JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 12 de abril de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Wellington Cardoso FALANDO SÉRIO 21/02/2021


Continua depois da publicidade


Vereador demite assessora que apareceu em festa clandestina

Atualizada às 18h30 do dia 21 de fevereiro de 2021

Corta cabeça

Vereador Celso Neto foi à rede social anunciar a exoneração de uma de suas assessoras. Horas antes da sua postagem, circularam na rede fotos da moça em uma festa. Celso disse que a assessora é profissional de altíssima qualidade, mas decidiu aplicar a ela a pena máxima (demissão).

Nível de contaminação

Entre as 18h de sábado e o fim da tarde de hoje mais 3,4 uberabenses testaram positivo para Covid-19 a cada 60 minutos. Eles se somam aos 2,6 por hora da véspera.

Chegando pacientes

Neste fim de semana novos pacientes de Coromandel deram entrada no Hospital Regional, e, segundo o boletim epidemiológico de hoje o comprometimento das UTIs públicas está em 60% (eram 49% no sábado) e, nas enfermarias, 58%. Nos hospitais privados, a ocupação de UTI bateu nos 91% neste domingo, em que houve duas mortes e existiam outras duas sob investigação.

Nova vitória

Tenista João Menezes venceu hoje a sua segunda partida na fase de classificação do ATP 250 de Córdoba. E bem. Bateu outro espanhol, Gomez Herrera, por 2x0 (6/1 e 6/1).

Provas frustradas

Bacharéis em Direito e advogados uberabenses fretaram ônibus e partiram neste fim de semana para Curitiba, onde, inscritos, fariam prova neste domingo para o concurso de Delegado de Polícia Civil do Paraná.

Desrespeito

Às 5h20 de hoje eles receberam comunicado que as provas estavam canceladas porque “considerando a última checagem realizada na madrugada de 21 de fevereiro de 2021 observância ao seu protocolo de integridade, o Núcleo de Concursos da UFPR denotou a ausência de requisitos indispensáveis de SEGURANÇA para a aplicação das provas (...)”.

Adiamento

Com isso, o certame está adiado “sine-die”, mas nada foi dito quanto ao ressarcimento das despesas dos candidatos com deslocamento e hospedagem. Ficou a dúvida se o motivo foi realmente de segurança sanitária.

Quebra de sigilo

Mais tarde o Governo do Paraná informou que houve quebra de sigilo e que buscaria indenização junto à Universidade Federal do Paraná, sujeita também a ser descredenciada para futuras contratações. Pegou mal a desculpa dada pelo Núcleo de Concursos da UFPR.

Sem marketing

O Samu de Uberaba está entre os maiores prestadores de serviços no socorro a pessoas acidentadas e vítimas de ocorrências que coloquem suas vidas em risco. Mas, quase nunca aparece na mídia, nem conta com assessoria de comunicação. São mais de 40 mil atendimentos/ano. 

Central integrada

Desde as primeiras discussões para a implantação do “Cidade Vigiada”, uma central única com GM, PM, Corpo de Bombeiros, Samu e Defesa Civil entrou em pauta. Medida fortaleceria a defesa social, da qual é a Prefeitura a instituição que dispõe da maior estrutura para o atendimento em rede (segurança, saúde, assistência social, acolhimento, abrigamento). O que fortaleceria os serviços de socorro.

Gestação em tempos da Covid

Pesquisadores dos cursos de Enfermagem e Medicina da UFTM e UFSCar pesquisaram sobre a Covid na gestação e no puerpério. Resultados serão conhecidos na quarta-feira. Em conferência online, eles abordarão outros aspectos da assistência e responderão a perguntas.

Aulas remotas

Na UFTM, aprovado pela Prefeitura o seu plano de retomada, as aulas permanecerão remotas, mas com atividades presenciais restritas a uma circulação de no máximo 20% de pessoas.

Seguindo em frente

João Menezes venceu o argentino Guido Justo por 2x0 no sábado e volta às quadras às 14h deste domingo. Precisa de mais duas vitórias para chegar à chave principal do ATP 250 de Córdoba.

Audiência para tarifa

Dificilmente a Câmara deixará de aprovar projeto que cria audiência pública a ser realizada antes de um novo reajuste da tarifa do transporte coletivo. Matéria, que leva a assinatura de nove vereadores, está na pauta de votações desta segunda-feira. Por se tratar de emenda à Lei Orgânica são necessários quatorze votos e a posição do Executivo não é conhecida.

Entubado

Coronel PM Wesley Rodrigues permanece entubado no Hospital Mário Palmério, mas tem reagido bem ao tratamento, segundo informações extra-oficiais. Oficial uberabense comanda a Região da PM sediada em Patos de Minas. Também o tenente-coronel Romes permanece em tratamento, em Ribeirão Preto. Ambos, vítimas da Covid-19.

E a providência?




Continua depois da publicidade


 

Não seria a do final de semana a única festa clandestina organizada por estudante de Medicina da UNIUBE. Diante da insatisfação de colegas, é esperado que Colegiado do Curso, com autonomia para isso, discuta a possibilidade de aplicar alguma penalidade ao universitário por má conduta.

Teste
A obrigatoriedade de o Executivo divulgar as listas de vacinação pode representar o primeiro teste do “poder de fogo” de Elisa em votações no Legislativo.

Negativas
Vereador Celso Neto decidiu formalizar projeto com a obrigação desde que o governo passou a negar sistematicamente a divulgação dos nomes.

Faltam dois
Como existem outros nove coautores, bastam, em tese, mais dois votos para a aprovação do projeto. Um dos signatários é o presidente, que não vota.

Sem base
Líder da prefeita na Casa terá sérias dificuldades para se contrapor àquilo que o Executivo não queira diante da falta de uma base de sustentação.

Peregrinação
Para tentar consertar erro de assessores, com reflexos diretos sobre a sua elegibilidade, Anderson tem feito peregrinação no anexo da Câmara Municipal.

Aprovação
Busca votos necessários à derrubada de parecer do Tribunal de Contas pela reprovação de suas contas de 2005, primeiro ano dos seus dois mandatos.

Um por um
Depois de se reunir com a Comissão de Orçamento na quinta-feira, na sexta-feira Anderson visitou vários gabinetes e conversou com vereadores que lá estavam.

Calvário
Esse é um dos exemplos da responsabilidade de prefeitos que, não sendo onipresentes, respondem por erros alheios. No caso, remanejamento de recursos orçamentários.

Enxugamento
O EAD está “triturando” empregos na área universitária. Uberabenses buscam formação pelo sistema em cursos de fora, e professores e escolas sofrem as consequências.

Premonição
Uma mulher à frente do seu tempo, nos anos 80 Alda Teixeira dizia que os jovens deveriam se preparar para ser empreendedores porque os empregos iriam acabar.

Drogas
E mais do que esse: alertava Uberaba para o incontrolável avanço das drogas ilícitas. Tanto que trouxe a Abraço para tentar minimizar os efeitos futuros.

Trovoadas
Oposição ao reeleito Markim começa a se articular dentro das próprias bases do prefeito de Delta.

Insatisfeitos
Sem detalhes, muitos falam em irregularidades, mas a revolta seria resultado do não aproveitamento de alguns apoiadores em cargos de confiança.

Combustível
Mas, é certo que os candidatos a opositores estão vasculhando os gastos da Prefeitura com combustíveis, fazendo comparações entre 2019 e 2020.

Cortina
Zema precisa explicar melhor como será a anunciada “antecipação” de R$3 milhões para a Saúde, em pagamento à dívida de R$100 milhões com Uberaba.

É dívida
Não tem antecipação. Isso é dívida consolidada e que, na iniciativa privada, seria tratada como calote. Mas, fica parecendo “favor”, “ato de bondade”.

Na Justiça
Além da Saúde, o Estado deve a Uberaba repasses não feitos de ICMS, Fundeb, IPVA, como já reconheceu o TJ.

Risco n’água
Compromisso e risco n’água parecem ter o mesmo significado para o Estado que, em 2016, firmou que bancaria 25% do Hospital Regional. Nunca aconteceu.

Convocação
Promotor José Carlos Fernandes formalizou ação judicial para que a FETI convoque concursados para o lugar dos contratados precariamente.

Macas
Vereador Professor Wander elevou o tom contra a administração no episódio das macas de ambulâncias do SAMU retidas pelo HC, como foi mostrado pela coluna.

Sobrou
E sobrou também para a FUNEPU, igualmente criticada por não tentar recuperar os equipamentos retidos.

Segunda tensa
Vereador promete ir à Secretaria de Saúde na segunda-feira para “cobrar responsabilidades e profissionalismo”.

Irregularidades
No ano passado, o então secretário Iraci Neto, gestor do SUS, fez inspeção de surpresa no Hospital de Clínicas e encontrou o que seria uma série de irregularidades.

Relatório
Todas elas narradas em detalhes em relatório ao MPF.

Reação
Empresas vão ao MP e à Justiça contra decreto que submete credores da Prefeitura a obrigatória adesão a plano de recebimento parcelado e com desconto.

Ilegalidade
Informação é do advogado Geovane Soares (foto), para quem a norma é nula de pleno direito por contrariar regras contratuais.

Substituição
Entende que isso poderá levar empresa a pedir para sair por não ter condição econômico-financeira de continuar prestando o serviço sem receber integralmente o pretérito.

Calote
“Isso levaria à contratação de outras de forma emergencial, além de incentivar o calote e gerar desconfiança” – sentencia.

Aceno
Geovane decidirá depois dessa conversa o passo seguinte, que poderá ser o Judiciário, pois muitas empresas estão com os salários dos funcionários atrasados há dois meses.

Pela prisão
Franco Cartafina, Aelton Freitas e Zé Silva vot

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia