JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 13 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 28/07/2022



Craque, Massilon veio de Coromandel para brilhar no USC e no Nacional

TOQUE DE PRIMEIRA

Hoje, a coluna fala sobre aquele volante que com seu futebol simples conquistou as torcidas do Uberaba SC e do Nacional. O moço que veio de Coromandel sabia jogar, pois se posicionava bem, marcava e tinha bom passe, às vezes, ou raramente, fazia um golzinho, como também já fez um golaço que levantou a torcida no Uberabão. Este moço é Massilon Eustáquio da Silveira, que nasceu em 28 de abril de 1955 em Coromandel. Seus pais, João Cristiano da Silveira e Lazara Maria da Silveira (falecida), criaram o filhão como um craque. Massilon começou a jogar no infantil de um time chamado Maracanã da cidade de Coromandel e seu primeiro treinador foi Almir. Agora, ele aponta como seu melhor técnico o Hilton Chaves, aquele jogou no Cruzeiro, isso quando jogava pelo USC no Campeonato Brasileiro de 1976. Ele admirava o futebol do lateral Jairo, que atuava pelo Nacional e diz que ele jogava bonito e batia fácil com a perna esquerda. Atualmente, ele é fã do meio campo Arrascaeta do Flamengo. Perguntado quem foi o melhor jogador com quem jogou com ele, a resposta foi na hora: - “Paulo Luciano no Uberaba SC e Enéas no Nacional”. E fala que um time chato e difícil para enfrentar era o Cruzeiro. Sua emoção em campo foi a de enfrentar o Vasco da Gama com Leão, Roberto Dinamite e cia. e o jogo das faixas de campeão da segunda divisão do mineiro pelo Nacional. Um dia ruim e dolorido na sua carreira foi quando quebrou o tornozelo. Encheu o peito e disse que o melhor time que jogou foi o Nacional FC. Mesmo jogando futebol profissional, ele conseguiu estudar e se formar em Educação Física. Ele diz que um golaço que marcou foi contra o Londrina, isso pelo Campeonato Brasileiro/76 – “Foi balaço do meio da rua”, disse. Fala ainda que um gol importante foi contra o Vila Nova-GO. Acredita que a vaidade prejudica muito, principalmente quando o sucesso sobe à cabeça. Aponta o Nacional FC como seu time do coração. Um fato que o impressionou no futebol foi um gol que o Nacional levou do time de Muriaé: a bola entrou por fora da rede e o árbitro, bem-intencionado, apontou para o meio campo. “Foi inacreditável”! Massilon nunca se espelhou em nenhum jogador: “Sempre tive identidade própria: muita raça”, concluiu. Outro fato que marcou sua carreira foi quando seu time foi treinar em uma fazenda, o campo era marcado com grãos de milho e muitas vezes tinha que atropelar um porco, galinhas ou até mesmo ter de chutar alguns pássaros. Diz ainda que o futebol de antigamente era mais lento e produtivo e jogado com muita classe. O jogador de hoje depende muito da preparação física. Sobre “Maria Chuteira” disse que sempre teve e cada vez aumenta mais. Nos anos 60/70/80 eram apaixonadas pelo clube. Hoje, podem até torcer, mas o dinheiro vem em primeiro lugar. Massilon aponta Zico como o melhor de todos, mas sua paixão é a família. Massilon disse que “na adolescência viveu em Coromandel, sempre batendo uma bolinha e chegou a ser presidente do Coromandel EC, isso aos 19 anos e foi o primeiro campeão do ‘Tubal Vilela’, que era chamado de TV Triângulo. Começou a cursar Engenharia Civil, deixou e passou para Educação Física”, completou. Massilon é aposentado como professor de Educação Física, leva uma vida tranquila com a esposa, Maria de Fátima, e com os filhos: Paula Rogério, casada com Henrique Morgam, residentes em Barcelona, Espanha, e Naiara Rogério casada com Rafael Oliveira e residem em Uberaba. Para não ficar parado, ainda pratica pilates e natação. Na verdade, Massilon, que procura sempre estar junto a família, não quer ficar longe do esporte. Essa é uma pequena história do moço que veio de Coromandel para brilhar em Uberaba. Recordar é viver, como é bom lembrar de você.

Com a camisa do Nacional

Com a familia

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WhatsApp 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 km. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Segundo observação do Makarrão, a insegurança chegou a tal ponto, que para ser assaltado, você precisa marcar com antecedência...

Especialistas do sexo:
O inglês: Quando fazemos amor, minha mulher grita tão alto que minha sogra que mora no andar de baixo escuta.
O alemão: Isso não é nada, a minha mulher grita tão alto que minha sogra mora na casa ao lado escuta tudo.
Aí vem meu amigo Antônio Português: Ora, isso não é nada! Minha mulher grita tão alto, tão alto, que ouço aqui da padaria...

Um pugilista reclama:




Continua depois da publicidade


--- É muito grande a distância entre o vestiário e o ringue?
--- O que tem isso? Você vai voltar do ringue carregado...

O Karrapixo vai ao consultório e o médico fala:
--- Que ótimo, hoje o senhor está tossindo bem melhor!
--- Pudera, eu treinei a noite toda...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

A vitória da Seleção Brasileira de Futebol Feminino sobre o Paraguai por 2 a 0, gols de Ari Borges e Bia Zaneratto, levou as brasileiras para jogar a final da Copa América contra a Colômbia, sábado (30), às 21h, horário de Brasília, em Bucaramanga.

A Seleção chegou até a final de forma invicta. Em cinco partidas, marcou 19 gols e não tomou nenhum. A equipe treinada por Pia Sundhage, atravessa boa fase, agora vai buscar mais um título da competição. A treinadora ainda acha que falta algo mais.

Além de ter chegado à final da Copa, a vitória sobre o Paraguai classificou a seleção para a Copa do Mundo do próximo ano e além do mais chegou às Olimpíadas em 2024. Onde, talvez a craque Marta se recupere e possa encarar pelo menos o Mundial na França.

Atlético, o Dragão de Goiânia jogou para surpreender o Corinthians em partida realizada na noite de ontem. A coluna não sabe como foi o resultado, mas acredita que foi um jogo bastante disputado. A vantagem do Corinthians é a de ter uma equipe forte e entrosada.

Da mesma forma, o Maracanã foi palco do duelo entre Flamengo e Atlético do Paraná. É o tipo de jogo que não se pode apontar um favorito. O Furacão sempre joga bem contra o Flamengo. Portanto, penso que a partida foi daquelas de maior emoção.

Ainda sobre as quartas de final da Copa do Brasil, hoje o Fortaleza vai passar apertado para parar a máquina Tricolor. Mesmo o jogo sendo no Castelão, encarar o Fluminense não é nada fácil. O time treinado pelo Fernando Diniz é muito forte.

No Morumbi, acredito no favoritismo do São Paulo contra o América Mineiro. Rogério Ceni descobriu a fórmula do seu time para jogar. Por outro lado, o América de Mancini é ajustado, mas precisa de algo mais para encarar o São Paulo fora de casa.

Eu e a torcida do Uberaba SC gostaríamos de saber qual é a data da eleição da diretoria executiva do clube. Ao que parece, depois do rebaixamento, o silêncio tomou conta do clube. Nenhuma atividade, nem mesmo na base movimenta o CT Colorado.

O Flamengo corre atrás de reforços, agora, quem entrou na pauta é o volante Pulgar, da Fiorentina. Por outro lado, as saídas do zagueiro Gustavo Henrique e do atacante Vitinho são certas. Gustavo já foi embora. Esta semana é a vez do atacante deixar o clube.

No dia primeiro de agosto, o Nacional completa 78 anos de fundação. A festa que promete ser bem concorrida é no sábado dia 30 de julho, a partir das 11h no “JK” Com adesão custando R$100, o prato principal é a costela de chão. Vai ter aquele som.

Tudo certo com o goleiro Cassio e com Rafinha Borges que estavam no Tupi e mais Jonathan, o Nacional espera contratar mais três jogadores que estão em atividade no modulo II. O time fez, ontem, no Uberabão, jogo treino contra um combinado de Conceição das Alagoas. Lucio Vaz observou alguns atletas do adversário. TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatzapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.

 


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar