JM Online

Jornal da Manhã 48 anos

Uberaba, 26 de fevereiro de 2021 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Luiz Henrique Cruvinel NO CONTROLE 02/02/2021


Continua depois da publicidade


Campeonato feminino de Valorant terá premiação total de R$ 19 mil

Aleluia!

A GODSENT, nova equipe do veterano e multicampeão Epitácio "TACO", conseguiu sua primeira vitória em uma partida oficial. O time, estrelado por TACO e Felps, medalhões do CS brasileiro, venceu a Sinners por 2-0, com 19-16 na Nuke e 16-14 na Inferno, pela segunda rodada da Snow Sweet Snow 1.

 

Aí, meu bolso!

As cartas de Yu-Gi-Oh não eram importantes apenas nas animações e no meio digital. Elas chegaram a ser comercializadas em formato industrial no ápice da popularidade do desenho. Por isso, algumas cartas mais antigas e raras chegam a preços altíssimos, atingindo a casa dos milhões de dólares e sendo cobiçada por diversos colecionadores em todo o mundo. Segundo a Konami, existem mais de 22 bilhões de cartas em circulação no mundo, mas cinco delas se destacam pelo preço exorbitante.

1 - Tournament Black Luster Soldier (R$ 42 milhões)

2 - Lottery Edition Dark Magician Girl (R$ 273 mil)

3 - Amatsu-Okami of the Divine Peaks (R$ 102 mil)

4 - Iron Knight of Revolution 2017 (R$ 70 mil)

5 - Armament of the Lethal Lords (R$ 49 mil)




Continua depois da publicidade


 

Troca tiro com as gurias!

O Valorant, "novo" jogo FPS (First-Person Shooter) da Riot Games, fortalecerá ainda mais o cenário competitivo feminino com a disputa da Women’s Community Festival (WCF), circuito com premiação total de R$ 19 mil. O valor será dividido em dois torneios, que ocorrerão entre fevereiro e março: a WCF, que distribuirá R$ 6,5 mil e terá oito times no páreo; e a WCF Masters, que renderá R$ 12,5 mil para todas as 16 equipes participantes. As duas competições terão seletivas abertas.

O circuito ainda contará com equipe de transmissão totalmente feminina, com nomes que fazem parte de coletivos como Sakuras Esports, Projeto Valkirias, Wakanda Streamers e Projeto Fierce.

 

Faz a alegria do rival...

Os mega-consoles da Microsoft, Xbox Series X e S, estão com problemas para serem comercializados. Os produtos tiveram sua linha de produção afetada pela pandemia, e não estão amplamente disponíveis como a empresa gostaria. A Microsoft acredita que a falta de estoque dos modelos deve durar "ao menos até junho", de acordo com o chefe de relações com investidores Mike Spencer (via The New York Times).

No Brasil, ainda é possível encontrar os dois modelos da Microsoft à venda em grandes varejistas. Ainda assim, a oferta é bastante limitada, e alguns anunciantes independentes já estão subindo o preço dos consoles em mercados paralelos.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do JORNAL DA MANHÃ.
O conteúdo é de responsabilidade exclusiva do autor.

Continua depois da publicidade

Leia mais



DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia