JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 17 de setembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Jorge Nabut JORGE ALBERTO 07/09/2019

AGITO EM SAMPA

APARENTEMENTE tranquilo, advogado Eduardo Diamantino está sempre ligado e em contato com primeiros, segundos e terceiros. Ocupou o roof top Augusta, na super fashion Oscar Freire, em São Paulo, para comemorar sua chegada aos 50 anos. Com boa música, daqui e de lá – destaque para a belíssima cantora Claudia Bossle – e grupo de performáticos, congregou bacanas de lá e daqui. Num evento da melhor simpatia e animação.


Dudu e os pais recebendo Felipe, Mônica e Wilson Gaia

FOTÓGRAFO E PARCEIRO

COLUNISTA ganha parceiro que também trará imagens de eventos para nossa página. Diego Rodrigues acaba de clicar o batizado de Bernardo do Nascimento, feito pelo padre Marcelo, na igreja de São Benedito, e o casamento de Aline Rodrigues Alves e Robson de Oliveira. Hoje, ele produz as imagens dos 15 anos de Marcelly Oliveira. Sucesso, meu caro!


PROFISSIONAL Diego Rodrigues, o mais novo fotógrafo parceiro do colunista, com muitas imagens a revelar, para nós

SUCESSO LINAMARINA
CONTINUA repercutindo na coluna o megassucesso que foi a comemoração dos 30 anos de Linamarina. Evento já integra o calendário fashion de 2019. E o sábado é festa para as clientes apaixonadas por Linamarina e que dela não abrem mão. Com atendimento vip e bem a tempo de descolar a roupa perfeita para fazer e acontecer nas festas supercolunáveis.

Foto/Vini Lopes 


Rogerio Cássio e Maria Angélica Diniz, recebidos por Adriana Lyrio na inesquecível comemoração dos 30 anos de Linamarina; um arraso!


HOJE, NO SER TÃO

SÁBADO e domingo, o prazer de ir ao Ser Tão Mineiro, melhor lugar do fim de semana. Bom lugar para levar a família. As crianças têm parque, cavalos e charrete. Os adultos, boa música, comida da roça, no fogão à lenha, cachaça, carne dormida na banha, torresmo. Dia 12 (quinta-feira), o festão de aniversário (cinco anos), com show de Mateus & Mathias. “Tamo” lá!


Matão & Mathias estarão na comemoração dos 5 anos do Ser Tão Mineiro, que faz esquenta, hoje e amanhã


LEITURAS MUSICAIS

NESTA semana do Conservatório, fui à livraria Lemos & Cruz ver livros tratados sobre pautas musicais. Os mais de três mil alunos da escola têm seção espetacular na livraria. Há de tudo. Do livro de luxo sobre Beethoven ao inovador Stockhausen, passando pela Jovem Guarda, pelo Tropicalismo, samba e música caipira tratada pelo grande jornalista José Hamilton Ribeiro. Festa da música na livraria famosa.


De Beethoven a Stockhausen, o melhor da música na Lemos & Cruz

 

MANHÃ MUSICAL

FECHA o programa dos 70 anos do Conservatório Renato Frateschi, sessão musical ao ar livre, amanhã (domingo), às 10 horas, na Praça da Abadia. Grupos de violeiros, acordeonistas e chorões revela talento dos alunos, sendo, também, forma brasileiríssima de continuarmos comemorando o 7 de Setembro, dia de orgulho nacional, que ainda vigora nos anais da Nação.

TAPETE VOADOR

• Precavidos – Com sol forte e ar seco, garrafinha de água e protetor solar para prática de todos os esportes.
• Bacurau – Fui ver o novo filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, premiado em Cannes e que esteve uma semana em cartaz na cidade. As cenas “estranhas” parecem vir das esquisitices típicas do streaming da TV. No mais, é nordestíssimo e recorre ao cangaço como símbolo de resistência diante de uma im(possível) invasão norte-americana do sertão pernambucano (ou seja, o Brasil). Músicas de Sérgio Ricardo e Vandré, típicas dos anos da ditadura militar, forçam comparação com os dias de hoje. Não precisava. Mas o filme joga com a emoção e o vimos com o coração acelerado.
• Luto? – Sete de Setembro, de camisa preta, não combina. Caso não queiram usar verde-amarelo, tudo bem, mas de luto, nananinanão.
• Os Frateschis – Em boa hora, assessor de comunicação do Conservatório Renato Frateschi informa que peças dos compositores Renato e Alberto Frateschi (pai e filho) foram, sim, lembradas na programação da entidade. Do primeiro, Mi Chaparrita e Horas Felizes, pela pianista Cecília Maria, e do segundo, Valsa de Amor. Muito bom.
• Renato Frateschi – Quando inventariei a obra de Renato Frateschi, para livro meu, havia várias missas. Quem sabe uma delas poderia ser tocada em próxima ocasião pela orquestra e coral do Conservatório que leva o nome do compositor? Fica a sugestão.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia