JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 25 de maio de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Jorge Nabut JORGE ALBERTO 23/05/2020


IMAGENS EM LANÇAMENTO

MAIS gente colhendo lucro com a reclusão. Somente neste mês de maio, Guido Bilharinho acaba de publicar um livro seu, de poesia, inédito. Trata-se de Imagens, no qual, além dos versos lapidados, revelando a consciência do fazer poético, ele se aventura no campo das imagens, se revelando fotógrafo. São luminosas fotos de plantas, que ele encontra pela cidade e as adequa aos poemas, sempre prazerosos de leitura. Parabéns em duplicata. www.guuidobilharinhoglobsport.com.br.
• Nessa semana, Guido Bilharinho lançou a terceira edição de uma das obras mais importantes do Arquivo Público: Uberaba na II Guerra. A edição juntou um grupo de craques para revelar a importância da cidade no cenário nacional, durante a conflagração. Coordenadora Sônia Fontoura, dividiu funções com Luís Henrique Celurale e Flávio Arduini Canassa, contanto com pesquisas e entrevistas de Aparecia Manzan e Maria Leocádia de Sousa. Importantíssimo. www.bibliografiasobreuberaba.globspot.com.br

LIVROS 25% OFF
ENCERRADA a semana de promoção de livros infantis, que foi show, começou a Promoção de Livros Jurídicos na poderosa livraria Lemos & Cruz. Consulte o imenso e valioso acervo de livros indispensáveis para a profissão do advogado – inclusive o novo Vade Mecum - e ganhe 25 % de descontos e até em três vezes sem juros no cartão. Somente a livraria Lemos & Cruz faz isso por vocês. www.lemosecruz.com.br.

CAPELA DE SANTA RITA
ONTEM foi seu dia e fiquei me lembrando o quanto nós fizemos por você. Nós encontramos seu prédio, pelas metades. O Iphan havia refeito telhado, piso e teto, restaurado as talhas e com o fim da grana, passou o cadeado e pronto. Mas, a tempo, com alvará de Ângelo Osvaldo dos Santos, nos deixaram as chaves. Faltava rebocar o prédio, rebocamos. Faltava pintá-lo, pintamos. Mas o vazio do interior parecia ainda maior quando tudo ficou pronto. Nenhuma imagem, nenhum móvel. Nada sobrara do pouco que tinha.
• Fomos buscar sua imagem, guardada na vizinhança e a reintroduzimos no altar-mor. Que alegria, santa Rita, tê-la de volta. Mais tarde a restauramos.
• Com recursos da Fundação Cultural, da qual eu era diretor, compramos as duas grandes telas, duas mesas de altares, o piano e mandamos fazer as vitrines da sacristia, para receber a valiosa coleção de indumentária, que ganhamos. Da mesma forma, vieram imagens de várias igrejas, da cidade e região.
• Não havia lugar para sentar. Fizemos a campanha das cadeiras “torneadinhas” e demos início à longa série de recitais e poesia, enquanto restabelecemos atividades religiosas tradicionais, a novena e a Scholla Cantorum, organizada por Antônio de Pádua.
• Por várias vezes, o pronome “nós” era eufemismo, era eu mesmo. E se a Fundação Cultural nos negava transporte, como negou várias vezes, até o telefone nos cortaram, saíamos de carroça a transportar objetos e plantas para a capela da santa das causas impossíveis. Tudo tinha de ser possível!
• Fizemos das tripas coração para que a igrejinha de santa Rita de Uberaba estivesse à altura do título de Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.
• Ontem foi seu aniversário, santa Rita e, silenciosamente, cantamos Parabéns a Você, ao ver o vídeo que Lucas Guerra fez para comemorar a data. É o vídeo que ilustra nossa página on-line de hoje.

Hino - Ao vídeo de Lucas Guerra faltou o hino que monsenhor Vicente Ambrósio dos Santos fez especialmente para ser cantada na nossa capela.

Santa Rita é que sempre foi cantado na capela.

Santa Rita intercede

Junto a Deus que é nosso pai,

Por aqueles que te pedem

Proteção e muita paz.

 As doações vieram de particulares, como o grande retrato do maestro José Maria, da Catedral de Uberaba, de onde vieram os anjos e praticamente toda indumentária, da Abadia e de Conceição das Alagoas.

 


LANÇAMENTOS

Aproveitando a pandemia para produzir, mais ainda, Guido Bilharinho lança livro de poesia e reedita Uberaba na II Guerra, do Arquivo Público


Filipe Nassif Rodrigues da Cunha e Bárbara Abdanur Carvalho, circulando sempre juntos


Chef Mariza Cury conferindo cores e odores poderosos pelas ruas de Istambul, Turquia


Roberta e o marido, Wesley da Costa Santos, com a filha Maria Júlia, à espera de Maria Vitória, prontinha para nascer


Bela imagem enviada por Luciana Cicci enquadrando a capela de santa Rita e a igreja de são Domingos


Aplausos - Caixas de protetores faciais produzidos pela Eletric Ink. e doados ao Hospital de Clínicas



** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.
DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia