JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 07 de dezembro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 19/10/2021


Continua depois da publicidade


Secretário anuncia "porta aberta" no Regional para traumas

Valha-me Deus! Mais uma vez Uberaba foi preterida pelo Governo Zema na localização do terceiro maior centro logístico do país. A escolhida para receber investimentos da ordem de R$ 750 milhões na pequena cidade de Extrema, no sul de Minas Gerais, município com pouco mais de 30 mil habitantes. Sim. É isso mesmo. A população de Extrema cabe 10 vezes na de Uberaba. Sabe quantos empregos diretos o centro logístico BWP Business Park vai gerar? Nada menos do que 6.500. Pois é… e pensar que Uberaba há anos vem sonhando com um Centro de Distribuição, aproveitando a estrutura do Porto Seco, da ZPE e do seu parque industrial…

EXTREMA COMPETÊNCIA
De acordo com informações divulgadas pelo Governo do Estado, serão estabelecidos dois parques logísticos de e-commerce, somando oito galpões construídos em 400 mil metros de Área Bruta Locável (ABL), o correspondente a 38 campos de futebol. Os dois condomínios que vão abrigar os empreendimentos estão em fase de construção. O primeiro galpão do projeto 1 será entregue ainda neste mês e os galpões do projeto 2, até meados de 2022. O protocolo de formalização do investimento foi assinado e o projeto segue em implantação por meio da Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas Gerais (Indi).

E NÓS???
Extrema (MG) conseguiu emplacar o diretor de investimentos do INDI no governo Zema. Uberlândia tem um adjunto da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico. E Uberaba? Nada. Pode parecer bobagem, mas ter gente nossa em postos estratégicos faz toda a diferença. Está aí o exemplo de Extrema.

IMPRUDÊNCIA
Por falar no governador, foi no mínimo imprudente a inclusão do projeto de autoria do vereador Almir Silva para homenagear Romeu Zema com a Medalha Major Eustáquio na pauta da sessão legislativa de segunda-feira. O momento não era apropriado, como já estava claro desde quando surgiu a proposta conjunta de homenagem ao governador e ao Presidente da República. Na época, a reação popular negativa não foi apenas a Bolsonaro. Por isso, o desmembramento das homenagens e a reapresentação açodada da proposição da Medalha ao governador só trouxe desgaste a Uberaba.

TROPEÇÃO FEIO
Não se pode perder de vista que o autor da proposta de homenagem ao governador é vereador experiente e deveria, pelo menos, ter sondado previamente seus pares para sentir qual poderia ser o placar da votação, antes de submeter o projeto a plenário. Com isso, teria evitado todo esse constrangimento. Queiram ou não, certamente Zema não deve ter gostado nadinha dessa demonstração de “desafeto” por parte dos representantes do povo. E deixou o vereador Almir Silva de cara grande.

AOS POUCOS
A propalada “revoada” na Secretaria de Saúde só atingiu dois cargos, até agora. Mas isso não quer dizer que “a poeira abaixou”. Pelo contrário. Secretário Sétimo Bóscolo Neto revelou ao Pingo do Jota que a hora é de todos darem as mãos e somar esforços. Portanto, está dado o recado. Quem não remar no mesmo sentido estará fora do barco.




Continua depois da publicidade


FOI MAL
O desempenho insuficiente foi o motivo das duas exonerações na Saúde esta semana. Diretor administrativo-financeiro e o chefe do departamento de engenharia da SMS não estavam correspondendo às expectativas. O secretário revelou sua insatisfação com a qualidade do serviço de manutenção nas unidades básicas de saúde, que é terceirizado, mas exige fiscalização efetiva. Daqui para frente, o grau de exigência do Município vai aumentar - promete Sétimo Bóscolo Neto.

PRIORIDADE
Além da capacitação do pessoal e do investimento na qualidade do atendimento à população na atenção básica, o secretário de Saúde revelou intenção de transformar o Hospital Regional num hospital de porta aberta para atendimento a traumas ortopédicos e abdominais, de média complexidade. Da mesma forma, Sétimo sinaliza com o fortalecimento das UBSs, de modo a evitar que o paciente procure as UPAs como sua primeira opção, pelo menos até as 18h. Com essa medida (dentre outras), ele acredita que os atendimentos nas UPAs serão desafogados.

QUESTÃO DE PRESTÍGIO
Presidente da Academia de Letras do Triângulo Mineiro, o escritor João Eurípedes Sabino manifestou sua indignação ao saber que a Prefeitura vai bancar a pintura do Palácio do Bispo. “Nada contra o bispo, mas a Academia ficou esperando meses a fio pela promessa de pintura da sede própria e nada foi feito”. Pois é. A Prefeitura demorou tanto, que os acadêmicos decidiram bancar a pintura do casarão da ALTM.

A CAMINHO
Shopping Uberaba vai ganhar loja da tradicional rede de lojas de moda feminina Gregory. A griffe acaba de completar 40 anos e aposta no crescimento do e-commerce e nas inaugurações de lojas em cidades estratégicas, como Uberaba. Para 2021, a expectativa da Gregory é fechar o ano com alta de 45% no faturamento em relação a 2020. Quem frequenta os mais badalados shopping centers de São Paulo, por exemplo, conhece a Gregory e vai comemorar a inauguração da loja aqui.

EM ALTA

Quarta-feira movimentada em Uberaba. Secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico, Fernando Passalio, desembarca aqui para participar do evento de assinatura de Decretos de liberdade econômica, marcado para às 9h. Às 19h, o presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda, vem a Uberaba para proferir palestra no Curso de Estudos de Política e Estratégia promovido pela Adesg, no auditório Cecília Palmério. O municipalismo como prerrogativa para o desenvolvimento das cidades brasileiras será o tema de Julvan.

EXPOCIGRA
Com participação restrita a convidados em razão da pandemia, a Expocigra 2021 será aberta oficialmente na noite desta quarta-feira, com debate envolvendo os presidente da Fiemg, Flávio Roscoe, e da Siamig, Mário Campos, e o diretor do Sebrae, Marden Magalhães. As perspectivas da economia brasileira, em especial a mineira, estarão no foco das discussões no auditório José Maria Barra, da Fiemg.


** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia