JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 16 de outubro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Alexandre Pereira CÁ ENTRE NÓS 17/09/2019

Situação de emergência
Vários Estados decretaram situação de emergência por causa das queimadas, mas o governo mineiro continua impassível. É preciso mais ações de resposta aos desastres, reabilitação e reconstrução do cenário afetado pelo fogo, inclusive convocação de voluntários para reforçar essas ações e para a realização de campanhas de arrecadação de recursos perante a comunidade, com o objetivo de facilitar o atendimento à população afetada. A medida garantiria ainda recursos e apoio do Governo Federal para garantir uma resposta urgente ao controle dos incêndios florestais em áreas legalmente e ilegalmente preservadas.

Mais
O decreto também consideraria o mês de setembro como o mais crítico para a ocorrência de incêndios florestais, devido à prolongada estiagem, à baixa umidade do ar e alertas de ondas de calor para o Estado com alto risco à população, e ao aumento expressivo de atendimentos nas unidades básicas de saúde, por causa das doenças relacionadas à qualidade do ar, havendo registro de incidência de pacientes com problemas respiratórios.

Pegando fogo
No fim de semana, além de ter que atender às ocorrências locais, os Bombeiros de Uberaba tiveram que dar apoio no combate a queimadas na região. Uma equipe teve que se deslocar para Uberlândia, onde área da indústria BRF pegou fogo. Outro grande incêndio florestal foi registrado em Pirajuba, no domingo (15). No povoado de Almeida Campos, a Usina Uberaba pediu apoio do Corpo de Bombeiros para combater as chamas. Incendiários atacaram a mesma região nos últimos 30 dias. E a área da Mata do Carrinho voltou a ser incendiada, também.

Terceirização
Em plena crise financeira, em função dos cortes orçamentários feitos pelo MEC, a UFTM terceirizou as solenidades de colação de grau, abrindo chamada pública para a contratação de empresa especializada, que propiciará condições de organização e execução das sessões solenes e públicas de outorga de grau de forma unificada, gratuita e igualitária. A partir das turmas de 2019/20, esses trabalhos serão planejados, organizados e executados com a prestação de serviços de cerimonial da empresa especializada vencedora. A universidade possui o Serviço de Cerimonial e Eventos, vinculado à Comunicação Social.

Foco
Pela 12ª vez, o Prêmio Congresso em Foco – considerado um dos principais eventos do calendário político e social do país – será realizado este ano na quinta-feira (19), em Brasília. Na ocasião, serão premiados aqueles parlamentares que melhor representam a população, de acordo com a votação popular na internet, o júri especializado e os jornalistas que cobrem o Congresso. Os vencedores só serão conhecidos durante a cerimônia. O objetivo do prêmio é dar mais transparência às atividades parlamentares e reconhecer o trabalho de congressistas que são “ficha limpa”. Da região, Franco Cartafina (PP) e Zé Silva (SDD) participam da votação.

Chamamento
O leitor Mauriti Cunha declarou à coluna que tinha acabado de assinar o abaixo-assinado “Somos todos CNPq!” e por isso pedia ajuda, em busca de novas assinaturas. A meta é conseguir um milhão de assinaturas, razão da necessidade de mais apoio. Para mais informações sobre o assunto e a assinatura do abaixo-assinado.

Cruzada por Uberaba
Reportagem do jornal Estado de Minas, no fim de semana, mostrou que o Brasil tem potencial para aumentar a produção de gás natural e mais do que dobrar a oferta do combustível na próxima década. No entanto, o programa Novo Mercado de Gás, do governo federal, tem enormes desafios pela frente. É preciso desenvolver a infraestrutura de gasodutos para interiorizar o gás no país e ampliar o mercado consumidor. Para isso, a expansão deve ser integrada ao setor elétrico, afirmaram especialistas, sob pena de o insumo ser desperdiçado. Por enquanto, apenas metade do gás produzido é disponibilizada ao mercado.

Mais
Marcos Frederico de Souza, superintendente de Estudos de Petróleo, Gás e Biocombustíveis da EPE, explica que o desafio do crescimento da produção de gás começa pela limitação de infraestrutura. “Pelos ritmos dos projetos que já estão em andamento, temos perspectiva de dobrar a produção a partir de 2025. Nesse horizonte, as providências para dotar o país de dutos de escoamento têm de começar agora”, alertou ele.


Uberaba está na rota do ramal do gasoduto do Centro-Oeste

Ti-ti-ti
- A ex-presidente Sumayra de Oliveira revelou nas redes sociais sua desfiliação do PCdoB, mas não disse para qual partido vai.
- Dois dias após anúncio de formação de grupo de oposição ao governo municipal, os deputados André Janones (Avante) e Cleitinho Azevedo (Cidadania) fizeram as primeiras acusações ao visitar a cidade, acompanhados do vereador Thiago Mariscal (MDB).
- Os apoiadores da oposição repercutiram o caso nas redes sociais.
- No entanto, o “feitiço pode virar contra o feiticeiro”, diante da data de validade dos produtos, objeto da denúncia.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia