JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 04 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 18/10/2021


Continua depois da publicidade


Ex-presidente da Codiub rebate criticas de sua sucessora

O OUTRO LADO DA MOEDA

“Longe de querer criar polêmica, mas é uma injustiça dizer que a Codiub estava desatualizada. Pegamos a companhia num ponto e a entregamos pronta para o futuro. Quando assumimos, a Codiub tinha R$ 150 mil em caixa e R$ 3 milhões em dívidas. Entregamos a companhia com R$ 6 milhões em caixa e nenhuma dívida”. Assim reagiu o ex-presidente Dênis Silva à entrevista da sua sucessora ao programa O Pingo do Jota de sexta-feira. No mesmo programa da Rádio JM, Dênis disse que agendou reunião com a nova presidente para prestar contas de sua gestão, mas o encontro foi por ela desmarcado. Ele atribui as críticas feitas por Keila Rocha à desinformação sobre o que foi feito no governo passado.

 

PRÊMIOS CONQUISTADOS

Ainda na entrevista desta segunda-feira, Dênis Silva ressaltou que Uberaba ganhou 4 prêmios “Cidades Inteligentes” no governo Paulo Piau graças ao trabalho desenvolvido pela Codiub. Frisou, ainda, que Uberaba foi a primeira cidade de Minas a conseguir implantar o programa de licenciamento ambiental on-line, programa este vendido à Prefeitura de Uberlândia na gestão passada e que está sendo entregue agora. “Esse programa foi feito na nova tecnologia. Ou vocês acham que Uberlândia compraria um programa defasado, como disse a presidente atual?” Além disso, Dênis destacou que a atualização de programas de tecnologia é necessária e deve ser feita periodicamente. Mas isso não desqualifica, nem desmerece o programa pronto. E lembrou que as grandes corporações atualizam frequentemente seus programas.

 

TUDO PRONTO

De acordo com o ex-presidente da Codiub, programas como prontuário eletrônico, licença prévia para construção civil, ITBI digital estavam prontos para entrar em operação. No caso específico do prontuário eletrônico, segundo Denis Silva, o programa foi desenvolvido em tecnologia atual e integrado ao Conecte-SUS, o que significa que o paciente de Uberaba poderá ter seu histórico de saúde acessado de qualquer lugar do país, caso necessário. 

 

E A FIBRA ÓTICA?

Outro ponto que o ex-presidente da Codiub discordou da sua sucessora refere-se à implantação da fibra ótica. Segundo Dênis, foram implantados 90km de fibra para integrar escolas e unidades de saúde, não todas, mas a grande maioria. “Deixamos os cabos passados, servidores comprados. Bastava fazer a ligação. E a Codiub tem certificação para ser uma “operadora” interna para transmissão de dados, sem necessidade de licitar uma operadora de telefonia. Nem faria sentido isso, pois a intenção do programa era economizar para a Prefeitura”. Por último, o ex-presidente sugeriu que a Codiub retome o aplicativo Minha Uberaba, alimentando-o com informações de interesse do cidadão.

 

PAPO FURADO

Prefeitura de Uberlândia está fazendo um auê danado com a conquista de um Selo de Compromisso para concessões e PPPs. Na realidade, esse selo é apenas uma certificação dada por uma empresa paulista do ramo de PPPs. Na prática, não muda nada. No entanto, vale o alerta para Uberaba, que foi a primeira cidade a fazer uma Parceria Público Privada da Iluminação, tendo assinado o contrato em 30 de maio de 2019. De lá pra cá não se falou mais nisso. Muitas obras e benefícios para a comunidade podem ser viabilizados por meio de PPPs. 




Continua depois da publicidade


 

REVOADA

Secretaria municipal de Saúde começou a semana com uma “revoada” geral. Trocas devem ser publicadas na edição do Porta Voz desta quarta-feira. Segundo comentários de bastidores, o desempenho funcional insatisfatório teria sido a gota d´água para as mudanças decididas pelo secretário Sétimo Bóscolo Neto. A conferir.

 

APROVADO!

Vereadora Lu Fachinelli comemorou a aprovação de suas emendas na formatação do PL 522/21, de autoria do poder Executivo. A primeira emenda garantiu a presença no Conselho Municipal da Educação de um representante do Conselho Municipal de Promoção da Igualdade Racial. De acordo com a vereadora, “a comunidade negra uberabense finalmente irá participar de forma efetiva na construção e implementação da lei 10.639 e do Plano Municipal de Promoção da Igualdade Racial no âmbito educacional do município. Nossa emenda garantiu que quem conhece desse assunto participe e estabeleça diretrizes para a educação afro-brasileira nos bancos das escolas municipais. E garante também a participação no âmbito da educação profissionalizante. É uma grande vitória”, disse. 

 

MAIS DUAS

Lu conseguiu aprovar, também, emenda que garante uma representante do Conselho municipal da Mulher no CME, e outra que obriga o Conselho municipal de Educação a se manifestar previamente sobre os investimentos em educação no município através das leis orçamentárias. “A partir de agora o Conselho Municipal de Educação terá a responsabilidade e o compromisso de opinar e deliberar sobre os investimentos em educação do município, tanto no PPA quanto na LDO e na LOA. Isso vai permitir aos vereadores votarem  as peças orçamentárias com mais conhecimento das reais necessidades da educação, tanto na área de investimentos, custeio, valorização dos servidores e edificação e reforma de novas unidades educacionais” - justificou.  

  

ELEIÇÃO DE PESO

A musicista Olga Maria Frange de Oliveira e o odontólogo Osmar Baroni, integrante do tradicional grupo musical Chorocultura, foram eleitos para ocupar as cadeiras 15 e 36, respectivamente, da Academia de Letras do Triângulo Mineiro. A eleição ocorreu no sábado. Posse dos eleitos deverá ser marcada oportunamente, segundo o presidente João Eurípedes Sabino.

A propósito, vale destacar o trabalho arrojado desenvolvido pelo presidente, culminando agora com a pintura da sede da ALTM, nas suas cores originais, amarela e branca, resgatando a beleza do casarão da Rua Lauro Borges, em frente ao Hospital da Criança. Lindo, lindo!


 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia