JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 19 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 30/06/2022



Como treinador ou como jogador, Galinho brilhou por onde passou

TOQUE DE PRIMEIRA

Filho de um pai bastante conhecido e com o mesmo apelido, vamos falar sobre o ex-craque de bola Paulo Roberto da Silva, o famoso Galinho, que nasceu em 23 de abril de 1960, está na pauta da coluna de hoje. Filho de Dalvo Rodrigues Rossi, Galinho e Elza da Silva Rodrigues. Galinho filho, foi dono de uma habilidade incomum, começou a jogar no campinho em frente a sua casa e na av. Santos Dumont, era tudo mato, sempre aproveitava um campinho de grama atrás do “Boulanger Pucci”, de frente ao “Sabia”. Com isso, a molecada montou um time, as camisas foram feitas pela sua mãe que usou pano de saco de açúcar de linho branco e com tinta Guarani pintou as camisas de verde e já conquistaram um título em torneio no Uirapuru. O treinador era o sr. Luiz Cesário (Luizão). Mesmo sendo um dos fundadores do time, Galinho era tão fominha que atuava por outros times: - “Bastava me chamar que eu ia na hora”. – Afirmou. Paulo Galinho estudou no grupo Minas Gerais, ali na praça Frei Eugênio e no Ginásio no Colégio Diocesano – “Melhor escola que frequentei e passei os melhores momentos da minha vida. Jogando bola, fazendo amigos e conquistando títulos intercolegiais. Depois fui estudar no Colégio José Ferreira, onde conheci o William Kepler; na sequência fui para o Colégio São Judas Tadeu, onde fui campeão com Anselmo, jogador profissional do USC e com o Sergio Cherim. Fui para FISTA. Quando cursava Ciências Exatas conheci a minha querida esposa Eva Lucia de quem sou eterno admirador. No dia 7 de julho vamos completar 38 anos de casados. Tivemos três filhos: o primeiro Derek, perdemos com quatro meses de idade, Paula Lúcia e Maria Mara”, concluiu. Na FISTA Galinho foi campeão Universitário juntamente com Lúcio Vaz. A final foi contra a Economia que tinha bons jogadores como: Amadeu; Reuter, Ruiter, Aender e Tônico. A medalha, Galinho guarda com o maior carinho. No futebol de grama, Galinho jogou pelo Nacional, sob o comando de Jairão. Depois veio Francisco Prata Decina (Chiquito). Outros técnicos que treinaram Paulo foram o sr. Pedro do São Judas, João da Gunga, Washington Madeira e Domingos Barone. Ainda no mundo da bola e dos estudos, Galinho foi trabalhar no Bradesco. Depois de sete anos foi convidado pelo Cairo que foi atleta do Sodima para trabalhar na Agip Liquigás para ganhar o dobro. Por lá trabalhou sete anos e meio. Depois montou uma mercearia e aguentou o tranco por vinte anos. Galinho foi jogador de Futsal. No interior de São Paulo, defendeu várias equipes. Foi uma época em que em Uberaba tinha grandes times, sem falar no UTC, Jockey, Sírio; e os ginásios ficavam sempre cheios. Nessa o Galinho foi tricampeão da Copa Uberaba e tri campeão da Copa do Triangulo e bicampeão do interior de Mineiro. Na verdade, Paulo Galinho foi um verdadeiro colecionador de títulos. No momento tem um projeto juntamente com o presidente do Nacional Mário Hueb e Paulo Prata para revelar jogadores para o Nacional. “Entre treinadores, tive vários: Fernandão, Nilo Teles, Messias Salemo, Washington, Fatureto e Bianchi, Plinio Campos, e outros. Fiz curso de árbitro. E com grandes nomes fiz curso de técnico com Luxemburgo, Parreira e Mario Travaglini. Outro curso no Parque Antártica com Murici Ramalho, fiz outro curso no qual participou amigos de Uberaba: Professor Aluísio e Erick Moura. Em 1995, fui o melhor jogador de Futsal, recebendo o diploma das mãos do jornalista Moura Miranda. Como treinador fui o melhor de 2000 a 2004. Agradeço as homenagens destacando Itamar Ribeiro e Fabiano Hueb. Até hoje bato aquela bolinha com os amigos e depois tomar aquela cervejinha” – completou. O Galinho gostava de ver o craque Leivinha jogar futebol e aponta Toinzinho como o melhor jogador de campo. Já no salão, fala que Paulo Luciano foi o melhor. Melhor presidente de clube Pedro Tadeu Capucci. Melhor treinador amador João Branco. Melhor “racha” é na Chácara do Beto Nobrega. Sua melhor partida foi um empate em um texto, defendendo a Seleção de Uberaba com Vandinho, Paulo Luciano e Toinzinho e fez o gol. Futebol é amizade e alegria. Hoje Paulo Galinho vive em propriedade rural com a esposa Eva Lucia Borges Martins Rodrigues, tem os filhos Paula Lúcia e Marina Mara, o Genro Fábio Atanásio Vizioli e curte os netos Helena e Augusto. Recordar é viver, como é bom falar de você. É apenas um pedaço da história de Paulo Roberto, o Galinho. Pessoa querida por todos.


Infantil de Futsal

Futebol, na grama ele também foi craque

Timaço que dava gosto de ver jogar

Coleção de troféus e medalhas

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WhatsApp 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 km. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Segundo o repórter Karrapixo, muitos clubes vão tentar um novo acordo com o INSS. Proporção: eles entram com as dívidas e o INSS com o perdão...

Outra do Karrapixo:
--- Tem muitos times do interior do país que no elenco tem dois grupos de jogadores/pescadores: Um de traíra e outro de cabeça de bagre...

Aquele treinador ignorante pediu ao seu vigoroso zagueiro:
--- Quando o atacante entrar na área, você mata a jogada.
E foi no primeiro lance, que o becão pulou no pescoço do cara: depois dessa, nunca mais tiveram notícias do atacante. O zagueiro continua preso...

No calçadão o David Augusto aborda uma moça:
--- Puxa, como vocês estão linda!
--- Pena que não posso dizer o mesmo para o senhor!
--- Ora, faça como eu, minta.

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

Olha só o meio campo do Sênior do Beira Rio: Carlos Henrique, Zé Maria, Baiano e Rodrigo Bahia. Alta qualidade que pode fazer a diferença. Mas as outras equipes também têm bons jogadores, com isso, o campeonato pode ter um nível elevado.




Continua depois da publicidade


O Curso de Formação para Árbitros de Futebol de Campo programado para o início de julho está recebendo muitas inscrições que se encerram hoje. FETI, PMU, Funel e Liga Uberabense de Futebol estão na parceria. Quem gosta de apito eis a oportunidade

Djavan e sua equipe estão correndo para conseguir montar um time qualificado para jogar o Regional sub 20. A concorrência pesa com o amador da cidade, que oferece alguns "níques" para os atletas, que não sabem que o sub 20 é o espelho na profissão.

Rodadas e decisões que vão acontecer no sábado e domingo, o favoritismo fica à margem. No Máster “B”, Sete Colinas venceu o Corinthians por 2 a 1, placar que pode ser igualado ou ultrapassado, como também, o Sete Colinas pode garantir o resultado.

Muita gente não sabe e outras não lembram: Silvio Bernardes que começou a jogar no Uberaba SC já foi artilheiro do Campeonato Mineiro. Pois bem Silvio, atuando pelo América Mineiro marcou 17 gols no campeonato/97. O segundo ficou cinco gols atrás.

Achei que o Atlético Mineiro não jogou aquela bola toda. Ficar no empate em um tento com o Emelec foi pouco, isso pelo time que o Galo tem. Sem falar no pênalti perdido pelo atacante Hulk. Foi muito estranho o futebol apresentado pelo time do Turco.

Corinthians também perdeu pênalti e ficou no empate, a volta vai estar bem complicada. O Internacional foi outro que não se deu bem. Perdeu o jogo para o Colo Colo por 2 a 0. Acho que mesmo no Beira Rio vai ser difícil tirar essa vantagem.

Pelo Brasileirão da Série B, o Bahia venceu e garantiu a terceira colocação. O Grêmio foi outro que entrou no G4. O Cruzeiro venceu o Sport Recife e continua mais líder do que nunca. Ontem, o Vasco da Gama enfrentou o Novorizontino. Jogo duro.

Ontem teve o Palmeira visitando o Cerro Portenho e acredito, isso pelo potencial que tem venceu o duelo. Como, também, o Flamengo, embora desfalcado passou por dificuldades para enfrentar o Tolima. Já o Fortaleza encarou o Estudiantes. Só parada.

Dois brasileiros estiveram em ação, isso pela Sul-Americana: Santos jogou contra o Deportivo Táchira, partida em que o Peixe deve ficar esperto para não morder o anzol. E o The Strongest recebeu o Ceará. Partidas de ida. Os brasileiros vão decidir em casa.

Se der muita corda é perigoso arrebentar. A Fifa diz que a Seleção de Futebol do Brasil é a melhor de 2022. Posso até acreditar que é uma seleção de valor, pois tem bons jogadores, agora é perigoso apontar os números e a bola ficar cheia. É testar. TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatsapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar