JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 08/01/2021


Continua depois da publicidade


Ex-secretário de saúde reage às suspeitas de boicote ao novo governo

Ex-secretário municipal de Saúde, Iraci Neto, reagiu às justificativas do governo Elisa Araújo, de que foi preciso suspender a emissão dos boletins diários do coronavírus, porque servidores comissionados encarregados desse serviço foram exonerados e não passaram a senha do computador onde se encontravam os dados. Nesta sexta-feira, Iraci Neto contestou essa versão, argumentando que “existe todo um sistema de informações do SUS. A consolidação dos dados dá trabalho. Os acessos aos sistemas de informações do SUS são de responsabilidade dos órgãos competentes (Secretarias Municipais e Estaduais de Saúde e Ministério da Saúde) e de seus servidores públicos indicados e/ou nomeados. Existem diversos sistemas de gerenciamento dentro do SUS: epidemiológico, assistencial (Ambulatorial e Hospitalar), estatístico, financeiro entre outros. É preciso monitorar e consolidar dados de hospitais, informações dos laboratórios públicos e privados, farmácias que realizam testes para covid e até mesmo empresas; acompanhar diariamente os números das unidades de saúde e das Upas (acesso interno na própria Secretaria de Saúde de Uberaba)”. 

Veja a nota na íntegra

MODUS OPERANDI
Na nota distribuída pelo ex-secretário de Saúde ele ainda explica que as planilhas que vinham sendo feitas por servidores comissionados eram de iniciativa deles, apenas para facilitar o entendimento dos números. Não eram documentos oficiais. “Os números e planilhas anteriores em nada prejudicam a confecção dos boletins atuais, pois os dados são de notificação compulsória, enviados diariamente à Secretaria Municipal de Saúde, para cada profissional específico efetivo consolidar o tipo de dado (testes de farmácia, da prefeitura, dos laboratórios,  etc). Após cada um realizar a consolidação parcial ocorre a consolidação final para, assim, gerar o boletim diário. Desta forma os dados ficam todos no departamento, tendo livre acesso às pessoas da secretaria, desde que autorizadas, devido à confidencialidade.” 

TINTIM POR TINTIM
Iraci Neto frisa, ainda, que durante a transição ficou à disposição da equipe nomeada pela prefeita por quase um mês, assim como entregou todas as informações por ela solicitadas. Junto com esses documentos, o ex-secretário destaca que entregou “um amplo relatório (narrativa técnica) com todos os detalhes sobre a Covid-19 ao longo do enfrentamento em 2020”. Ou seja, nas entrelinhas dá a entender que não teria havido interesse ou curiosidade por parte da equipe de transição em aprender a fazer o serviço, na prática. 

PRETO NO BRANCO
Não bastasse a polêmica em torno da tal senha de acesso ao computador para alimentar os boletins diários, Iraci Neto também reagiu à intenção da prefeita Elisa de checar os números da Covid em Uberaba em todo o ano passado, abrindo prazo para laboratórios, clínicas, hospitais e farmácias entregarem as informações detalhadas de 2020 para conferência.

Dizendo-se seguro em relação ao trabalho realizado, o ex-secretário de Saúde deixa claro que agora é ele quem quer saber o resultado dessa auditoria. E arremata: “Importante salientar que não é só pedir os dados aos laboratórios, farmácias e hospitais, pois tem que saber interpretar. Os dados vão vir de todas as pessoas que passaram no estabelecimento, inclusive pessoas de outros municípios, e os casos de duplicidades, onde vimos que há  pessoas que realizaram exames 4 vezes em uma única semana. Não é tão simples assim.” Xiiiiii... isso ainda vai dar BO... 

BOLETIM DO DIA
Enquanto isso, o boletim da Covid desta sexta-feira mostra o crescimento do número de pacientes internados. Já são 20 pacientes de Uberaba em  UTI e 19 em enfermaria, e mais 6 pacientes da região em UTI e 13 na enfermaria. Com isso, a ocupação de leitos de UTI exclusivos para Covid no município já está em 63%, e 13% no Hospital Regional. Pois é…  

QUESTÃO DE ORDEM
Entre os servidores da PMU, tem gerado críticas a nomeação de um rapaz de 19 anos, recém-aprovado em vestibular, para ocupar o cargo de chefia do nevrálgico setor de prevenção e combate à corrupção. 

MULHERES EM ALTA
Secretaria de Defesa Social, Trânsito e Transportes passa a contar com a presença feminina maciça. Agora são 4 setores importantes confiados a mulheres. Eliene Silva Oliveira, por exemplo, assume a chefia do Departamento de Transporte Público, enquanto Patrícia Castanheiras Freitas é a nova chefe do setor de transportes especializados. Cleide Soares de Jesus assume a seção de controle e processamento de infrações, enquanto Bianca Michelle acaba de ser nomeada chefe da seção de Policiamento. 

FICA!
Acertada decisão da prefeita Elisa de manter Renê Inácio de Souza na chefia do departamento de Posturas da PMU. Já a superintendência de trânsito e mobilidade urbana acaba de ser confiada a Rodrigo Carmelito. 




Continua depois da publicidade

NOME NOVO
Já para a chefia do Departamento de Empreendedorismo e 1º Emprego da Secretaria de Desenvolvimento Econômico a prefeita nomeou Thiago Árabe Castejon, que é sobrinho do presidente do Sindicomércio, Marcelo Árabe.

DE VOLTA
Competente advogada Fabiana Faquim está de volta aos quadros da Secretaria de Governo. 

APERTANDO O CINTO
Mais duas licitações publicadas no final do governo Paulo Piau acabam de ser suspensas pela prefeita Elisa Araújo. Uma delas visava à contratação de empresa para realização de obras de terraplenagem, drenagem e pavimentação da avenida Niza Marquez Guaritá. A outra, para reforma de galpão no residencial Marajó.

PÉ NO ACELERADOR
Vereador Marcos Jammal entregou ofício nesta sexta-feira à prefeita Elisa, pedindo que ela reveja a decisão de não comprar vacinas contra o coronavírus para a saúde pública em Uberaba. Em entrevista à Rádio JM esta semana, a prefeita afirmou que não vê necessidade de desembolso por parte do município, uma vez que o governo federal enviará as doses para a campanha de vacinação. No entanto, Jammal  ressalta que ainda não há perspectivas de data dessa campanha e, por outro lado, a aquisição das vacinas pelo Município ajudará a imunizar mais rapidamente a população de Uberaba, salvando vidas  e caminhando para a retomada da vida normal na cidade. 

USO EMERGENCIAL
Depois do Butantã, com a coronavac, agora a Fiocruz também pediu o registro emergencial para a vacina de Oxfor contra o coronavírus. Serão 2 milhões de doses produzidas e importadas do laboratório Serum, na Índia, para uso experimental no Brasil. 

E nesta sexta-feira o governador Romeu Zema sancionou a Lei 23.787, pela qual o Estado deverá garantir a toda a população de Minas Gerais o acesso à vacinação contra o Sars-Cov-2, causador da Covid-19. A norma fixa que a vacinação será facultativa e gratuita. Institui, ainda, que o Estado garanta aos mineiros a vacina aprovada pela Agência Nacional de Vigilância (Anvisa). Mas ainda não se sabe qual das vacinas será disponibilizada aos mineiros. 

QUE TANTO!
A edição de quarta-feira do jornal Porta Voz publicou cerca de 20 leis com denominação de logradouros públicos. Dentre os nomes aprovados para batizar ruas, avenidas e similares estão o do Professor Fausto de Vito, dos médicos José Soares Bilharinho e Munir Sallum, e do produtor cultural Aldo Roberto. 

NOVA DIREÇÃO
Associações microrregionais estão sob nova direção. A Amvale passa ao comando do prefeito reeleito de Sacramento, Wesley de Santi, o Baguá (MDB). A Ampla, do Planalto de Araxá, será comandada pelo prefeito de Pratinha, John Wercollis. do PTC. Ampar, do Alto Paranaíba, terá na presidência o prefeito de Carmo do Paranaíba, Doutor César (PR), aliado de primeira hora do deputado federal Aelton Freitas. E a presidência da Amvap, do Vale do Paranaíba, será exercida por Marcel Xexéu (PP), prefeito do Prata.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia