JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 11 de abril de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Joanna Prata AGRO EM DIA 26/03/2021


Continua depois da publicidade


Cerveja também é agro: cevada está sendo produzida no Triângulo Mineiro

Cerveja também é agro
Campanha de uma cervejaria que pedia adesão ao dia sem carne repercutiu mal no agro. Na campanha feita na internet, a marca demonstra apoio ao Dia Mundial Sem Carne e convida os consumidores a comerem mais verde. Em comentário na postagem, o presidente da Associação dos Criadores de Nelore do Brasil (ACNB), Nabih Amin El-Aouar, classificou como “vergonhosa” a posição da empresa. Lembrando que a cerveja é um produto obtido a partir de matérias-primas oriundas do campo, como a cevada e o lúpulo. Após a repercussão, a marca fez outra postagem em que diz que respeita todas as escolhas.

Cevada no cerrado
Desde 2019 uma parceria da Emater, Epamig e Embrapa tem introduzido a cevada entre os produtores do Triângulo Mineiro. A ideia nasceu em uma conversa dos pesquisadores da Embrapa/MG e a Embrapa Rio Grande do Sul. Os pesquisadores enviaram um kit com 10 variedades de sementes de cevada. As sementes foram plantadas em uma propriedade no município de Sacramento/MG. Foram semeados 90 hectares. “Após os testes, mais a parte de produção agronômica, se tinha viabilidade, se ia produzir o resultado foi bem satisfatório”, informou Guilhermina Severino, coordenadora da Emater em Uberaba. Segundo a pesquisadora, as sementes se adaptaram bem ao cerrado. O grande desafio dos produtores tem sido encontrar compradores, já que a cervejaria que tem na região usa cevada importada.




Continua depois da publicidade


Pesquisa
O Sistema FAEMG/SENAR/INAES, por meio do escritório regional de Uberaba, vai integrar o Grupo de Inteligência Setorial no Agronegócio (GIS-AGRO), que reúne várias entidades para o compartilhamento de informações, práticas e desenvolvimento de ações colaborativas. O objetivo é fomentar inovações tecnológicas e buscar soluções para o setor do agro. O grupo já trabalha em projetos de inovações para a irrigação de pastagens, para a gestão das propriedades rurais e para o cultivo de plantas medicinais. O GIS-AGRO é um projeto do Parque Tecnológico de Uberaba, que integra a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação (SEDEC) da Prefeitura de Uberaba, e conta com o apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG), universidades, instituições de fomento e de pesquisa, empresas de inovação, incubadoras, iniciativa privada e órgãos públicos ligados ao agronegócio.

Crédito Rural
O Banco do Brasil deu início ao Circuito Virtual Agro de 2021. Através da plataforma Broto, o banco vai oferecer condições especiais de financiamento de maquinário, contratação de seguros e consórcios. A adoção do sistema online foi uma solução para a questão do cancelamento de feiras agropecuárias em 2021 em decorrência da pandemia de covid-19.

Ovo padrão exportação
Levantamentos da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) mostram que as exportações brasileiras de ovos totalizaram 3,177 mil toneladas no primeiro bimestre de 2021. O número supera em 150,6% o volume embarcado no mesmo período do ano passado, com total de 1,267 mil toneladas. Principal destino das exportações de ovos do Brasil são os Emirados Árabes Unidos, para onde foram destinadas 2,356 mil toneladas no primeiro bimestre deste ano, volume 209,7% superior ao registrado no mesmo período de 2020. Sem importações registradas em 2020, Serra Leoa assumiu o segundo lugar nas exportações brasileiras de ovos neste ano, com 103 toneladas embarcadas. No terceiro posto, o Japão importou 89,2 toneladas, número 103% maior, segundo o mesmo período comparativo.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia