JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 05 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 04/11/2021


Continua depois da publicidade


Homenagem ao campeão da Taça Minas Gerais com o Uberaba SC, José Arlem Correa

TOQUE DE PRIMEIRA

O homenageado da coluna foi campeão da Taça Minas Gerais com o Uberaba SC. Lembram dele. José Arlem Corrêa, nascido em 18 de março de 1991, na cidade de Bambuí-MG. É divorciado e tem dois filhos: Lisy Pereira e Enzo Gabriel. Foi um bom goleiro, mas no início da carreira tentou ser jogador de linha, mas devido a um reumatismo, ficou impossibilitado de correr, não teve outra saída: foi ser goleiro. Etinho no time da AEB foi seu primeiro treinador, mas Mauro Fernandes foi o melhor, pois deu uma melhor condição a sua carreira. Arlem é fã do goleiro Fábio do Cruzeiro e tem em Guilherme, ex-Atlético-MG como destaque na época em que jogava. Atuando pelo Araxá, em partida contra a Caldense, isso pela Taça Minas, em partida semifinal fez um gol de falta, isso marcou sua carreira. Uma partida inesquecível foi entre Atlético x América, que ele considera com um verdadeiro jogaço de bola. Um momento triste na carreira foi quando falhou em dois gols na partida entre América x Ipatinga. À noite perdeu o sono, considera essas falhas como um momento amargo na carreira. Ele diz que o atacante Fred, do Fluminense, é o melhor com quem jogou. O Atlético-MG foi o mais chato dos adversários. América, o famoso Coelho foi o melhor time que defendeu, mas caso não tivesse sido jogador profissional, certamente seria professor. Mesmo sendo goleiro também fez seus gols e foram dois lindos e inesquecíveis, o primeiro contra o Araguari pelo módulo II e aquele já citado contra a Caldense. Ele acredita que a vaidade não deixa um time prosperar, pois alguém quer se destacar mais do que o próprio clube. Sempre se espelhou no bom goleiro Taffarel. Seu time, aquele que balança seu coração, é do América-MG. Ele acredita que a falta de um empresário pode ter atrapalhado uma sequência melhor na carreira. Se chegou a jogar em bons times como América e Uberaba SC foi por ter qualidade. Sobre o futebol do passado, acredita que a técnica superava o da modernidade, bonito de se ver. Hoje é robotizado. O coletivo acrescenta muita coisa, mas a individualidade faz a diferença e deixa o futebol mais cinematográfico. Arlem acredita que tem mais treinadores inventando do que propriamente fazendo o trabalho de mais conhecimento. Sobre “Maria Chuteira” ele fala que se o jogador não tivesse cabeça estaria enrolado mais do que namoro de cobra. Era muito difícil de escapar. Tem em seu pai o maior ídolo e sua paixão é pescar. Sempre trabalhando e com muita responsabilidade, nos dias de hoje, Arlem é professor na Escolinha do América-MG em Araxá e Assistente Social. Isso quer dizer que continua fazendo história, não agarrando as bolas, mas ajudando quem mais precisa.


 

 

Arlem no trabalho social.

Operando grande defesa.

Saíndo para fechar o ângulo.

Arlem nos dias atuais.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Não sei se o time do Flamengo anda escondendo leite, só sei que a vaca continua caminhando para o brejo...

   Frase que eu nunca ouvi:

--- Trio de árbitros é da melhor qualidade tem caráter e nunca erra...

    Conversa com o Karrapixo:




Continua depois da publicidade


--- Você gosta de crianças?

--- Adoro, principalmente as japonesas, que estão a 20 mil quilômetros de distância e quando estou acordado, elas estão dormindo...

 

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444. 

BOLA DE MEIA

Gente, como o futebol anda ficando chato. Agora os dirigentes, jogadores e torcedores resolveram partir para ofensas. Acho que respeitar é tão simples. A alegria de uma vitória ou um gol dos mais simples que seja, tem que ser comemorado. É o orgasmo do futebol.    

Aqui no Brasil, o árbitro apita uma falta dos jogadores, dois lados fazem o cerco em cima e sempre cobram algum lance que não foi marcado. É preciso de acabar com isso. Quando um atleta erra um gol feito, ninguém aparece para fazer a rodinha e cobrar.

Ontem, no Mineirão, o Atlético pode ter carimbado o título do Brasileirão. Uma vitória sobre o desesperado Grêmio pode ter sido tudo aquilo que a torcida do Galo precisava para planejar as comemorações de uma conquista que está há 50 anos atrás.          

Como também, Botafogo e Coritiba podem ter selado a volta à Série “A”. Ambos jogaram em casa e contra adversários considerados fracos. O Coxa e o Fogão estão nas primeiras colocações na tabela. Acredito que a possibilidade da volta é de 96%.   

Hoje tem Guarani x Vasco da Gama em Campinas. Um duelo, que pode afastar um dos dois do G4. Uma vitória do Bugre, ele chega aos cobiçados 52 pontos. O Vasco tem 47 e ostenta a oitava colocação. Não é um jogo de vida ou morte, mas pode ser o caos.

Pela Série A”, Cuiabá no meio da tabela, espera pela lanterna Chapecoense. Pode ser uma partida das mais disputadas, pois o time cuiabano quer subir, agora a Chape, infelizmente, está bem abaixo do nível, apenas promete dar trabalho ao adversário.

Depois de passar pelo Jundiaí e golear o Carlos Gomes por 5 a 1, isso pelo Troféu Brasil de Futsal Sub 19, o UTC acabou sendo eliminado pelo atual campeão. Com isso, o Tricolor ficou com a terceira colocação. Acredito que o começo foi promissor.

Fico analisando a situação de cada Grupo da Segundona do Mineiro. É um Torneio classificatório dos mais difíceis e complicados. Faltando duas rodadas para finalizar a primeira fase, no Grupo “A”, quatro clubes têm condições de passar. Briga das pesadas.

O Grupo “C” tem a mesma situação, e quatro times tem ótimas pontuações. Vejam bem, o primeiro colocado Contagem tem 13 pontos e o quarto que é o Boston City tem 9. Qualquer tropeço, a recuperação fica para o ano que vem. Definição, só na última rodada.

No Grupo do USC tudo pode ser definido na rodada deste sábado, para isso basta o Colorado vencer a Patrocinense e o Araxá achatar o Inter de Minas. Com isso, pelo menos duas posições estarão garantidas. Mas pelo andar da carruagem vai ser encrenca.

Bruno Barros vem trabalhando o time para o jogo com a Patrocinense. Estudos, táticas e marcação agressiva estão na pauta dos treinamentos. Volto a falar, este pode ser o jogo da sobrevivência do Zebu na competição, portanto é ser competente. TRAVA.         

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia