JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 14 de julho de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 14/01/2020


Foto/Divulgação

Presidente do DEM em Uberaba, Luiz Guaritá Neto marcou presença na convenção do PTB. Parceria entre os dois partidos nas eleições majoritárias de outubro é fava contada. Na foto, Luiz Neto e o presidente do PTB, J.Jr

Repeteco de aguaceiro
Está virando rotina cair um temporal vespertino em Uberaba. Na tarde dessa segunda-feira, o “toró” pegou muita gente de surpresa em pleno horário de expediente bancário. No entanto, três fatos chamaram a atenção. O primeiro deles, a rapidez do escoamento das enxurradas na área central da cidade. O segundo, o assustador volume de lixo que boiou na enxurrada, tanto nos bairros quanto no centro. O terceiro, a ação imediata da turma da limpeza pública, para retirar o entulho acumulado nas esquinas da área central da cidade.

Que sujeira!
Não dá para entender o desmazelo dos uberabenses com a cidade. Nem bem a chuvarada de sexta-feira trouxe à tona o lixo jogado na rua, e ontem a cena se repetiu. Na avenida Nelson Freire, por exemplo, vídeo postado em rede social mostrou claramente o volume de lixo trazido dos bairros pela enxurrada. Na Tristão de Castro, imediações da Catedral, a cena não foi diferente, com lixo acumulado na esquina com a rua São Sebastião. Era tanta sujeira que, depois da chuva, o gari recolheu mais de 100 kg de lixo só naquele local. Francamente. Para virar esse jogo só há um jeito: endurecer com os sujismundos, aplicando multas pesadas para quem jogar lixo na rua. Uberaba está demorando a tomar esta iniciativa.

No alto
Por incrível que pareça, o toró dessa segunda-feira provocou alagamento também em bairros considerados altos, como no caso do Jardim Maracanã e São Benedito. A avenida Marcus Cherém, por exemplo, foi tomada pela enxurrada. O estranho é que no centro da cidade o escoamento das águas da chuva tem sido muito mais rápido do que nos bairros.

Insanidade - Acredite, se quiser: por conta da queda de 9 árvores, vítimas do temporal e da ventania dessa segunda-feira, já tem gente defendendo a eliminação de palmeirinhas, acácias e outras espécies plantadas em áreas públicas. Pode?

Troca de comando – Rumores que circularam nessa segunda-feira nos bastidores da Prefeitura dão conta de troca no comando da Guarda Municipal. O atual comandante, Gianvecchio, estaria deixando o cargo esta semana. Para seu lugar está cotado o GM Neves. A conferir.

Arranjos e rearranjos
Convenção municipal do PTB no dia 10 serviu para definir o quem é quem no novo diretório municipal. Hermany Andrade Junior, o Jota Junior, permanece no comando da sigla, agora tendo João Gilberto Ripposati como primeiro vice. O quadro diretivo do partido em Uberaba conta ainda com os vereadores Varciel Borges e Fernando Mendes, além do presidente da Fundação Cultural, Ronaldo Amâncio, e da psicóloga Cidinha Coimbra, que assume o comando do PTB Mulher. O interessante é que nessas reuniões partidárias não têm faltado visitantes de outras siglas. No caso do PTB, por exemplo, a chegada de Luiz Guaritá Neto (DEM) ao evento foi festejada de “mamando a caducando” pelos petebistas.

Na rede
Nas redes sociais, Elisa Araújo postou foto de suas férias com a família, com legenda sugestiva: “É com sorriso no rosto, energizada pelo sol e banhada nas bênçãos de Iemanjá que começo o meu 2020. Tô pronta!”. Em seguida, postou foto da sua leitura atual: “A arte da guerra”. Para bom entendedor...

Para escolher
Três nomes já se colocaram à disposição do Partido dos Trabalhadores para a disputa majoritária de outubro. Ivan José da Silva, vice-presidente do PT e ex-superintendente Regional de Saúde no Governo Pimentel; José Paulo Kefalás, economista e ex-integrante do governo Anderson Adauto, e
Ana Luz Flores Silva, professora de Filosofia lotada na E.E. Henrique Krugger.

Calote
Levantamento feito pelo jornal “O Tempo”, de BH, com base nas informações constantes no Portal da Transparência, revela que Minas deu um calote de R$3,9 bilhões nos municípios. Esse foi o montante que o governo Zema deixou de repassar do fundo estadual de saúde aos municípios mineiros, no ano passado. Segundo o levantamento, apenas 54% dos valores empenhados foram efetivamente repassados.

Goela grande
Na declaração de imposto de renda deste ano, a Contribuição Previdenciária paga pelo empregador doméstico não poderá mais ser deduzida. A lei somente permitiu a dedução até o exercício de 2019, ano-calendário de 2018. Pois é. Mais uma mordida do Leão nos brasileiros, pois o contribuinte que assina a carteira da doméstica vai deixar de se beneficiar de até R$1.251,00 do incentivo fiscal. De olho no aumento da arrecadação, o Governo acaba desestimulando o emprego formal das domésticas. Lamentável.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia