JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 21 de outubro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 09/10/2021


Continua depois da publicidade


Campeão de 1978, Hoje falamos do Timaço Júnior do USC

carlosticha@hotmail.com

 

Timaço do Junior do USC campeão de 1978

TOQUE DE PRIMEIRA

Hoje a coluna mostra foto e fala um pouco daquele Júnior do Uberaba SC campeão de 1978. Isso mesmo, 34 anos atrás, época em que o futebol da base tinha mais valor que o “amadorão”. Craque de bola você via jogando no Juvenil, Infantil e Júnior. No momento o “amadorão” é o mais charmoso da cidade e, ainda por cima, com jogadores recebendo para atuar. No caso: preferem jogar no domingo pela manhã, para receber alguns bons trocados do que ser brilhante no futebol Júnior, que passou a ter jogos aos sábados à tarde. Agora, outro detalhe que atrapalha a criação do craque na cidade é o calendário. Não tem como um atleta seguir carreira na base visando o profissional, que fica apenas quatro meses em atividade. Neste time da foto, pelo menos sete deles jogaram no time profissional e brilharam. E falar em “Retrato”, nesta postagem tem um timaço que encheu os olhos dos torcedores: começa com o famoso João da Gunga, treinador de valor. Sergio Pardhal, foi ótimo jogador e ajudou muito este time. Hoje mora nos Estados Unidos. Fio, alto, estiloso e chegava junto. Bill foi um lateral que sabia jogar e principalmente marcar. Como todo time deve começar com um bom goleiro, Wagner Gão não deixava por menos e pegava até pensamento. Chegou a jogar nos profissionais. Formou-se em Odontologia. Gilberto Meireles, jogava com classe e muita categoria, foi ótimo no meio campo, mas não quis seguir a carreira da bola, estudou e formou-se em Odontologia. Renê era um jogador de esquema, cumpria o que o treinador pedia. Agachados estão: Hermínio, jogador que usava a velocidade para chegar ao gol adversário. Armandinho, nome diz tudo, sempre armando boas jogadas e foi de suma importância no jogo que decidiu o Júnior-78. Helinho, outro bom jogador, sabia o que fazer com a bola. Netinho Meirelles, verdadeiro atacante e na época, os treinadores viam o garoto com bons olhos, que rapidamente subiu e foi jogar nos profissionais e jogando muita bola, e fazendo gols, ganhou a admiração dos torcedores. Celso Roberto, que foi um dos melhores laterais que passaram pelo Uberaba SC, na época atuava pelo meio campo. Sempre dispensou comentários jogou muita bola e defendeu o Cruzeiro, que na ocasião era recheado de craques. Por fim vem o grande Buzina, Zezinho ou até mesmo Aldeir. Começou pela ponta esquerda e foi um dos melhores laterais que passaram pelo time colorado. O rapaz foi sensacional. Marcava, mas muitas das vezes eram os pontas que tinham que marcá-lo. Foi um lateral, que não só brilhou no USC como em outros clubes pelo Brasil. História de quem fez história na bola e consequentemente na vida social e profissional. Como é bom lembrar de vocês...

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar. 

CANELADAS

No primeiro tempo da partida contra a Venezuela, os jogadores da Seleção Brasileira jogaram com tanta preguiça e sono, que é difícil dizer se estavam defendendo a camisa da seleção ou pijama... Na verdade o sonífero fez efeito até nos torcedores que estavam nas salas de suas casas: aproveitaram o sonífero...

Gozação foi daquela mulher, sentada na mesa de um restaurante no shopping e toda metida a bacana, disse para a colega:

--- Só não me casei ainda, porque homem não dá ibope!    

Comentário de um treinador de futebol que trabalhou no futebol da Arabia Saudita

--- Lá é ótimo para juntar dinheiro, pois recebe em dólares e não tem onde gastar. A única diversão por lá é fazer fotografia montado em camelo.

Um homem daqueles bem “pão-duro” e professor de matemática, passou a vida somando e multiplicando. Seus parentes, agradecidos dividiram.                     




Continua depois da publicidade


ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

A Seleção Brasileira, diante da Venezuela, não jogou futebol, foi fraca, venceu, mas não convenceu. O futebol apresentado abaixo da média deixou os torcedores do sofá com muito sono. As modificações deram aquela sensível melhora. Veio os gols e vitória.

Enquanto durava a vitória da Venezuela, o jogador Soteldo estava se achando a “estrela” da partida. No fundo tem razão, pois foi o melhor jogador da Venezuela. Futebol tem seus momentos de alegrias, tristezas, paixão, execução e decepção.

O Brasileirão deste sábado está mais recheado do que as empadas da dona Maria, nossa comadre. Começa com o Flusão encarando o Atlético-GO. O outro Atlético, aquele líder, sabe joga em casa contra o Ceará. Embalado, o Sport Recife enfrenta o Corinthians.            

No Paraná, o Bahia vai ter que se virar. Bragantino pode atrapalhar a vida do Palmeiras. Quero ver como o Juventude vai pegar o Coelho. O Internacional precisa de pilhas para jogar contra a lanterna Chapecoense. Acho que não vai ser fácil. Vamos ver.

Fechando os jogos do sábado, o Flamengo do Renato Chorão tem parada complicada no Ceará contra o bom time do Fortaleza. Uma coisa é certa: não vai ter gol do Gabigol. Amanhã tem Santos x Grêmio e Cuiabá x São Paulo. Vencer para não chorar.

Esta tarde, no Parque do Sabiá, o Uberlândia joga todas as suas fichas contra a Aparecidense. Acredito em partida difícil e bem complicada, mas na verdade, o time de Chiquinho Lima está decidindo seus jogos fora de casa. É aquela de morder a isca.    

Domingão também é dia de Eliminatórias. Em casa a Argentina enfrenta o forte Uruguai, mas é favorita. Por outro lado, Equador e Colômbia estão brigando para subir na tabela. Paraguai e Chile promete. Mas o Peru pode ganhar espaço contra Bolívia.

Agora, mesmo com Neymar a Seleção Brasileira tem jogo difícil contra a Colômbia. A parada vai ser torta. Os colombianos estão na quinta colocação e vão brigar para chegar mais em cima. O time de Tite deve ter outra atitude. Não deve tomar sonífero.

Poços de Caldas e Santarritense jogaram ontem. Hoje tem Manchester recebendo o América-TO. Patrocinense pega o Araxá, líder da chave. Figueirense encara o Atlético Tricordiano. Amanhã, o Contagem, espera pelo Betis. Boston City descansa na rodada.

A prefeitura enviou a FMF todos os laudos: Corpo de Bombeiro; Polícia Militar e da Vigilância Sanitária, tudo isso dentro do prazo acordado. Isso mostra que ninguém dormiu no ponto. A diretoria do USC também agiu, com isso, vamos ter público no Uberabão. É como dizia a dupla Toninho e Marieta: “É conversando que se entende”.

Com público de 30% da capacidade do estádio, o Uberaba SC com calor da torcida enfrenta o Araguari. Não conheço o time da cidade Sorriso, mas a expectativa é de bom jogo. USC terá algumas mudanças, tomara que seja para melhorar. UFA! TRAVA.         

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia