JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 06 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 30/11/2019

Jairo Chagas

Senador Rodrigo Pacheco visitou o Grupo JM de Comunicação na manhã dessa sexta-feira, em companhia dos seus anfitriões em Uberaba, Luiz Guaritá Neto, Marco Túlio Paolinelli e Eclair Gonçalves

Novos tempos
Em sua passagem por Uberaba nessa sexta-feira, o presidente estadual do DEM conquistou simpatia daqueles que o ouviram no evento do partido, em almoço para convidados. Antes do encontro com democratas para mutirão de filiações, o senador Rodrigo Pacheco esteve na sede do JM e avaliou que o Brasil vive um momento diferenciado em que o Congresso exerce um papel de nítido protagonismo nas mudanças que estão sendo implementadas. O Executivo faz as propostas reformistas, mas o formato das reformas e a palavra final sobre as mudanças têm sido dados pelo Parlamento. “Ou vai dar tudo muito errado, ou vai dar tudo muito certo” – avalia o senador.

Por que não?
No almoço dos democratas, o prefeito Paulo Piau transitou com desenvoltura. Aliás, o DEM é uma espécie de sucessor do PFL, que já abrigou o prefeito em outros tempos. A certa altura, Piau foi questionado se poderá sair do DEM o nome do candidato apoiado por ele nas eleições do ano que vem. Veja a resposta: “Por que não? Pode ser, sim”. Para bom entendedor, essa frase diz tudo.

Posição de grupo
Piau foi claro ao explicar sua resposta ao questionamento sobre a possibilidade de apoiar um candidato do DEM à sua sucessão, e alfinetou a oposição: “Nós temos um grupo político que não tem reserva de mercado”. Foi além: “Candidato a prefeito de Uberaba evidentemente sairá do grupo. Nós temos que estar bem pelo bem de nossa Uberaba. O que importa é isso. Mas aqui, no DEM, tem pessoas de altíssima qualidade e espero que o próximo prefeito tenha um perfil de experiência, de seriedade e tenha um bom relacionamento político. Pode ser Luiz Guaritá Neto? Claro que pode. Ele tem todas as características para fazer Uberaba crescer, se desenvolver, avançar”. Precisa dizer mais alguma coisa???

Chapa de vereadores
A eleição proporcional do ano que vem será totalmente diferente das anteriores, de acordo com a avaliação do senador Rodrigo Pacheco. E será também uma experiência ou um teste de competência para os partidos políticos. Isso porque, com o fim das coligações na disputa para vereadores, cada partido terá de escolher com redobrada atenção os seus candidatos. O senador inclusive fez um alerta que vale para todos os partidos: de nada adiantará ter meia dúzia de candidatos bons de voto, se os demais candidatos da chapa forem inexpressivos, “ruins de voto”, que apenas emprestam o nome para completar o quadro de candidaturas.

Sem extremismos
Condenando o que chamou de política de extremos, o senador Rodrigo Pacheco diz não ter dúvidas de que só há um caminho para a superação das crises no país: o equilíbrio. Para isso, segundo ele, o centro será o fiel da balança. Aliás, bem ou mal, os partidos de centro já vêm se posicionando nesse sentido, tanto na Câmara Federal quanto no Senado, diante das posições extremadas de esquerda e de direita no Brasil ultimamente.

Será?
Na festa de inauguração da iluminação natalina na praça do Quartel, não faltou quem comentasse a proximidade entre o coronel Lupércio Peres e o presidente da Câmara, Ismar Marão. Houve até quem indagasse se o comandante da 5ª RPM estaria se filiando a algum partido, com vistas às eleições de 2020. Será?

Máquina pesada
O Brasil tem hoje 680 empresas públicas e subsidiárias embicadas para entrar na lista de privatizáveis. Nessa relação consta, inclusive, uma fábrica de chips para animais, instalada no Rio Grande do Sul. Agora me diga: por que o governo investiu na montagem de um negócio como esse? Não é à toa que a máquina estatal custa tão caro para os brasileiros. O governo usa mal os recursos que arrecada, investe em áreas desnecessárias, deixando descobertas aquelas que deveria priorizar, como saúde e educação.

Novo comando
Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Uberaba realiza eleições para renovação de sua diretoria nessa segunda-feira, entre 8h e 18h. Liderando chapa única, o empresário Anderson Cadima deve ser eleito para suceder ao presidente José Peixoto, com mandato de 2020 a 2022.

Casa cheia
Por falar na Aciu, hoje a entidade recebe em sua sede a visita do governador Romeu Zema, que vem para participar de evento do seu partido, o Novo. Na Aciu ele vai falar para mais de 300 pessoas, especialmente empresários, e de lá segue para almoço reservado a convidados.

Cuidados
Por onde o governador Romeu Zema passa, não há quem não comente o excesso de rigor da sua comitiva, especialmente em relação à imprensa. Por questões de segurança ou outro motivo, o certo é que nunca se viu tantos cuidados e restrições com ocupantes do mesmo cargo em Minas.

Assim não dá!
As péssimas condições da BR-262, a necessidade de manutenção e duplicação, serão tema de audiência pública marcada para segunda-feira, às 13h, pela Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Essa audiência nasceu de iniciativa do deputado Bosco, de Araxá, usuário e conhecedor das precárias condições dessa rodovia que liga o Triângulo Mineiro a BH. A privatização da rodovia só serviu até agora para enriquecer a concessionária que opera os postos de arrecadação de pedágio. Nada mais.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia