JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 18 de maio de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 27/04/2021


Continua depois da publicidade


Elisa revela sumiço de equipamentos comprados pela PMU para o restaurante popular

PESO PESADO

“Herdamos um elefante branco”. Foi assim que a prefeita Elisa se referiu ao Restaurante Popular, onde ela esteve em visita na manhã desta terça-feira. Elisa foi acompanhada pelo vereador Almir Silva, autor do projeto. O prédio na avenida Nelson Freire está em boas condições, mas o restaurante nunca saiu do papel. O grande entrave sempre foi o custo, que a prefeita estima hoje em torno de R$ 1 milhão por mês. A opção, segundo ela, talvez seja partir para a terceirização, de modo a colocar o restaurante para funcionar ainda este ano. Elisa garante que a proposta não é colocá-lo em operação temporariamente, para atender às famílias em situação de vulnerabilidade causada ou agravada pela pandemia. Ela pretende que seja um projeto definitivo.

ONDE ESTÁ?

Em entrevista ao programa O Pingo do Jota, a prefeita revelou que já foram localizados vários equipamentos comprados pelo Município para o Restaurante Popular. Todos eles estão em más condições de conservação e terão de ser recuperados. No entanto, Elisa disse que vários outros equipamentos estão desaparecidos. Ou seja, a Prefeitura tem a nota de compra, mas não acha o produto. 

SÓ EM MAIO

Enquanto BH vacinou os idosos de 62 anos no dia 22 de abril, Uberaba só deve vacinar as pessoas desta faixa etária na semana que vem, dependendo do quantitativo de doses que o Estado enviar na próxima remessa. Já o pessoal de 60 anos terá de esperar mais um pouco, porque a previsão é de imunização na segunda semana de maio. Segundo a coordenadora da vacinação da Secretaria municipal de Saúde, Ana Vera Abdanur, as doses que chegaram aqui na terça-feira serão suficientes apenas para o público de 64 e 63 anos. E olhe lá! Estas quarta, quinta e sexta-feira estão reservadas para 64 anos, sendo que de sábado até a próxima segunda-feira serão imunizados os idosos de 63 anos. O critério será o mesmo: mês de nascimento.

SÓ EXPECTATIVA

Assim que terminar a imunização dos idosos, serão priorizados os portadores de doenças crônicas. Há uma expectativa, mas ainda é só isso, de que os professores sejam incluídos na próxima etapa da vacinação contra a Covid. Esta decisão, no entanto, depende do Ministério da Saúde.

IDADE DA PEDRA

Ainda de acordo com Ana Vera Abdanur, até agora a Secretaria de Saúde não conseguiu checar as informações sobre a vacinação dos idosos de 80 anos e mais que vieram a óbito recentemente por Covid. Essa conferência está sendo feita manualmente, de acordo com o CPF das vítimas, uma vez que a secretaria não dispõe de um programa de informática capaz de fazer o cruzamento das informações. Pois é. Só Jesus na causa!

SERÁ QUE AGORA VAI?

Nova rodada de reuniões com a Codiub, na semana passada, abriu uma nova perspectiva de agilizar o processo de informatização na saúde. Segundo Ana Vera, será usado o mesmo programa de controle de estoques de medicamentos da Secretaria de Saúde para informações sobre a vacinação, inclusive com cruzamento de dados por CPF. Ela acredita que os testes com o programa poderão ser iniciados dentro de 15 dias. O piloto deverá ser um dos drives de vacinação de doentes crônicos. 




Continua depois da publicidade


VACINA VENCIDA 

Se não bastasse a chegada a conta-gotas nas cidades do interior de Minas, agora veio a informação de que muitos mineiros teriam sido imunizados com vacinas vencidas. Em alguns casos, a diferença entre as datas de vencimento e de aplicação chega a 25 dias. O problema foi detectado em duas remessas de AstraZeneca, importadas da Índia, já envasadas. As validades eram de seis meses a partir da fabricação, em outubro do ano passado, e expiraram nos dias 29 de março e 14 de abril, respectivamente. Uberaba não está na lista das cidades que receberam essas vacinas vencidas. Mas, vale lembrar aquele episódio em que o prazo de vencimento estava chegando e uma enfermeira do município tomou a iniciativa de chamar quem ela bem entendeu para ir aproveitar a “chepa”. 

DISCRIMINAÇÃO VACINAL

A União Européia planeja permitir a entrada somente de turistas imunizados por vacinas aprovadas por agências reguladoras do bloco. De acordo com a Bloomberg, a discriminação vacinal tem como alvo os imunizantes de fabricação chinesa, como o Coronavac, por exemplo. Se essa decisão for confirmada, brasileiros serão impedidos de viajar à Europa, quando o turismo internacional for retomado. Bom será se os Estados Unidos também não seguirem o mesmo caminho, proibindo a entrada de turistas que não tenham sido vacinados com Pfizer, Moderna e outras aprovadas por órgão regulador americano.   

MULHERES NO TOPO

Boletim epidemiológico desta terça-feira traz uma triste informação: dos 8 óbitos registrados nas últimas 24 horas, 7 vítimas eram mulheres. Quase todas faleceram em hospital público. A faixa etária também abaixou. Apenas uma vítima da Covid tinha 78 anos e outra 58. Todos os demais estavam na faixa dos 64 aos 69 anos. E os casos confirmados em 24 horas também continuam altos: foram mais 173 hoje.

PONTO DE PARTIDA

Pode sair a qualquer momento o edital de licitação das obras iniciais da Zona de Processamento de Exportação. Cronograma da primeira etapa da obra está estimado em 12 meses. Na verdade, tanto o loteamento da área que vai abrigar as futuras indústrias, quanto o arruamento interno e o portal de acesso já deveriam estar prontos. Mas, em razão da pandemia que começou no ano passado, o prazo foi prorrogado. 

BOM TAMANHO

Folha salarial da PMU está girando em torno de R$ 30 milhões mensais, incluindo encargos e gratificações. Segundo o secretário de Administração, Beethoven de Oliveira, os 561 cargos comissionados já preenchidos pelo governo Elisa custam R$ 2 milhões e 700 mil mensais aos cofres públicos. Hoje o Município conta com 51% de comissionados considerados “puros” e 49% dos efetivos, ou seja, servidores de carreira que foram nomeados para esses cargos. Por lei, o governo municipal pode nomear até 744 comissionados. Aliás, segundo o secretário Beethoven Oliveira, os quadros de servidores da PMU têm hoje 6.914 efetivos e 8.419 matrículas.

PROCURA-SE

Acredite, se quiser: a Justiça do Trabalho localizou R$ 3 bilhões esquecidos por empresas e trabalhadores no Banco do Brasil e Caixa. Esse montante foi apurado na operação Garimpo, da Corregedoria Geral de JT, para localizar os “donos” de depósitos judiciais abandonados em processos trabalhistas. No começo do ano passado foram rastreados R$ 2 bilhões, mas apenas R$ 183 milhões foram liberados para saques após a identificação dos titulares dessas contas. Um ano depois, foram localizados mais R$ 1 bilhão, sendo que desse montante R$ 268 milhões estão disponíveis para saque imediato. O dinheiro está parado em contas de depósitos  recursais, sendo que os processos já foram encerrados e arquivados. 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia