JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 01 de março de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 16/02/2021


Continua depois da publicidade


Elisa descarta trocar sistema de regulação de leitos em Uberaba

MARCHA À-RÉ

Ninguém, em sã consciência, poderia defender a troca do sistema de regulação de leitos hospitalares conhecido por Sisreg pelo sistema genérico do Estado, o SUS-Fácil-MG. Desde a gestão do saudoso médico Valdemar Hial na Saúde em Uberaba esse SUS-Fácil já era abominado. Servidores da pasta daquela época contam que o Dr. Valdemar Hial tinha até taquicardia só de pensar nesse sistema, de tão ruim, arcaico, demorado e irracional que era. De lá pra cá mudou pouco, mas continua com as mesmas características: é um paquiderme tecnológico. “Só mesmo quem não conhece um sistema melhor, mais ágil e mais eficiente, para querer que Uberaba adira a esse sistema de regulação do Estado. Seria o mesmo que engatar marcha a-ré”. Esta é a opinião de um conhecido médico, que já ocupou cargo de relevância na saúde pública, mas que hoje prefere se manter na coxia para não ferir suscetibilidades neste momento delicado.

ALERTA IMEDIATO

Nesta terça-feira, a médica Sabrina Sarreta também se posicionou sobre essa proposta de adesão de Uberaba ao SUS-Fácil MG, feita pela presidente do conselho dos secretários de saúde da macrorregião Triângulo Sul e também secretária de saúde de Conceição das Alagoas. Para Sabrina Sarreta, “o restante do Estado de Minas deveria aderir ao Sisreg, que é muito mais eficiente que o SUS Fácil. Não o contrário. Será um retrocesso, com prejuízo para os usuários não só de Uberaba, mas também de toda a região. Os números comprovam o que estou dizendo. Digo mais: a implantação do Sisreg também a nível ambulatorial ajudaria a diminuir o caos da fila eletrônica”. Vale destacar que Sabrina Sarreta era a primeira opção da prefeita Elisa para ocupar a Secretaria municipal de Saúde. 

VAI ENCOSTAR?

É voz corrente entre servidores da área médico-hospitalar que essa insistência para Uberaba trocar o Sisreg pelo SUS Fácil só tem uma motivação verdadeira: a tentativa dos municípios vizinhos de voltarem a empurrar pacientes para cá, de qualquer jeito, sem fazerem o dever de casa que cabe a cada um deles. 

DEVER DE CASA

Segundo o médico Raelson Batista, que comandou a regulação de leitos em Uberaba na gestão passada e integrou o Comitê Covid também, “o que ocorre é que os casos de média e baixa complexidade devem ser resolvidos nas sedes de microrregiões ou nos municípios de origem do paciente. Para Uberaba devem vir somente os casos de alta complexidade. Mas, os municípios vizinhos querem abrir novamente as comportas para mandar pacientes sem a devida triagem, o que poderia trazer consequências desastrosas para a população uberabense. Nosso sistema não suporta receber pacientes de média complexidade da vizinhança e ainda resolver sua própria demanda”.  

SISREG FICA!

Ainda bem que a prefeita não embarcou nessa canoa furada de trocar um sistema que está funcionando bem por outro tão criticado! Em vídeo postado nas suas redes sociais, Elisa disse claramente que não vai abandonar o Sisreg. Mas está empenhada em melhorar e agilizar a comunicação entre os sistemas de regulação de leitos utilizados pelos municípios da macrorregião Triângulo Sul. Confira o vídeo da prefeita:

EM CASA




Continua depois da publicidade


Com o esgotamento dos leitos hospitalares na rede privada, os pacientes em melhores condições de saúde estão sendo tratados em casa por equipes multidisciplinares da Unimed. Situação nunca esteve tão preocupante quanto atualmente, sobretudo agora que se sabe que a nova cepa do coronavírus foi detectada em 6 pacientes vindos de Manaus para tratamento no Hospital Regional e já se suspeita de infecção de membros da equipe técnica destacada para o atendimento deles em Uberaba.

JUÍZO!!!!

Agências bancárias reabrem hoje depois de 4 dias fechadas. Expediente começa ao meio dia. Para evitar aglomerações, a Guarda Municipal e a Fiscalização do Procon vão reforçar o esquema de fiscalização. Antes do carnaval, o pessoal do Procon se reuniu com os gerentes de bancos na cidade para orientar sobre as medidas a serem adotadas nesta quarta-feira. Mas, tem um detalhe: se você não tiver extrema necessidade de ir ao banco hoje, deixe para amanhã ou sexta-feira.

SUPERLOTAÇÃO

Vereador Samuel Pereira foi às redes sociais para informar que vai protocolar ofício à prefeita Elisa, solicitando que as frotas de ônibus sejam reforçadas para evitar aglomeração. Pois é. Na segunda-feira o coletivo que faz a linha Hospital Escola por volta de 6h parecia “sardinha na lata”. Não foi o único nessa situação. Diante desse quadro, fica o desafio ao vereador Samuel Pereira e a seus pares da bancada evangélica para atuarem contra a superlotação dos ônibus com a mesma garra com que defenderam a permissão para realização dos cultos religiosos presenciais aos sábados e domingos.

AO VIVO!

Com a rede hospitalar colapsada em várias cidades da região, incluindo Uberlândia, o secretário de Estado de Saúde convocou coletiva presencial de imprensa para a tarde desta quarta-feira. Como autoridade máxima da área de saúde em Minas e reitor da Universidade Federal de Uberlândia por 2 vezes, o secretário Carlos Eduardo Amaral deveria ter aderido às videoconferências com a imprensa, em vez de expor repórteres de veículos de comunicação de toda a região a eventos presenciais. Daria um bom exemplo de responsabilidade, num momento tão delicado da pandemia como é este.

DE OLHO

Embora recolhido desde o fim do seu mandato, o ex-prefeito Paulo Piau não está parado. É o que se conclui de publicação feita nas redes sociais pelo presidente do MDB mineiro, o deputado federal Newton Cardoso Junior. No Fim de semana, ele postou foto ao lado de Piau e da ex-primeira dama Heloisa, registrando a “visita” do casal e dizendo: “Também falamos das expectativas para as próximas eleições e fizemos uma análise do atual momento político”. Para bom entendedor essa visita rompeu a barreira da cortesia para mirar 2022.

 

Registro da visita do ex-prefeito Paulo Piau e Heloisa ao presidente do MDB Minas foi feito pelo deputado federal Newton Cardoso Júnior em suas redes sociais no fim de semana. As articulações para 2022 estão a pleno vapor nos bastidores da política, enquanto aqui na terrinha só se fala em pandemia do coronavírus

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia