JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 16 de junho de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Wellington Cardoso FALANDO SÉRIO 06/06/2021


Continua depois da publicidade


Executivo passa a ter novos interlocutores na relação com a Câmara de Uberaba

Decisão política
A não adesão de Uberaba à Onda Vermelha 2 estará alicerçada em indicadores técnicos e manifestações políticas. A base para isso está sendo construída.

De acordo
Maioria dos vereadores ouvidos por FALANDO SÉRIO, após o encontro de sexta-feira, comunga do entendimento do Executivo: Uberaba deve ter as suas próprias regras.

Isolamento
Denise Max entende que é preciso isolar quem testar positivo, e não fechar o comércio. “Tenho defendido isso há meses” – frisou.

Circulando
Ela diz ter exemplos de pessoas testadas positivo que continuam circulando normalmente, colocando outras em risco. “Por que não isolá-las com assistência?”

Bancando
Denise prega que esse isolamento seja bancado pelo município, como em algumas cidades, já que “nem todo mundo tem suíte em mansão para se isolar”.

Autonomia
Almir Silva, por sua vez, ressalta que deve prevalecer a autonomia do município, pois cada cidade tem a sua própria realidade.

Fiscalização
Para cabo Diego, é preciso intensificar a fiscalização “e deixar o povo trabalhar”. E assim pensa também Samuel Pereira.

Cobranças
China se manifestará depois de ouvir os dados que está cobrando ao Executivo como base real de cálculo da taxa de positividade e de pacientes esperando por leitos.

Até que enfim
Baltazar da Farmácia lamentou que até então não tivesse sido chamado a opinar sobre as medidas.

Novas regras
Uma nova reunião virtual, terça-feira (8), dará suporte ao próximo decreto de medidas restritivas, exclusivamente uberabense, sem interferência do Estado.

Intermediários
Elisa terá novos interlocutores com a Câmara como forma de serenar os ânimos e dar agilidade ao atendimento das demandas dos vereadores.

Não deu certo
Ter a Secretaria de Governo como única porta de entrada para os vereadores na administração não deu certo.

Na pauta
A reconstrução das relações e o PPA foram pauta de duas reuniões da prefeita com o presidente Ismar Marão ao longo da semana. Inclusive no feriado.

Aprovação
Dos candidatos a prefeito em 2020, em Uberaba, somente a eleita Elisa Araújo teve suas contas de campanha julgadas e aprovadas definitivamente pela Justiça.

Sob análise




Continua depois da publicidade


As demais ainda estão sob análise, sem pressa, vez que a decisão não terá qualquer influência nos mandados ungidos pelas urnas.

Mudança de lei
Para salvar o PPA, recusado em plenário há uma semana, Elisa e Marão costuram alterar o prazo de votação do plano previsto na Lei Orgânica.

Votação
Feita a alteração, em breve, a prefeita precisará de 14 votos na Casa para a reapresentação do projeto, condição a que estão submetidas matérias recusadas.

Campanha
Círculo Operário Católico faz campanha para bancar aparelho portátil da compressão de oxigênio de que necessita o padre José Alves, paciente Covid-19.

Custo
Aparelho, que possibilitaria ao religioso da paróquia São Galvão ir para casa, custa pouco mais de R$6 mil.

Recuperação
Radialista Hélio Júnior e familiares se recuperam satisfatoriamente, segundo ele próprio.

Em mãos
Nesta segunda-feira, o vereador Marão levará pessoalmente ao Ministério Público o pedido de impeachment e a conclusão da assessoria jurídica do Legislativo.

Arquivado
A Câmara arquivou o procedimento em decisão tomada na sexta-feira.

Vacinação
Até o dia 3, Uberaba havia aplicado 116 mil 461 doses de vacina das 140 mil 822 recebidas. E nesta segunda-feira receberá outras 8 mil 740 da AstraZeneca.

Pois é!
Araxá, a terra do governador, não adotará a 2ª versão da Onda Vermelha.

Homenagem
Logradouro público em Uberaba receberá o nome de Jorge Januário da Silva, “sargento Canarinho”.

Precoce
O tratamento precoce ainda divide opiniões entre os médicos uberabenses com críticas de ambos os lados. Inimizades estão sendo construídas por coisas ditas.

Falta sangue
Duas cirurgias (uma cardíaca e outra neurológica) foram suspensas nos últimos dias, no HC, por falta de sangue.

De olho
Ministério Público de Minas criou comissão para acompanhar a tramitação do projeto do novo Código de Processo Penal, que vê com preocupações.

Investigação
PL retira o poder investigativo do MP no criminal, concentrando a competência na Polícia Judiciária (os delegados).

Restrição
E também promove alterações no Tribunal do Júri, restringindo ao julgador o conhecimento do conteúdo das investigações.


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia