JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 13 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 04/08/2022



Na coluna desta quinta, saudamos o famoso Celso Lobeira!

TOQUE DE PRIMEIRA

Quem lembra do Celso Luciano Ferreira Coelho, o famoso Celso Lobeira? Embora radicado nos Bairros Santa Marta e Mercês, ele nasceu no Bairro Estados Unidos, seus pais moravam na rua João Prata. Filho de Zonimo Ferreira (Seu Nenê) e Julia Bernardes. É irmão da Lúcia, Marcos e Julia. Começou seus estudos no Grupo Escolar Dom Eduardo, depois Frei Leopoldo; o ginasial foi no Cristo Rei, depois Senac e o segundo grau foi no Colégio São Judas Tadeu, e por lá foi professor de matemática. Como Engenheiro Civil andou por 17 estados. Sua primeira obra foi o prédio do Clube Sírio Libanês; a última foi a duplicação da estrada de Ferro dos Carajás em Manaus. No futebol, quase todo o tempo foi no amador. No profissional, teve uma rápida passagem pelo Independente e jogou apenas 15 minutos contra o Uberaba SC, no Uberabão, e perdeu por 3 a 1. No futebol amador, a história começou em 1967 no time Infantil do USC, o treinador era o Irani, filho do “seo” Amargoso. Em 1968, jogou para a Merceana e foi campeão, e o gol do título foi dele; a decisão foi contra o Nacional. Celso diz – “Foi o gol mais importante”. Agora, o gol mais bonito foi no jogo das faixas no antigo estádio da Merceana “Nubor Facure”, e foi na cobrança de falta (tipo Zico, kkk). Este jogo foi contra o Botafogo de Ribeirão de Preto. A torcida vibrou como nunca. Em 1970, recebendo um convite do saudoso Pedro Walter Barbosa Celso voltou ao Uberaba SC, agora como Júnior, e teve o maior prazer de jogar ao lado das feras: Toinzinho, Saraiva, Luiz Fernando, Banga, Fabinho, Marinho, Dilencar e outros cobras. Celso foi claro: “Como não conseguia conciliar escola e trabalho com o futebol, por sugestão do meu pai, optei pela escola e trabalho”, completou. Mesmo assim, Celso Lobeira jogou pelo amador do Santa Marta, clube do bairro que foi criado. E em 1984, foi campeão e artilheiro do campeonato. Celso aponta Zico como seu maior ídolo, o craque foi Tostão, mas não esquece do craque Toinzinho. Ele fala que time chato e complicado de enfrentar era o time do MIUSA, que tinha uma zaga de dar medo: Merro, Martim, Calitão e Ivaldo. “Derrubavam até helicóptero”. Quanto a “Maria Chuteira”, ele dava seus bicudinhos... Ele acredita que o futebol do passado era jogado com mais amor; hoje é colocado dinheiro em primeiro lugar. Celso ainda fala que: - “E por falar em hoje, o velho professor, o velho Engenheiro e o velho boleiro se aposentou e virou um cuidador de suas paixões: meus netos, Helena, Guilherme, Arthur, Giovanna, Pedro. Estevão e Bruno”, falou com amor. Na verdade, é um verdadeiro time de netos. Celso Luciano Ferreira Coelho, o Celso Lobeira, é aposentado, desquitado e pai de Julia, Claudia, Luciano e Frederico. De uma maneira ou de outra, Celso fez e escreveu sua história com muito amor e trabalho, fez aquilo que gostava de fazer e sempre esteve ao lado do pai Zonimo Ferreira o “seo” Nenê, que foi outro que fez muito pelo futebol amador da cidade, inclusive o estádio do Santa Marta, leva o seu nome. Sem dúvida, uma grande homenagem. Recordar é viver, como é bom falar sobre você.

Com o time do Santa Marta

Com o pai (seo Nenê)

Com o bom time da Merceana

Com a família

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WhatsApp 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 km. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS
Coisas do mundo da bola:
--- Para o Gabigol voltar a acertar e marcar gols, a diretoria do Flamengo contratou um sapateiro.
--- Como assim, um sapateiro?
--- Isso mesmo. É para colocar o pé do rapaz na FORMA...

A situação está ficando cada vez mais difícil, tem muita gente por aí fazendo despacho com caldo de galinha...

Ao sair de casa o Karrapixo chama sua namorada e fala:
--- Amor, se alguém telefonar, você diga que estarei de volta às 17h.
--- E se ninguém telefonar, o que eu digo...?

Neto esperto:
--- Vovô! O senhor tem dentes?
--- Tenho não, meu netinho.
--- Então vou deixar essas nozes com o senhor até eu voltar da escola, tá!

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA




Continua depois da publicidade


As partidas de terça-feira fizeram bem aos torcedores de Goiânia, isso através da vitória do Atlético-GO para cima do Nacional do Uruguai, que traz para a terra do pequi a vantagem de jogar pelo empate. Luizito Suárez vai ter que jogar muita bola. É ver crer.

Agora, jogo de alta qualidade foi entre Corinthians e Flamengo disputado na Arena Neo Química em Itaquera. Bola de pé em pé e com jogadas de alto nível. Isso mexe com o ego do torcedor. Nessa o Flamengo levou a melhor conquistando a vantagem de dois gols. Na volta pode até perder por um gol de diferença.

Ontem a bola rolou nos torneios importantes, é o tal de “mata-mata”, que deixa o torcedor com o coração na garganta. São Paulo x Ceará, certeza que este jogo mexeu com as duas torcidas, principalmente a do Tricolor Paulista. Mas, no Ceará, tem disso não.

Por outro lado, o Internacional viaja para encarar o Melgar. Acredito, pelo que anda jogando, o Inter vai passar por cima. É jogo de ida. O São Paulo joga em casa. São jogos pela Sul-Americana. O Atlético-PR espera ter sucesso diante do Estudiantes. É hoje.

Vélez e Talleres brigaram por lá. A partida de ontem, no Mineirão, foi das mais sensacionais. O Atlético motivado com a volta do Cuca, mas ainda precisando encontrar a boa fase encarou a intensidade do Palmeiras. Espero que tenha sido um jogão de bola.

O futebol brasileiro vem crescendo muito. Só perde para os grandes da Europa pelo fato deles serem táticos e ter um preparo físico superior. Mas na classe, técnica, os brasileiros e Sul Americanos são mais jogadores. Ainda vamos chegar lá... Depois.

Até o dia de hoje, o Nacional espera inscrever os jogadores que, pelo menos, vão para o primeiro jogo contra o Serranense. Os atletas vindos de fora podem entrar nessa. Gabriel e Caio Bala chamam a atenção dos torcedores. Esta tarde o treino é no Uberabão.

Fico olhando Rodney jogar com vontade, alegria e sempre buscando o melhor para seu time. Depois vem diretores e falam que não vai renovar seu contrato e contratam um gringo. Acho que é preciso aprender a dar valor ao material que têm em casa. Poxa!

Mesmo com a chegada do goleiro Cássio, o Nacional espera por outro goleiro que esteve atuando no módulo II do Mineiro. Falam ainda, que mais três atletas que estavam em evidências no Mineiro, devem chegar amanhã, ou no mais tardar domingo no JK.

Além da decisão do Campeonato de Juniores marcado para este sábado entre Fabrício e Vila Nova, tem a estreia do meu Independente no amador, onde encara a Merceana, domingo, às 10h no estádio “Antônio Dal Sechi”. Vou lá torcer e conhecer meu time.

Dependendo da situação, acredito que o Nacional vai escalar pelo menos 90% da molecada para encarar a Serranense, que diga se de passagem é uma equipe montada com jovens valores. Não importa a idade, o negócio é saber jogar o bom futebol. TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatsapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.
 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar