JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Lídia Prata ALTERNATIVA 13/08/2019

Foto/Fábio Braga


Bem-sucedido empresário e respeitado líder ruralista, o pecuarista Rivaldo Machado Borges Júnior foi eleito presidente da ABCZ nessa segunda-feira. Vai suceder a Arnaldo Manuel Machado Borges, cujo mandato se encerra em 31 de dezembro. Dinâmico, empreendedor e profundo conhecedor do agronegócio, Rivaldo certamente levará a associação dos criadores de zebu a um patamar de excelência e respeitabilidade em todas suas frentes de atuação, dando sequência ao trabalho excepcional desenvolvido pela atual diretoria da entidade. Sucesso, Rivaldo!

Dia M, de Mosaic
Mosaic inaugura hoje o seu Centro de Soluções Compartilhadas em Uberaba, erguido dentro do Parque Tecnológico. Depois de longa “briga” para reverter a decisão da multinacional de localizar o CSC em Uberlândia, Uberaba conseguiu virar o jogo e hoje tem motivos de sobra para comemorar. Esse Centro de Soluções Compartilhadas foi um marco na história do amadurecimento político das lideranças locais, assim como será um passo importante para a consolidação do desenvolvimento econômico do município. O CSC já está funcionando, gerando em torno de 250 empregos, e o mais importante: contribuindo efetivamente para arejar muitas cabeças por aqui. A Mosaic é nossa: essa frase agora faz mais sentido do que nunca!

Investimentos chegando
A presidente da Fiemg – Regional Vale do Rio Grande, Elisa Araújo, e a vice-presidente, Miria Rezende, participaram em Araxá da cerimônia de assinatura do protocolo de intenções entre a Prefeitura e a multinacional McCain, para instalação de uma unidade na cidade. Líder mundial na produção de batatas pré-fritas e congeladas, a expectativa da empresa é gerar 150 empregos diretos, 450 indiretos e 750 ligados à agricultura. O investimento será de cerca de US$100 milhões. Após o evento, Elisa e Miria se reuniram com o governador Romeu Zema (Novo), para tratar de demandas da região, como a estruturação dos distritos industriais dos 20 municípios do Vale do Rio Grande.

Aqui também
Outro grande investimento no setor de alimentos pode ser anunciado a qualquer momento pelo governo Zema, contemplando Uberaba. Trata-se de multinacional que já está com toda a documentação encaminhada, dependendo apenas do sinal verde do Estado.

Sob suspeita
Carta aberta de apoio à permanência de Marilda Ribeiro no comando da Superintendência de Ensino virou alvo de dúvidas e questionamentos que já chegaram aos ouvidos do governador Romeu Zema. Apócrifa, a carta teria sido uma iniciativa dos diretores das escolas estaduais, mas muitos deles já negaram autoria e autorização para mencionado apoio.

No paredão
O secretário da Fazenda, Wellington Fontes, é o entrevistado da Rádio JM, de hoje, a partir de 8h. Dívida ativa, protesto de devedores de tributos, questionamentos sobre alíquotas aplicadas no ITR estarão entre os temas em debate. Você pode participar pelo WhatsApp da Rádio JM (99777-7900).

Por que não?
A Prefeitura precisa rever urgentemente essa decisão de mandar a protesto os nomes de contribuintes devedores de tributos municipais. Poderia perfeitamente tentar, primeiro, uma composição amigável através do Posto Avançado de Conciliação Extrajudicial, o Pace, da Aciu, que tem dado bons resultados na recuperação de créditos para os empresários locais. Seria uma oportunidade para o devedor saldar o débito, sem sujar seu nome por conta de dívidas de IPTU, ISS, taxa de cemitério, etc.

Outra ponta
Ao evitar o envio de tantos contribuintes devedores de tributos municipais a protesto sem prévia negociação, a Prefeitura também favoreceria o comércio local, já tão castigado pela crise econômica brasileira. Primeiro, porque esses contribuintes não seriam protestados a “torto e a direito”, e, portanto, não teriam restrições de crédito, podendo fazer suas compras livremente. Segundo, porque evitaria o risco de o município protestar quem já quitou o débito, já que o cadastro da PMU não é lá dos mais confiáveis. Como se sabe, hoje uma das grandes fontes geradoras de indenizações por danos morais é justamente o protesto indevido de títulos...

Parcelamento
A propósito, contribuintes protestados pelo município já podem tentar o parcelamento dos débitos. Decreto municipal instituindo o Refis já está em vigor. Mas o “nome limpo” só será possível depois da quitação do débito...

 Aos poucos
O número de parcelas para quitação das dívidas protestadas varia de acordo com o valor, começando em três para os débitos de até mil reais e terminando em 18 para débitos superiores a R$5 mil.

Foto/reprodução


Governador Romeu Zema recebeu em Araxá a presidente e a vice-presidente da Fiemg Regional, Elisa Araújo e Miria Rezende, respectivamente, na sexta-feira

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia