JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 19 de fevereiro de 2020 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Jorge Nabut JORGE ALBERTO 15/01/2020

MÚSICA E FEIJOADA

RITMO acelerado nas vendas de mesas e convites para a Feijoada do Jockey, que vai abalar o belo clube de campo, dia 15 de fevereiro, a partir do meio-dia. Mumuzinho também confirmando presença no palco, para agitar a galera que lá estará, no balanço certo. Feijoada do Jockey garantindo o sucesso mantido há décadas. Muita música. Muita alegria. Muito tudo.


Mumuzinho é músico confirmado para agitar a Feijoada do Jockey, dia 15 de fevereiro

 DE VOLTA AO BRASIL

DEPOIS do imbróglio envolvendo o presidente Bolsonaro, dizendo que a China “quer comprar o Brasil, e não comprar do Brasil” – o próprio Presidente contornou a situação, aproximando-se de Xi Jinping –, os chineses querem investir no Brasil o que investiram na África: em infraestrutura, estradas, ferrovias, hidrelétricas.
A expectativa para este ano é de que eles tragam algo como US$7 bilhões para gastar aqui, diz ao Estadão Eduardo Centola, do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC). Segundo especialistas, empresas chinesas já têm mapeado investimentos no Brasil, olhando modelo de negócios para os próximos anos. Que nossa economia precisa dar uma arribada não há dúvidas.
• E, falando em chinês, mais recentemente tem-se difundido a presença de chineses no período do ciclo de ouro das cidades mineiras (século XVIII). Nas igrejas barrocas, principalmente, é notável a influência da arte chinesa, inspirada na porcelana trazida da China pela Companhia das Índias. Mas a presença dos chineses ainda é notada na fisionomia de muito ouro-pretano que, até então, pensávamos que fossem pardos.

Bela Laura Ferreira Batista com Mônica Hial na balada de aniversário de Orlando Hial Abreu

 

 

 

 

 

Foto/Alex Pacheco


Orlando Abreu com a mãe, Mônica, e o amigo José Fernando Palmério Toubes
 

Raquel Affonso sob a ótica de Babi Magela 

 

 

 

 

 

 

 

 

Foto/Alex Pacheco


Maria Helena e Cristiano Miziara, clicados no casamento de Sofia e Lucas Fuzaro

Fotos/Ian Produções


Manoel Victor Pereira comemora, em família, formatura em Administração de Empresa pela Facthus, dia 11/01


Manoel Victor com a mãe, Lucélia Pereira, e o namorado dela, Gilmar Gomes de Oliveira


Formando com o pai, Eduardo Pereira

Raphaela Massote Simplício recebe diploma de advogada, dia 23 de janeiro

   

 

 

 

 

 

 


Ricardo Bruno Ferreira Cruz cola grau em Engenharia Civil, dia 22 de janeiro

Mulher Amanda Di Tano faz a diferença na página de hoje       

 

 

 

 

 

 

 

 


Confraternização de médicos e funcionários do antigo Hospital Santa Helena, fechado há décadas, mas, ainda assim, propiciando aproximações

BILHÕES COM OS TÊNIS
NO INÍCIO dos anos 1990, era prática de alguns colecionadores apaixonados juntar calçados esportivos fora de série. E olhem que essa mania deu origem ao mercado bilionário de revenda de calçados. Hoje, os tênis podem custar milhões de euros nas Bolsas de Valores, dos Estados Unidos à China. Para se ter ideia do glamour que envolve lançamentos de novos modelos, os últimos exemplares da Air Jordan – Nike em parceria com o rapper americano Travis Scott –, que chegou às lojas no final de 2019, foram vendidos a 250 euros, o par, a grupo de clientes de uma loja parisiense. Horas depois, eram negociados a 900 euros na plataforma americana Stocky. O melhor fica com o vendedor. O lucro da revenda de um par de tênis cobiçado pode atingir 5.000%. A consultora americana Cowen estima que esse mercado movimenta US$2 bilhões ao ano e que, em 2025, poderá bater US$6 bilhões.


PISADA Par de sapatos clicados pelo influente Bruno Astuto no Museu de Arte Decorativa de Paris; o design foi longe, inclusive no conforto


TAPETE VOADOR
• Areia fina – Sem dúvida, a melhor praia para o carnaval será aquela em que você estiver. De Cancún a Florianópolis, o prazer de contato direto com o mar. Nada melhor para curar o baixo astral. É hora do decolar.com.
• Trajetória – Neste janeiro, a revista que mudou o conceito de poesia no Brasil e no mundo – Dimensão – faz 40 anos desde a primeira edição. Embora já extinta, a data inicial não passará batido. Exposição na Biblioteca Municipal Bernardo Guimarães vai rememorar a trajetória da revista do Guido Bilharinho. Ao todo, foram 30 números, sendo o último deles publicado há 20 anos. Despertando a curiosidade da moçada.
• Mãos à obra – E a notícia de que o príncipe Harry e Meghan querem sair da zona de conforto, ou moleza, melhor dizendo, para trabalhar, é atitude louvável e exemplo para o mundo. Não dá mais para viver na mordomia que a Coroa da Inglaterra propicia.
• Muito mais – “Pesquisa recente mostrou que, ao completar 50 anos, pessoas que não fumam, bebem com moderação, praticam atividade física com regularidade, adotam dietas com mais vegetais e menos gordura animal e mantêm o peso corpóreo na faixa saudável terão expectativa de viver em média mais 38 anos se forem homens e mais 43 no caso das mulheres.” – Drauzio Varella. 

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia