JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 24 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 26/04/2022



Na coluna de hoje, vamos falar de um jogador tão majestoso quanto seu nome: Universo Miguel Julião

TOQUE DE PRIMEIRA

O bairro Mercês, através da Merceana sempre revelou bons jogadores. Um deles é o Universo Miguel Julião, que nasceu em 25 de junho de 1954, filho de Belarmino Miguel Julião e Julia de Jesus, e com alguns irmãos bons de bola, foi uma família de boleiros. Seu início foi com o técnico Paulo Mocho, que comandava a base da Merceana. Ele admirava os craques da época como Tostão, Rivelino, Pelé, Jairzinho, enfim muitos craques, inclusive os daqui na terrinha como Tinoco, Jackson, Valtinho Gulart, Carlos Alberto, Toinzinho, Paulo Luciano e outros craques que faziam a diferença. Atualmente admira o futebol do volante Casemiro do Real Madrid. Cita Marquinhos Cavalão e Paulo Luciano como os melhores que jogaram com ele. Um adversário difícil de marcar foi o Joãozinho, ponta esquerda do Cruzeiro. Antes de ser profissional, aponta o Juvenil do Nacional como o melhor time que jogou: Ernani, Marquinhos, Zandonaide, Abdala, Sete, Eduardo, Rubão, João Eduardo, Luiz Manoel e outros “moleques” bons de bola. Em 1973/74, jogou no time profissional do Nacional. Se não tivesse seguido a carreira de atleta profissional, pensava em ser jornalista, pois considera uma profissão que detalha e influencia várias situações. Mesmo jogando na lateral, fez um gol importante contra o Frutal, isso jogando pelo USC, que possibilitou o Colorado a jogar a semifinal da Taça Minas contra o Cruzeiro e a disputar o Brasileiro daquele ano. Concorda plenamente que a vaidade prejudica em todos os setores: “Este caminho eu não segui. Tive ótimas orientações com Newton Prata e João Hercos Filho” - completou. Fala que o Nacional é o seu time do coração, na sua época a direção tratava os atletas e funcionários com o maior carinho. Sempre se espelhou nos laterais Tio Quincas e Wanderlei Cuspida. Um fato incrível no futebol foi o crescimento financeiro e a valorização grande dos jogadores. Entre o futebol do passado e o presente, acredita que hoje faltam craques. Sobre “Maria Chuteira”, sempre existiu, os bons momentos eram vividos. Seu maior ídolo no futebol é o Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé. Mas aponta seus pais como símbolo maior. Pobres, mãe analfabeta, mas mágica no saber da vida. Uma grande emoção no mundo da bola foi quando substituiu o zagueiro Modesto, isso em partida contra o Cruzeiro no Uberabão lotado. – “Joguei bem e ainda troquei de camisa com o Jairzinho. Minha irmã guarda até hoje”. Um dia ruim na bola foi a discussão com Éder Aleixo, em partida contra o América. Na verdade, Universo parou o Éder na bola e na educação. A adolescência do Universo foi de muito trabalho, estudo e responsabilidade. Começou a enfrentar a vida com 7 anos de idade: foi sacristão na cidade do Prata, trabalhou no Café JB, lojas Flamengo no Correio Católico onde conheceu pessoas fantásticas como Jorge Zaidan, Paulo Silva, Valtinho Pinti, Djalma, Jair Fossa e outras pessoas incríveis. E foi nesse período que começou no Juvenil do Naça. Momento que passou a estudar até chegar à faculdade. Conciliando, futebol e estudos, acabou chegando lá. Mas teve colaboração dos colegas, principalmente com matérias atrasadas. Quando foi jogar no USC as coisas se complicaram: o time no Brasileirão, viagens e treinos atrapalharam a sequência nos estudos. Não teve outra opção: Faculdade. Universo também jogou Futsal no São Benedito com Washington Madeira. Encerra dizendo que tem dois filhos com vidas independentes, todos morando em São Paulo. Vive com a esposa Sueli Nunes Julião, também aposentada. O filho é funcionário de uma multinacional. A filha é dentista, que está sempre recebendo a cobertura do pai. Não esquece de dizer que tem três irmãos em Uberaba: Coutinho, Magda e o advogado Valdir (Coité). Além dos sobrinhos e do cunhado, Diron. Na verdade, Universo e esposa vivem tranquilos em São Paulo, mas sempre vem matar a saudade com seus familiares. Este escreveu bem sua história. Não faltou luta e a busca por dias melhores. Vencedor.

Trabalhando no Correio Catolico.

Com o time do Nacional.

Com a mãe Francisca e o irmão Sebastião Julião.

Discurso de agradecimento pela homenagem de Dentista do ano de 2013 em São Bernardo do Campo.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. WhatsApp 9.9918-0717 Visite nosso showroom e realize seu sonho de ter uma moto 0 km. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Não sabia que o amigo botafoguense Jesus Paulo gostava de pequi, mas, na verdade, essa fruta com FRANGO ao molho deu um sabor todo especial no empate do Botafogo. Ficou assim: o Atlético Goianiense entrou com o pequi, o Botafogo com o frango.

O jogador Arrascaeta do Flamengo fez algumas jogadas tão estranhas, que a gente tinha a impressão de que o meio-campista rubro-negro tentava fazer tabelinhas com o anjo da guarda dele.

Um treinador, depois de uma terrível derrota gaguejava uma explicação para os repórteres:

--- Na verdade, no primeiro tempo fomos mal e o adversário nos dominou. No segundo tempo, voltamos a jogar mal e o adversário voltou a nos dominar. Como não houve terceiro tempo, não tivemos uma oportunidade para virar o jogo.

Segundo pesquisa do repórter nota 10, Karrapixo, muitos jogadores usam os cabelos compridos para dar a impressão de que sua cabeça cria alguma coisa...

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 39 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.




Continua depois da publicidade



BOLA DE MEIA

Os jogos promovidos pela LUF nos finais de semana vêm agradando e matando aquela saudade do público. Como isso, os ambulantes começam a dar vida aos seus negócios. Máster “B”, está bom; Infantil tem bons times e o Amador “B” bem disputado.

Ontem, na sede da Liga Uberabense de Futebol aconteceu o Conselho Técnico do Amador da Primeira Divisão. A reunião foi bastante concorrida. É um certame que promete bons jogos e todos de nível superior. Parece que 20 clubes estão nessa.

O Regional Sub 23 continua com bons jogos e com equipes se reforçando para ficar entre os quatro primeiros colocados para a segunda fase. Ainda faltam três rodadas e muita água para passar debaixo da ponte. Trianon, Ibiá e 13 de Maio estão na pior.

Na rodada do final de semana, o Nacional, foi até Uberlândia e ficou no empate com o XV Uber. O placar ficou em branco. E no “Glayer Leite”, o líder Uberaba SC venceu mais uma. A vitória por 3 a 0 diante do Ibiá teve dois gols do De Lucca.

Na rodada do Brasileirão a coisa não andou bem pelo lado dos cariocas. O Flamengo perdeu para o Athletico; o Fluminense foi derrotado pelo Internacional. E com frango, pequi e tudo mais, o Botafogo ficou no empate com o Atlético-GO. Menos ruim.

Entre os paulistas, Bragantino e São Paulo ficaram iguais, Palmeiras bateu no Corinthians, o Santos chegou à “madeira” no América-MG. Nas Minas Gerais, o Galo por pouco não se complicou de vez no jogo contra o Coritiba. Igor Paixão fez a festa.

Esta noite tem Série B do Brasileiro. O Cruzeiro vai estar em campo e vai encarar o Londrina. Amanhã o Grêmio encara o Operário no Paraná e o Vasco da Gama recebe a Ponte Preta. São jogos de importância, principalmente no que se fala em reabilitação.

Pela Sul-Americana os brasileiros Fluminense contra o Unión Santa Fé; e o Internacional visitando Independiente Medellín e com o Ceará encarando General Caballero marca a participação do trio brasileiro no difícil e complicado torneio.

Na Libertadores, o Bragantino vai visitar o Estudiantes, o Atlético-PR joga contra o Libertad. Na Arena Neo Química, o Corinthians pressionado bate de frente com o Boca Juniors. Já o Galão da massa vai pra cima do Independiente Del Valle. Bons jogos.

Tupynambás x Boa Esporte; Betim x Democrata-SL, Coimbra x Nacional de Muriaé, Aimorés x União Luziense, Ipatinga recebendo Tupi, são os jogos da primeira rodada do Mineiro do módulo II. É a largada do certame que pode ser o mais difícil de todos.

Lucão, Janiel (Usiel), Marquinho, Davy e Samuel; Marcio Adriano, João Paulo e Andrey; Clemente, Matheus e Natan pode ser o time do USC que começa a partida de amanhã, às 19h em Varginha. Opções de Marcelo Junior, Welerson e Patrick estão na pauta. TRAVA.

TA CONFECÇÕES 25 anos de sucesso no mercado Brasileiro. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050 – Whatzapp 9.8857-2440. Toda ocasião é especial com TA Confecções. Venha ser feliz. Atendimento classe “A”. Faça-nos uma visita.

 


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia