a ele que cada um deve seguir seu caminho.

Queridinho

Otaviano Costa deixou a Globo, mas segue faturando alto. Colunista Patrícia Kogut contou que o apresentador faz muito sucesso no mercado publicitário e, ao lado da esposa, Flávia Alessandra, Ota estrelará uma megacampanha para a Seara, do Grupo JBS. Os valores são sigilosos, mas a gente bem que imagina quantos zeros deve ter...

De volta

Selton Mello está de volta às novelas! O ator está afastado de produções desse tipo desde Força de Um Desejo, em 2000, ou seja, há quase vinte anos. E ele será Dom Pedro II em Nos Tempos do Imperador, de Thereza Falcão e Alessandro Marson. O ator assinou contrato de longo prazo com a Globo e, também, está envolvido com Sessão de Terapia. As gravações de Nos Tempos do Imperador vão começar em janeiro. A trama vai suceder a Éramos Seis, na faixa das 18 horas. Thereza e Alessandro também foram os autores de Novo Mundo.

Rainha faz assim

A gigante da beleza Sephora fechará todas as suas lojas, centros de distribuição e escritórios nos Estados Unidos, hoje. O motivo? Treinamento aos funcionários sobre diversidade. A ação acontece após incidente racista envolvendo a cantora SZA, que relatou no Twitter que visitava uma franquia da Sephora quando foi abordada por um segurança. A cantora relatou que o profissional teria sido acionado devido ao seu tom de pele. Pelo visto, ninguém ali reconheceu a cantora... SZA revelou que havia ido à loja para renovar seu estoque de maquiagens com produtos da Fenty Beauty, de Rihanna. “Poderia uma mana comprar suas makes Fenty em paz?”, tuitou. E RiRi, que é superativa e atenta às redes sociais, além de levantar a bandeira das minorias sempre, fez o quê? Deu seu jeitinho, claro. Além de enviar um vale-compras de sua marca à SZA, Rihanna exigiu uma postura mais enfática da Sephora, que é o principal ponto de vendas de sua marca de makes. É que, até então, a gigante da beleza tinha se restringido à publicação de um comunicado pra lá de engessado no Twitter. Vale lembrar que um dia de pausa nas atividades resultará em um senhor prejuízo à Sephora, mas os valores não se comparam a processos por preconceito – Gucci e Prada que o digam, após duros boicotes por produtos e comportamentos que ofenderam negros. Ponto para elas, tanto RiRi diva quanto Sephora, afinal, treinamento é investimento.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia