JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 03 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Wellington Cardoso Ramos FALANDO SÉRIO 30/06/2020


Recurso
Está correndo o prazo para a apresentação de recurso pelo Ministério Público e os condenados no processo que apurou atuação de organização criminosa em Uberaba.

Sentença
O autor da sentença é o juiz Marcelo Geraldo Lemos e os nove investigados e denunciados foram condenados a mais de cinquenta e cinco anos de prisão.

Líder
O apontado líder do grupo pegou a pena mais alta: 15 anos, em regime fechado.

Financeiro
Duas mulheres seriam as responsáveis pelo núcleo financeiro da quadrilha e ambas foram condenadas a nove anos e quatro meses de prisão, também fechadas.

Outras penas
Para os demais seis condenados, as penas variaram de quatro anos, no regime semiaberto, a seis anos e um mês no fechado.

Cargas
Em furtos e roubos de carga, o grupo deu prejuízos às suas vítimas de mais de R$2 milhões, com o que foi apurado.

Perdimento
Juiz Marcelo Lemos também decretou o perdimento dos bens – imóveis, veículos, joias e notebook – dos condenados, e depósito judicial do dinheiro com eles apreendido.

Investimentos
Prefeitura está investindo mais de R$17 milhões na estrutura da educação municipal.

Prédios
As obras incluem a escola do bairro Rio de Janeiro e os Centros de Educação Infantil do Copacabana e Recreio dos Bandeirantes, em execução.

Quadras
A quadra de esportes da EM José Geraldo Guimarães (Morumbi) está recebendo cobertura e será iniciada a construção da quadra coberta do Marajó.

Ferveu
Em Delta, de temperatura sempre quente nos bastidores, a coisa ferveu ainda mais entre pessoas da área de educação, segundo relato em Reds lavrado pela PM.

Armadilha
Conta professora que teria sido atraída para uma armadilha a partir de convite para participar de reunião de trabalho na Secretaria de Educação.

Surpresa!
Ainda de acordo com o relato, foi deixada em uma sala, onde, minutos depois, chegaram outras três mulheres.

Estilete
Uma delas estaria armada com estilete e iniciado agressões verbais contra a denunciante, encerradas com a inesperada chegada do prefeito.

Não sabe
A secretária de Educação disse nesta terça-feira desconhecer o episódio, apesar de nominalmente citada no Reds como autora do convite para a reunião.

Nada sabe
“Não sei nada disso” – afirmou em contato telefônico.

Apuração
Já o prefeito Marcos Estevam diz não ter presenciado a confusão, mas que abriria processo administrativo para apurar o caso, se formalmente informado.

Quase pronto
Recebendo os preparativos para ser entregue à comunidade uberabense o Centro Municipal de Hipertensão e Diabetes.

Desespero
O quarto condenado pelo assalto à Rodoban, em sentença do juiz Fabiano Veronez, entrou em desespero ao saber que as investigações estavam chegando a ele.

Quebradeira
Escuta telefônica mostrou que, ao saber estar sendo procurado, por fala de uma amiga à sua esposa, quebrou vários objetos em casa enquanto as duas conversavam.

Para!
Na gravação é possível ouvir a esposa pedindo para o então investigado: “Para com isso! Você vai quebrar a casa toda”.

Ter fé
E Deus foi lembrado na aflição. A mulher pediu ao marido: “Você tem que pegar com Deus! Vamos tomar banho e sair daqui”.

Inoportuno
Pré-candidato a vereador, o comunicador Edivaldo dos Santos vê o momento atual, de crise provocada pela pandemia, como inoportuno para as eleições.

Respeitoso
Para ele, seria respeitoso e prudente ouvir a população, tão sacrificada, se quer ou não a confirmação do pleito para este ano.

Atrapalhando
A pandemia mundial provocada pela Covid-19 prejudica também o cronograma da Cervejaria Petrópolis.

Maquinário
Medidas restritivas e preventivas de diferentes países têm impedido que técnicos alemães venham a Uberaba ajustar o maquinário importado pela empresa.

Praça
A projetada revitalização da praça Magalhães Pinto (4º Batalhão) incluirá a cobertura da quadra nela existente.

Morte
Registrada nesta terça-feira a morte de mulher na casa dos 40 anos de idade, vítima da Covid-19, lamenta o prefeito de Delta.

Fiscalização
Decreto de medidas restritivas para o comércio foi baixado por Marcos Estevam e doze servidores, treinados, estão fiscalizando o seu cumprimento.

Nas escolas
Promotora Monique Mosca admite que as escolas de ensino fundamental e médio poderão ser chamadas a informar se renegociaram suas mensalidades com os pais.

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia