JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 14 de junho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 22/05/2021


Continua depois da publicidade


O negócio era sempre jogar para ganhar

carlosticha@hotmail.com

Carlos Roberto Moura – Tycha. CHANCA

TOQUE DE PRIMEIRA

No futebol local, muitos jogadores mudavam de clubes e não tinha aquela de amaciar para o time onde começou. Nada disso, o negócio era sempre de jogar para ganhar. Lembro quando o Jarbas Cury falava para seus ex companheiros de clube, isso quando estavam jogando contra; “Aqui não neném”. Palavra que entenderia: aqui não tem moleza. Mas quando um jogador do USC era contratado pelo Nacional o torcedor ficava chateado e até mesmo o “excomungava”. Mas quando um atleta do Nacional chegava ao Boulanger Pucci era bem recebido. Na verdade, a maioria deles vestiam a camisa do Colorado se dava muito bem. Nesse caso foram vários. O negócio de empréstimos de jogadores fluía bem entre Independente e Uberaba. O time do Bairro Mercês, inclusive, emprestou quase um time inteiro para jogar na equipe do Bairro Estados Unidos. Na foto que a coluna publica hoje, ela abre com Jarbas Cury, que foi cria do Independente, torce para o USC e foi jogar alguns meses no alvinegro, mas com ele, o profissionalismo sempre esteve em primeiro lugar. Luiz Manoel, foi sempre do Naça. João Eduardo, bom jogador, que começou e terminou no alvinegro. Marquinho, começou no Nacional e fez sucesso em outros clubes. Ele chegou ao USC em uma troca com Veran e fez fantástico, depois vestiu as camisas do Cruzeiro e Palmeiras. Foi um jogador de alto nível. Belmar, teve início no Atlético do Abadia e foi mostrar toda sua qualidade no Independente, depois no Zebu. Fez alguns jogos para o time da Rodovia. Edson Borracha, bom goleiro, ganhou o apelido de Borracha pela sua elasticidade. Rubão, ponta direita que fez sucesso no futebol e jogou até no exterior. Moço simples, mas com potencial. Sapucaia, na verdade não lembrava de que João Carlos Sapuca tinha jogado pelo Nacional. O craque vestiu as três camisas da cidade. Mas no fundo, ainda torce pelo USC. Gastão, posso até dizer que o cara gastava a bola com qualidade de artilheiro. Muita raça e disposição. Chutava forte e sempre na direção do gol e fez muitos gols com a camisa alvinegra. Tinoco, esse fazia a diferença. Um dos melhores jogadores que vestiu a camisa do Nacional. Craque com letras maiúsculas. Domínio, dribles, passes e gols sempre marcaram sua presença em campo. Foi notável. E por fim o nosso Zanata, que viveu sua esportiva vestindo a camisa do Elefante. Jogava de volante, com marcação efetiva, boa colocação e tinha bons passes. Foi um meio campo que ajudou e muito o alvinegro a conquistar algumas vitórias. Lembranças de um time que entrou em campo em 1973. Recordar é viver, como é bom lembrar de você.


Nacional de 1973


Sapucaia


Jarbas Cury

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

A pergunta não foi de culinária, mas vamos respeitar a resposta:

--- Karrapixo, o que você acha do Makarrão?

--- Prefiro ele no “alho e óleo”!!! 

No exército, Karrapixo pede ao Capitão:

--- Seu capitão, eu não posso ir para a cavalaria. Eu nunca montei em cavalo!

--- Não tem problema. A gente arruma um cavalo que nunca foi montado, vocês aprendem juntos!    

Na Clínica Médica perguntam ao Karrapixo:

--- O senhor tem urinado com abundância?

--- Não doutor. Eu urino é como os outros urinam mesmo.

 




Continua depois da publicidade


O Villa Nova, mesmo sendo um time de Nova Lima, este ano ainda não conseguiu encontrar o MAPA da MINA...      

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 38 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

 

BOLA DE MEIA

Entre os clubes brasileiros que estão envolvidos na Sul-Americana, acredito, que, até mesmo o Bragantino tem condições de passar para outra fase. Bahia vai bem. Athletico-PR continua sobrando. O estreante Ceará é a grata surpresa. É bom time.

Pela Libertadores, apenas o Santos, que ainda tem remotas condições de chegar a outra fase. É bem complicado e não só depende dele, a pendência fica com outros resultados. Da mesma forma esta o Fluminense, que precisa de um resultado positivo.  

Muitos colegas que cobrem o futebol brasileiro, colocam notícias que muitos leitores e até mesmo ouvintes confundem de que Renato Gaúcho desdenhou o Corinthians. Muito pelo contrário, ele precisa de mais um tempo com a família.

Inclusive falam que o Renato Gaúcho sonha em ser técnico do Flamengo, e aguarda um convite rubro-negro. Com isso, tentam derrubar o Rogerio Ceni de tabela. É uma maldade, mas na verdade agita os torcedores do Mengo que não gostam do Ceni.       

Praticamente e matematicamente, o Corinthians não tem chances de continuar na Sul-Americana, mas aquela goleada sobre o Sport Huancayo foi espetacular, aliás foi a cara do Timão quando está com raiva. É triste, o alvinegro de Itaquera não seguir.

Final de semana de decisão, pelo menos Minas e Rio de Janeiro devem conhecer seus campeões neste sábado. Vasco, com vantagem de jogar pelo empate para ser campeão da Taça Rio, recebe o Botafogo que deve entrar com todas as suas armas para virar o placar.

Atlético Mineiro joga no Mineirão contra o América. Vai ser aquele duelo. Todos sabem que o Galo é bem melhor, mas em clássico não tem favorito. Mesmo assim, aponto o time da dupla Cuca-Hulk como vencedor. Mas como Lisca vem dando sorte...

No Maracanã Flamengo e Fluminense, também sem vantagens fazem a final do Cariocão. Acredito em jogo tenso, o Fluminense vai chuverar essa bola na área buscando a fragilidade da defesa rubra, mas terá que tomar cuidado com experiencia e habilidade da turma do Arrascaeta. É a hora de saber quem tem “garrafa vazia para vender”.

O Gauchão promete ser dos melhores. Mesmo a partida sendo na Arena Grêmio, o Internacional, por estar mordido com este tabu, deve jogar com vontade e atenção na marcação. Agora, o Grêmio mudou a maneira de jogar, o que pode ser um trunfo.

Tempos atrás era o Paulistinha, depois passou a ser Paulista, agora com maior potência dos cubes passou a ser chamado de Paulistão. Para mostrar toda qualidade do campeonato, os gigantes São Paulo e Palmeiras decidem qual é o melhor do estado.

O final de semana será de definição dos campeonatos estaduais. A partir da próxima, definição da Sul-Americana e Libertadores. Na sequência vem o Brasileirão, que promete ser o mais difícil de todos os tempos. #ficaemcasajogo na TV. TRAVA.            

TA CONFECÇÕES – Há 24 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

 

                                  

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia