JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 07 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 20/10/2021


Continua depois da publicidade


Prefeitura conclui asfalto da pista da 050 em frente ao Cascata

LIBERDADE, LIBERDADE, ABRA AS ASAS SOBRE NÓS

Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, participou da assinatura do decreto de liberdade econômica em Uberaba nesta quarta-feira e destacou a importância de o Poder Público facilitar a vida para quem quer empreender. Uberaba é uma das primeiras cidades brasileiras a adotar medidas concretas que possibilitam às pessoas desenvolver atividades econômicas, sem muita interferência do Estado, e, assim, enfrentando menos burocracia. Passalio contou também que já atuou em banco e teve fábrica de bolsas. Portanto, conhece bem as alegrias e as tristezas da atividade empresarial.

 

NÃO É BEM ASSIM…

Questionado sobre a escolha de Extrema, no Sul de Minas, para sediar o terceiro maior centro de logística do país, o secretário de Desenvolvimento Econômico explicou que a decisão coube ao empreendedor, e não ao Estado. Fernando Passalio ressaltou, também, que quando o investidor procura área para empreender em Minas, são apresentadas as várias opções que atendem aos seus requisitos. É como se fosse aberto um mapa para o empresário, com as alternativas disponíveis  em todas as regiões do Estado. E a escolha é feita pelo investidor. Ao Estado cabe apenas intermediar e facilitar a atração do investimento.


POR QUE EXTREMA?

Sobre a escolha da pequena Extrema, de pouco mais de 30 mil habitantes, para receber esse centro de logística que vai gerar 6.500 empregos diretos, Fernando Passalio explicou que o município concentra, sozinho, 25% do e-commerce mineiro. Tanto assim que em plena pandemia a Mercado Livre (empresa argentina de tecnologia voltada para o comércio eletrônico)  anunciou a instalação de um mega Centro de Distribuição em Extrema. O secretário destacou, também, que Extrema não está tão longe assim dos centros consumidores. Pelo contrário, está próxima a São Paulo e ao Rio de Janeiro.  Portanto, está teoricamente com a faca e o queijo na mão. 


POR QUE NÃO?

O fato de Extrema ter conquistado um mega parque logístico não significa que Uberaba não poderá estruturar um super Centro de Logística. Foi o que disse o secretário Fernando Passalio, dizendo que está pronto a ajudar a cidade em suas demandas de desenvolvimento econômico. 


À VENDA




Continua depois da publicidade


A propósito, a Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico está atuando junto à Prefeitura de Uberaba na formatação de todo o material de divulgação das potencialidades econômicas do município para a prefeita Elisa levar para Dubai. Elisa vai integrar a missão empresarial da Fiemg e embarca para os Emirados Árabes no dia 10 de novembro. Governador Romeu Zema também estará na comitiva.


QUESTÃO DE GRATIDÃO

Por falar no governador Romeu Zema, o vereador Almir Silva rebate as críticas de que teria agido com imprudência ao apresentar agora a proposta de concessão da Medalha Major Eustáquio a ele. Veja a explicação do vereador sobre a questão: “Já no mandato passado, tentei oferecer a medalha ao governador, que é o mais bem avaliado do Brasil. Porém, tinha um título de cidadania de outro colega. Este ano apresentei a proposição ao plenário, que é soberano para decidir por maioria simples, se aprova ou não a medalha. Em Plenário sempre me posicionei, e entendo que este seria o melhor momento para homenagear o governador que destinou 8 milhões e meio de reais para construção do heliponto, que, inclusive nossa querida Lídia, é uma das idealizadoras desta conquista. Agora, se este não é o melhor momento para fazer a homenagem, qual seria? Portanto, não fui imprudente. Fui grato! O plenário é soberano, e estou tranquilo com minhas decisões.”


QUASE PRONTA

Obra da travessia urbana na BR 050, em frente ao clube Cascata, já está quase pronta. Nesta quarta-feira a pista recebeu capa asfáltica e agora, segundo o engenheiro responsável Marco Antônio Vieira Lima, só falta a sinalização e a Ecovias recapear a parte velha da rodovia. Pois é. Se lá atrás a Prefeitura tivesse tomado a atitude que a prefeita Elisa tomou agora, pegando a obra pra concluir sem dar ouvidos à lenga-lenga da empreiteira, certamente esse trecho já estaria pronto há muito tempo. Está provado que o serviço era simples e poderia ser feito rapidamente, como agora o foi, com a equipe da Secretaria de Obras e Serviços Urbanos.


PALMAS!!!

Hoje o elogio vai em dobro para a equipe da Sesurb, que atendeu prontamente à reclamação de moradores do entorno da Mata do Ipê. Com a chuva de segunda-feira, alguns bambus caíram na calçada e estavam empurrando os pedestres para a pista de rolamento, em disputa de espaço com carros, ônibus, caminhões. Secretário adjunto Pedro Arduini mandou retirar os bambus de imediato, liberando novamente a calçada para os pedestres.


 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia