JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 27 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 09/04/2020


DE VOLTA
Para quem já está com saudade, aqui vai uma boa notícia: a partir de terça-feira, a versão impressa do JORNAL DA MANHÃ volta a circular em Uberaba. Suspensa desde o dia 24 de março em decorrência do isolamento social imposto pela pandemia de coronavírus, a edição impressa volta agora com a flexibilização das medidas restritivas impostas pelo Poder Público. Nesse primeiro momento, a versão impressa estará mais enxuta, pois apenas uma parte do quadro de colaboradores foi destacada para voltar ao trabalho, presencialmente, em especial na área técnica. Jornalistas, por sua vez, continuarão trabalhando em home office, para evitar a aglomeração de pessoas na empresa. O atendimento aos assinantes e anunciantes continuará sendo feito exclusivamente por telefone (3331-7900), até que Uberaba esteja livre dos perigos de disseminação da Covid-19. Vamos que vamos porque a vida segue em frente.

MAL INFORMADO
“Não incentivei candidatura alguma. Respeito muito o Rodrigo Mateus. Ele é um grande estrategista político, mas está falando por ouvir dizer que eu incentivei a candidatura do Tony Carlos. Isso não é verdade. A candidatura do Tony é um projeto próprio dele.” Foi o que disse o prefeito Paulo Piau no programa O Pingo do Jota, hoje, rebatendo as declarações do ex-presidente do Procon, Rodrigo Mateus, hoje um dos principais articuladores do PP de Franco Cartafina.



SINAL DE ALERTA
Ainda no programa O Pingo do Jota, Piau negou que tivesse tentado reverter a desfiliação de Tony Carlos logo após o anúncio da ida do ex-deputado para o PTB de J.Jr. “Eu apenas o alertei sobre o passo que ele estava dando. E disse que o MDB continua sendo o maior partido no país e aqui em Uberaba quem manda no MDB somos nós. E nós não vendemos terreno no céu, nem fazemos promessa para ninguém” - disse o prefeito, arrematando que “se tem um partido em Uberaba com musculatura esse partido é o MDB”, dando a entender que Tony Carlos não fez boa troca.

NA PARADA
A propósito, Piau descartou a hipótese de seu aliado político Luiz Guaritá Neto já ter jogado a toalha na disputa pela Prefeitura de Uberaba. Garantiu que Guaritá continua firme como pré-candidato do DEM. A conferir.

NOVA ETAPA
Na avaliação do prefeito Paulo Piau, até o dia 4 de abril cada partido fez o seu dever de casa, com sua autonomia. Mas, de agora em diante começa outra etapa do processo eleitoral, que é a de juntar dos partidos em grupos. “Cada partido vai poder sentar à mesa e defender seu nome junto ao grupo”, ressaltou, emendando que o PP também estará nesse processo.

OLHOS ABERTOS
Nesta segunda-feira entram em vigor as medidas de ajuste do funcionamento do comércio local e a ordem será endurecer o jogo com aqueles que descumprirem as normas de segurança e prevenção à disseminação do coronavírus. Um batalhão de 200 fiscais estará em ação logo cedo, segundo o secretário de Defesa Social, Wellington Cardoso.
Numa primeira etapa, quem descumprir as normas será multado, em valores que chegam a até R$ 2.850, aproximadamente. Na reincidência, a empresa será fechada. “E não teremos pressa alguma para examinar os recursos” - advertiu Wellington. Isso significa que uma vez fechada, a empresa poderá ficar meses sem autorização para voltar a funcionar.
Por isso, todo cuidado é pouco!


FIQUE EM CASA
Ainda não está totalmente claro como será a fiscalização para tirar os idosos da rua. O prefeito diz que vai exigir que os idosos fiquem em casa, mas admite que eles poderão continuar saindo para uma caminhada (“sem mãos dadas com a esposa, nem em grupo”) ou para uma emergência. “Idoso não pode ficar em praça, nem no Calçadão, batendo papo. É para ficar em casa”. Piau avisa que os desobedientes serão advertidos e, no caso de teimosia, serão recolhidos e levados para suas respectivas casas. O problema é a reincidência reiterada…

SEM BOLHA
A ideia de criação de “bolhas sociais” para abrigar idosos em Uberaba foi pro lixo. Aleluia! Aliás, nem deveria ter sido cogitada pelo secretário de Saúde, Iraci Neto, como medida de “proteção” ao principal grupo de risco do coronavírus. As tais bolhas, para quem não se recorda, previam a criação de asilos temporários para isolamento social exclusivo dos idosos e seus respectivos cuidadores por 30 ou mais dias, possibilitando que os familiares mais jovens voltassem ao trabalho. Diante da reação desfavorável da população, que comparou as bolhas a campos de concentração nazistas, esse projeto foi sepultado.
Que não ressuscite!

VAI MAL
Esse coronavírus está mexendo com os neurônios dos nossos governantes. Do Presidente da República, limpando o nariz no braço para em seguida apertar a mão de um cidadão em público, à declaração estapafúrdia do governador Romeu Zema, que quer que o vírus “viaje” pelo Estado para dar uma trégua a Belo Horizonte, tem aparecido de tudo. Ai Jesus!

ESTRATÉGIA ERRADA
Por falar no governador Romeu Zema, o prefeito Paulo Piau tem criticado abertamente as besteiras que o Estado está fazendo na condução do enfrentamento à pandemia. O secretário de Saúde, idem. Segundo Iraci Neto, o governo de Minas está disponibilizando EPIs para cidades onde não há necessidade de reforço, como Patos de Minas, e deixando na mão cidades como Uberaba, Uberlândia, Montes Claros e outras, onde os casos da Covid-19 são mais numerosos.
Uberlândia, por exemplo, já bateu a marca de 64 casos confirmados de coronavírus, com registro de 3 óbitos.

DE CASA NÃO!
Funcionários de indústria instalada no DI-1 estão na bronca, pois foram proibidos de levar almoço de casa nesses tempos de pandemia. São obrigados a consumir no restaurante próprio da indústria, enfrentando fila e o rodízio de turno para almoço. Empresa alega que a medida visa a segurança dos seus colaboradores, mas a “rádio peão” garante que a proibição decorre de reclamação feita por empresa que explora o restaurante, pois estaria temendo prejuízo.


NA FOGUEIRA
Prefeito da vizinha Sacramento, Wesley de Santi, o Baguá (foto), foi destaque hoje no jornal O Globo, na coluna do jornalista Ascânio Seleme. Mas por um motivo nada favorável. Segundo o colunista, o prefeito Baguá declarou ao Imposto de Renda crescimento patrimonial de 350% entre os dois mandatos que exerceu. “Detalhe que passou despercebido até a chegada na cidade de Antônio Ribeiro, ex-correspondente da “Veja” em Paris, e ex-editor de fotografia de O Globo. Ribeiro foi passar um ano sabático na cidade em que nasceu e se deparou com o que ele chamou de ‘um mar de irregularidades’, como a compra de gasolina em quantidade tão grande que nem com a frota da prefeitura rodando 24 horas por dia seria possível consumir tudo. O jornalista, que publica o que descobre no Sacramento Notícias, um jornal digital local, já recebeu três ameaças de morte e as denunciou ao Ministério Público”. O caso também vai parar no programa “Fantástico”, da Rede Globo.
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia