JM Online

Jornal da Manhã 49 anos

Uberaba, 22 de maio de 2022 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Bruno Campos TÁ EM ALTA 13/05/2022



Dos clássicos aos atuais, confira 13 filmes de terror para assistir na única sexta-feira 13 do ano

*A matéria pode conter imagens consideradas perturbadoras

A sexta-feira 13, seja ela de qual mês for, possui por si só um misticismo e um clima de superstição que paira sobre ela, sendo considerada um dia de azar. Das tantas explicações, uma está na numerologia, onde o 12 é considerado um número completo, enquanto seu sucessor é fragmentado.

São os 12 meses do ano, os 12 deuses do Olimpo, as 12 tribos de Israel, os 12 signos do Zodíaco, os 12 apóstolos de Cristo. A sexta-feira também carrega um peso negativo, oriundo do cristianismo, dado que Jesus foi crucificado na sexta-feira. Ao coincidirem, o dia da semana e a data do mês marcam um dia de infortúnio.

Devido a todo o misticismo no qual está em volta, com o passar dos anos, a sexta-feira 13 tornou-se símbolo do horror, principalmente nas produções da 7ª arte voltadas para o horrendo. Os filmes de terror ganham cada vez mais adeptos e nada melhor do que uma seleção de 13 filmes para esta sexta-feira 13. Não recomendaria assisti-los de luzes apagadas, mas se assim preferir, é por sua conta em risco.

01. Gata Velha Ainda Mia - 2013


A começar a lista por um que considero meu filme nacional favorito. No longa dirigido por Rafael Primot, vemos a atormentada Gloria Polk, interpretada por Regina Duarte, uma escritora decadente, ríspida, que vê na amargura sua melhor amiga. Polk abre as portas de sua residência para sua vizinha, a jovem jornalista Carol, interpretada por Bárbara Paz. Carol,atualmente casada com o ex-marido de Polk, busca saber um pouco mais sobre a volta de Gloria para o mundo da literatura. Com um diálogo envolvente, o telespectador se vê preso à trama, que cada vez mais se torna mórbida e sombria.

02. Psicose - 1960



Considerada um marco revolucionário dos filmes de terror, a trama dirigida por Alfred Hitchcock, mostra o desenvolver da mente de um dos maiores psicopatas dos cinemas. Norman Bates, juntamente com sua mãe, administra um motel à beira de uma estrada remota. Após o roubo de uma grande quantia em dinheiro, Marion Crane resolve se hospedar no Bates Motel, que dá nome ao seriado lançado em 2013. Durante seus dias na pacata hospedagem, Marion protagoniza uma cena icônica, que atravessa gerações e faz com que você repense melhor a atenção que você dá aos seus banhos.

03. O Iluminado - 1980



Dirigido por Stanley Kubrick e estrelado por Jack Nicholson, o filme é inspirado no romance escrito por Stephen King e tem sua trama em torno de Jack Torrance, um aspirante a escritor que está se recuperando de uma dependência alcoólica. Jack aceita uma vaga de cuidador no Overlook Hotel, um hotel antigo em meio às montanhas do Colorado e que esconde um passado sombrio em suas raízes. O filho de Jack, Danny, possui habilidades psíquicas que lhe permitem ter visões do passado tenebroso da locação. O cozinheiro do hotel também possui a mesma capacidade e ele e Danny conseguem se comunicar telepaticamente. Após uma tempestade de neve, a sanidade de Jack se esvai, dando lugar a um ser tomado por forças sobrenaturais, colocando todos que estão naquele lugar, em um sério perigo.

04. O Exorcista - 1973



Se não for a mais, com certeza a obra dirigida por William Friedkin é uma das mais comentadas de todos os tempos. Uma verdadeira referência quando se fala de filmes de horror. O Exorcista é, sem sombra de dúvidas, um filme para quem tem estômago. A trama retrata uma criança de 12 anos que começa a apresentar um comportamento adverso. Logo, descobre-se que a menina está sob possessão demoníaca e o desenrolar do filme acontece pautado na tentativa de um padre em exorcizar a entidade das trevas do corpo da criança.

05. 13 Fantasmas - 2001

A trama dirigida por Steve Beck, conta a história de uma casa herdada por Arthur Kriticos. Na ocasião, após perder a esposa de forma brutal para um incêndio, Arthur, seus dois filhos e sua babá mudam-se para a mansão deixada por seu tio, Cyrus Kriticos, um rico e misterioso homem que esconde tenebrosos segredos. Com o passar do tempo, Arthur percebe que ele e sua família não são os únicos moradores do recinto, quando então a obra toma forma e uma série de acontecimentos culminam em um fechamento ímpar de enredo. O filme ganha nos detalhes.

06. Invocação do Mal - 2013



Dirigido por James Wamn, o filme é o primeiro do "Universo The Conjuring" e o melhor filme de terror da década. A obra é um referencial que retoma o fôlego dos filmes de terror, que passaram por um período considerável sem obras de muita expressão ou mesmo que fizessem jus ao gênero. Neste primeiro Invocação do Mal, o casal de investigadores paranormais, Ed e Lorraine Warren chegam a uma pequena, isolada e pouco movimentada cidade interiorana dos Estados Unidos, para onde um casal e suas cinco filhas haviam se mudado. Um espírito maligno começa a atormentar a família, que não vê outra saída senão recorrer aos serviços dos Warren. A trama se desenvolve com base no que os investigadores vão descobrindo sobre a casa, os acontecimentos passados daquele lugar e toda a motivação que faz com que a entidade comece a agir sobre aquela família. A casa é banhada por um sangue inocente que encravou-se naquelas paredes e cabe ao casal, o enfrentamento ao demônio ali presente.

07. Halloween - A Noite do Terror - 1978




Continua depois da publicidade


O filme retrata Michael Myers, um dos assassinos mais temidos da sétima arte. No primeiro longa da franquia de 11 de filmes, o inocente garoto de 6 anos, no Dia das Bruxas, sob a fantasia de um palhaço, assassina sua irmã mais velha a golpes de faca, na pacata cidade fictícia de Haddonfield, nos Estados Unidos. O menino é mandado para um hospital psiquiátrico, onde passa os próximos 15 anos, tempo suficiente para maturar em sua mente seus próximos passos. Aos 21 anos, Myers consegue escapar do hospital e retorna para sua cidade de origem, onde começa sua série de crimes. O longa é dirigido por John Carpenter e performa, até hoje, como um dos melhores filmes de terror de todos os tempos.

08. À Meia-Noite Levarei Sua Alma - 1964


Dirigido e estrelado por José Mojica Marins, popularmente conhecido como Zé do Caixão, o filme fala do sádico e cruel coveiro Zé do Caixão, renegado e repudiado por moradores de uma pequena e interiorana cidade. O coveiro está obcecado em conseguir gerar a criança perfeita a chamar de filho, para que assim, possa dar continuidade à sua linhagem. Entretanto, por complicações de saúde, sua esposa se vê impossibilitada de engravidar, o que leva o coveiro a uma verdadeira obsessão sobre a namorada de seu melhor amigo ser a mulher ideal para gerar esta criança. Após sofrer um abuso cometido por Zé do Caixão, a vítima quer cometer suicídio, para regressar do submundo e tomar a alma do criminoso que a violou. Esta é a primeira aparição do maior referencial de terror nacional já criado.

09. A Hora do Pesadelo - 1986

"1, 2, o Freddy vai te pegar;
3, 4, as portas vão se fechar;
5, 6, é melhor despertar..."

Realmente, se tratando de uma das figuras mais emblemáticas dos filmes de terror, dormir passa longe de ser a melhor opção. Isso porque no filme dirigido por Wes Craven, a entidade maligna e, personagem principal da franquia, Freddy Krueger, ataca suas vítimas durante o sono. O primeiro filme da coletânea acompanha um grupo de adolescentes que começa a ter pesadelos em que são atacados por um homem cujo corpo é coberto por queimaduras graves e uma das mãos possui garras afiadas em cada um dos dedos. Para escapar da criatura é preciso acordar. Com o desenrolar da história o público descobre quem é Krueger, as atrocidades cometidas por ele no passado, o que fizeram com ele e os motivos pelos quais ele busca, incessantemente, sua vingança.

10. O Mistério de Grace - 2014

Ainda no início de sua graduação, a jovem, ingênua e virginal Grace, tenta se adaptar à cultura do campus e sua nova companheira de quarto pra lá de extrovertida. Em meio a todo o novo cenário, coisas estranhas acontecem e Grace se vê, então, possuída por uma entidade demoníaca que tenta a todo custo controlar seu corpo. Em uma viagem de volta ao lar de sua avó, uma fanática religiosa, as coisas começam a sair do controle. O diferencial do filme dirigido por Jeff Chan, é que a obra faz com que o telespectador esteja na ótica da possuída, uma vez que é todo filmado em primeira pessoa.

11. Sexta-Feira 13 - 1980



Outro clássico indispensável na lista de qualquer amante do gênero, é o filme dirigido por Sean S. Cunningham, que conta a história de um acampamento de Crystal Lake, onde dois monitores são mortos por um homem desconhecido. Vinte anos depois, em uma sexta-feira 13 como a de hoje, o local está prestes a ser reaberto ao público, mesmo com as histórias envolvendo o duplo homicídio, um afogamento e a contaminação da água do lago permeando a locação. No clássico que originou toda uma franquia, Jason nos é apresentado. O sanguinário e impetuoso assassino que, munido de um facão e sob uma máscara de hockey, ceifa suas vítimas sem o menor remorso ou escrúpulos.

12. O Sacrifício do Cervo Sagrado - 2018



Nicole Kidman, Colin Farrell e Barry Keoghan protagonizam um dos melhores filmes de terror psicológico já feitos. Com atuações ímpares, O “Sacrifício do Cervo Sagrado”, dirigido por Yórgos Lánthimos, conta a história de Steven, um cardiologista que começa a criar um laço de proximidade com o pertubado e perturbador Martin, um adolescente cujo pai morreu durante uma cirurgia na qual Steven era o médico responsável. Steven se afeiçoa pelo jovem, lhe presenteando e o apresentando também a sua família. Quando esse carinho e devoção pelo jovem começa a declinar, Martin decide se vingar da família que, em sua concepção, tanto lhe deve. A obra faz com que você assista de olhos bem apertos e com a respiração presa, em tantos momentos, afinal, nunca se sabe qual será o próximo passo do jovem.

13. Mártires - 2008

Dizem que o melhor a gente deixa para o final e com esta lista não seria diferente. Por último, mas não menos importante, Mártires é um dos filmes mais perturbadores dos últimos tempos. Dirigida por Pascal Laugier, a obra se passa na bucólica França dos anos 70, onde, durante um ano inteiro, Lucie, uma pequena criança de 10 anos, esteve desaparecida e, finalmente, é encontrada em uma estrada. Completamente louca e desorientada, a menina não consegue contar o que aconteceu. Mesmo coberta em ferimentos, a criança não aparenta indícios de violência sexual. No hospital para o qual foi levada, Lucie conhece Anna e as duas começam a criar um profundo laço, na esperança de que aquilo supere o trauma vivido. Após 15 anos, Lucie está completamente fora de controle e com sede de vingança, a jovem busca de forma incessante pelos responsáveis por seu sofrimento. Sua ânsia por vingança arrasta Anna para acontecimentos perturbadores e de consequências imprevisíveis.

 

 

 

 

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia