JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 21 de janeiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Carlos Roberto Moura - Ticha NO BICO DA CHANCA 19/11/2020


Continua depois da publicidade


Coluna no Bico da Chanca: O Colorado de "BP"

carlosticha@hotmail.com


Na foto, timaço do Uberaba SC com Vandinho, Toinzinho e Cabeça

TOQUE DE PRIMEIRA

Mais um time do Uberaba SC que ficou gravado na memória de seus torcedores. Meados da década de 80, o Colorado de “BP” teve bons times e ótimas formações, que a cada jogo levava a torcida à loucura, com o Uberabão sempre lotado. Dava gosto de ir ao estádio para ver o Zebu jogar. Como diz um amigo meu: “Bons tempos que parece que não volta mais. A gente era feliz e sabia”. Na foto tem o Dário, zagueiro clássico e inteligente; Edson Luiz, foi bom goleiro, boa praça e mais tarde se deu bem com treinador de goleiros. Vandinho, jogador de alto nível, que esbanjava categoria. Foi diferenciado. Tim fazia a dupla com Dario, e não davam bote errado. Sempre bem colocados dificultavam para os atacantes adversários. Juarez de um lado e o craque Aldeir do outro, aliás, Aldeir que tinha ou ainda tem os apelidos de Zezinho ou Buzina, jogava muita bola: apoiava e sabia defender. Muita categoria e tinha a facilidade de chutar com os dois pés. Ilton, um ponta direita simples, porém objetivo e seu forte era os dribles sempre frente os cruzamentos. Toinzinho, este dispensa comentários. Craque com todas as letras em maiúsculas. Jogava muita bola. É considerado um dos melhores jogador do clube; detalhe: “prata da casa”. No comando do ataque vemos Luiz Carlos Bica; na verdade, muitos camisas nove passaram pelo clube, mas Luiz Carlos fez a diferença, não por marcar seus gols, mas pelo lado técnico: sabia dominar, tabelar e driblar; o cara foi sensacional. Cabeça, o garoto de Tupaciguara, craque com diferença: driblava, arrancava, tabelava e fazia gols bonitos. Foi um jogador que fez sucesso com a camisa colorada, pena que teve uma lesão na retina e teve que abandonar o futebol. La na ponta esquerda o ataque contava com Nei. Um dos melhores artilheiros que usava a cabeça para fazer seus gols. Rápido e coletivo. Este também deixou sua marca e história na vida do USC.

MOTO ZEMA tem a moto de seus sonhos. Peças, serviços, acessórios e qualidade no atendimento. Avenida Guilherme Ferreira, 795 – fone: 3318-3600. Visite nosso showroom e realize seu sonho. Inspeção gratuita de 21 itens. Fácil comprar.

CANELADAS

Makarrão deu um cheque sem fundos e o banco, como era lógico, não pagou. Ai o distinto voltou ao emitente e bronqueou:

--- O banco não quis me pagar.

--- Se o banco, que tem dinheiro, não pagou, muito menos eu, que estou quebrado!

 
No consultório, o médico pergunta ao Karrapixo:

--- O senhor é diabético?

--- Não senhor, sou da Conquistinha mesmo!

A torcida do Flamengo, acha que o atacante Lincoln, pode ser bom moço, mas como jogador de futebol é tão pé frio que pega até resfriado em engraxate...   

Enquanto no Sertão do Nordeste. Peixe de um ano de idade ainda não sabe nadar em outras regiões do Brasil, sapo morre afogado...  




Continua depois da publicidade

ESTEIO Materiais para Construções é o caminho certo. Avenida José Maria Reis, 310 – fone: 3338-8444. Da base ao acabamento, ESTEIO nome sólido em construção. Fale com Nadir, Oscar, Diego ou Larissa. Construa com qualidade. 37 anos no mercado com os melhores preços. Venha tomar um café conosco. WhatsApp 9.9250-8444.

BOLA DE MEIA

O que disseram sobre Pelé. Tópico XXXV: “Você pode estar certo, mas não sabe nada de futebol e eu vi o Pelé jogando.” (Vicente Feola, técnico da Seleção Brasileira, ao psicólogo que afirmou que Pelé era jovem demais para jogar no Mundial de 1958).         

Toque de Primeira, a biografia do craque deste sábado, 21 de novembro das 12h às13horas, pela JM 95.5, FM. Assunto: estreia do USC, Karrapixo e palpitometro.    

Futebol é mesmo uma “caixinha de surpresas”, a cada jogo as coisas acontecem até mesmo de maneira inesperada. O Sampaio Correa que vinha mal das pernas, já conseguiu chegar a segunda colocação. América é o terceiro. O Cruzeiro tem esperança.

Jogando mal, nossa Seleção Olímpica tomou a virada do Egito, vencia por 1 a 0 e perdeu por 2 a 1. Deixando a desejar, o técnico Jardine pensa em outros nomes para compor o selecionado que vai estar nas Olimpíadas do Japão. Vai ter dificuldades.

A quarta-feira com jogos da Copa do Brasil foi de muita emoção. Como escrevi a coluna antes do término das partidas, acredito que Grêmio; América, São Paulo e Palmeiras tenha seguido em frente, isso pelo que fizeram de positivo nos jogos de ida.

O que acho bom no mundo da bola são as críticas infundadas, analises completamente fora do rumo. O sujeito “mete o pau” hoje, e amanhã elogia o mesmo trabalho que foi feito anteriormente. Hoje não presta, amanhã é sensacional. É ter calma com sabedoria.  

A Seleção Brasileira, no jogo contra a Venezuela foi duramente criticada. Acredito que jogou mal, pois tinha uma equipe frágil pela frente. Contra o Uruguai, seleção forte e de respeito, a proposta de jogo foi outra. Vitória com a marca de um time organizado.

As vezes fico imaginando um dirigente de um clube sem expressão, daqueles que disputam a segunda divisão do seu estado. É muita coragem e amor ao clube. Enfrentar a falta de dinheiro, a pandemia e adversários, isso não deixa de ser complicado. São heróis.

Muitos torcedores perguntando sobre os adversários do Uberaba SC na Segundona. Sinceramente, a gente procura informação e não consegue detalhes. Está restrita a situação dos clubes. O momento é aguardar, para ter notícias fundamentadas.  

Mas a grande e feliz notícia é a de que a Rádio JM 95,5 FM através da voz de ouro de Luiz Gustavo Rezende transmite os jogos do Uberaba SC na difícil missão de subir mais um degrau no pódio da FMF. Neste sábado, a partir das 15h começa a emoção.     

Ontem, Catanoce promoveu um tático/técnico, hoje tem folga pela manhã, mas à tarde, no Uberabão com portões fechados tem a definição do time que começa o duelo contra Santarritense. O time do USC não é ruim, mas não conheço os demais. TRAVA.        

TA CONFECÇÕES – Há 23 anos no mercado brasileiro com absoluto sucesso. Uniformes profissionais, escolares e promocionais. TA qualidade profissional. Av. Leopoldino de Oliveira, 2084. Telefone: 3338-3050. Faça-nos uma visita.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia