JM Online

Jornal da Manhã 50 anos

Uberaba, 13 de agosto de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 27/07/2022



Prefeitura ignorou alerta do CAU/MG sobre licitação do Plano Diretor

É oficial: presidente Edwiges Leal revelou que o Conselho de Arquitetura e Urbanismo de Minas Gerais oficiou a Comissão Permanente de Licitação sobre necessidade de realização de concorrência pública de melhor técnica e menor preço para contratação de empresa para revisão e atualização do Plano Diretor em Uberaba. Esse ofício foi datado de 06 de junho de 2022. Segundo a presidente do CAU/MG, dois dias depois a Secretaria de Planejamento respondeu que a modalidade de pregão eletrônico seria mantida pela Prefeitura. Diante desse fato, o CAU ingressou com ação na Justiça Federal, obtendo a liminar que determinou a suspensão dos efeitos daquele pregão. O contrato com a vencedora, que já havia sido assinado pelo governo municipal, perdeu todos os seus efeitos e o projeto de revisão e atualização do Plano Diretor voltou à estaca zero.

TEIMOSIA
A “teimosia” do governo municipal em manter o pregão eletrônico, mesmo depois de advertido sobre a impertinência dessa modalidade de licitação, vai custar caro a Uberaba. Além do desgaste político - que poderia e deveria ter sido evitado - vai atrasar em pelo menos um ano a atualização do Plano Diretor. Aliás, segundo o ex-prefeito Paulo Piau, a revisão do Plano Diretor foi deixada pronta para o governo atual. O próprio gestor da empresa vencedora do pregão eletrônico, arquiteto Daniel Rodrigues, comentou com a colunista que esse projeto estava praticamente pronto, razão pela qual conseguiu dar um preço menor na disputa porque bastariam alguns ajustes. E já se passaram 19 meses do atual governo, sem que o Plano Diretor conseguisse sair da gaveta. Pior: agora nem se sabe quando sairá…

TAL E QUAL
Consta que o modelo do edital de licitação para contratação de empresa especializada em atualizar Plano Diretor foi copiado de Araxá, e lá deu certo. Pois é. Antigamente, as cidades vizinhas copiavam Uberaba.

COMENDO POEIRA
Deputado federal Aelton Freitas (PP) rasgou o verbo nos microfones da Rádio JM, na manhã desta quarta-feira. Alertou que Uberaba corre o risco de ficar espremida entre Uberlândia, Araxá e Ribeirão Preto, e perder até mesmo para a cidade natal do governador Romeu Zema. Ele explicou que o Bradesco e o Itaú anunciaram investimentos da ordem de R$ 9 bilhões nos próximos 8 anos lá em Araxá, para reforçar a produção e exportação do nióbio. Com isso, se não apertarmos o passo, Uberaba vai ficar comendo poeira. E mais: Aelton lembrou que foi muito criticado quando advertiu sobre a perda da Heineken, o que acabou se confirmando. Ele espera que seu alerta agora não seja ignorado também.

MALHA FERROVIÁRIA
Um dos alertas lançados pelo deputado federal Aelton Freitas refere-se ao modal ferroviário, que poderá contemplar (ou não) Uberaba. Segundo o parlamentar, é preciso apresentar um projeto rapidamente, para recuperação das linhas férreas que cortam os distritos industriais, tornando-os aproveitáveis a curto e médio prazo, tanto para o escoamento da produção agrícola da região, quanto para o comércio exterior da produção fabril. E mais: ressaltou a importância do transporte por trem-de-ferro também para diminuir o tráfego de caminhões pesados nas nossas estradas. “Como deputado, estou á disposição de Uberaba. Mas preciso ser demandado. Se eu não for demandado, não tenho como oferecer ajuda aleatoriamente. Eu preciso saber quais são as prioridades de Uberaba para trabalhar por elas em Brasília” - destacou.

FORA DA DISPUTA
Ex-vereador Luiz Dutra (PSDB) já comunicou ao partido sua desistência de disputar as eleições de outubro. Ele seria um dos candidatos a deputado estadual por Uberaba, fazendo dobradinha com Aécio Neves, que deve mesmo concorrer à reeleição. Dutra teve Covid recentemente e várias sequelas, o que acabou limitando seu tempo para trabalhar a pré-campanha. Sua prioridade, neste momento, é cuidar da sua saúde, segundo ele.

MESMO CAMINHO
José Arlênio pode ser o próximo a oficializar sua desistência. Zunzunzum nesse sentido tem sido ruidoso nesta semana. Questionado a respeito na tarde desta quarta-feira, o ex-presidente da Fiemg Regional não respondeu à colunista. No entanto, uma pessoa próxima a ele confirma que José Arlênio estaria analisando, sim, se vale a pena submeter seu nome ao crivo dos eleitores. Para bom entendedor…

NO FUNIL
Ildeu Menezes, por sua vez, garante que vai levar adiante sua pré-candidatura a deputado estadual. Tanto assim que irá participar da convenção do Partido da Mulher Brasileira (PMB), neste sábado, em Belo Horizonte. A convenção está marcada para às 10h, com advertência aos convencionais para usarem máscara.

PRA VALER
Com sua pré-candidatura homologada pelo PMN Mobiliza 33, Zé Renato Gomes está animado. A convenção do partido aconteceu no dia sábado, em BH, com a presença do governador Romeu Zema. Zé Renato foi secretário de Desenvolvimento Econômico em Uberaba e tem destacado sua vocação pública para geração de emprego. Toda a sua pré-campanha vem mostrando empresas que ele trabalhou para trazer para o município ou ampliar instalações aqui.

QUASE FOI
O último vídeo divulgado por Zé Renato nas suas redes sociais relembra a luta para evitar que o Centro de Soluções Compartilhadas da Mosaic fosse instalado em Uberlândia. Seriam 300 empregos a menos em Uberaba. Mas um trabalho que mobilizou todas as lideranças políticas, empresariais e setoriais conseguiu reverter essa decisão e o CSC da Mosaic ficou aqui. Confira o vídeo e relembre a história que foi acompanhada e noticiada pelo JM também:

 



SOCORRO!
Falar no Sine, por telefone, é um teste de paciência e perseverança. Empresário que recorre ao Sine para obter informação sobre recrutamento de mão de obra acaba desistindo. Depois de receber várias queixas sobre as dificuldades para contato naquela repartição pública, fiz pessoalmente o teste nesta quarta-feira. Não é à-toa que o nosso Sine informou apenas 3 colocações efetivas no primeiro semestre deste ano, contra 2.047 efetivadas por Uberlândia. Os dados são oficiais e constam no portal do governo de Minas Gerais, tendo sido atualizados em 01/07/2022.

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia
Fechar