JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 20 de agosto de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Virgínia Abdalla VIRGÍNIA ABDALLA 06/05/2019

 Manhã ensolorada...

... do último sábado marcou o concorrido lançamento do primeiro livro da mãe escritora Isabel Sanjuan de Campos Freire Martins, a querida Bel do Fernando, ou a Bel dos cinco filhos, como ela mesma sabe que é chamada. Quanta gente amiga e conhecida circulou no espaço da livraria, com fila imensurável para os autógrafos. Toda a espontaneidade desta paulistana de origem espanhola, sua experiência do cotidiano como mãe e publicitária, conselhos e dicas para mães de todas as gerações... está tudo no livro. Que também eu, como avó, já quero repassar para os meus filhos e netos.

Elmo 95’

Há dois anos Sr. Elmo Fantato começou a sua Árvore Genealógica e dia 27 de abril Silvana Parsequian Fantato Rezende e Leo reuniram em sua bela residência toda a família para ele fazer a entrega do livro e comemorar seus 95 anos.
Foi uma reunião cheia de alegria e emoção e a certeza que exemplo como do Sr. Elmo nos faz acreditar que viver vale a pena. Parabéns querido Sr. Elmo, que Deus o proteja e o ilumine sempre para que possamos desfrutar desta convivência maravilhosa. Tim Tim a todos vocês desta família linda!!!!

 

Sr. Elmo cercado pelos filhos, netos, bisnetos, irmão e sobrinhos

Cres Cendo

Qualidade e depoimentos emocionantes de várias participantes – mães e não-mães – palestra esclarecedora e rodas interativas marcaram o evento Cres Cendo, na última semana, iniciativa da admirada e competente psicóloga Sumaya Figueiredo. Aplausos pela iniciativa e pelo sucesso do evento.

Sumaya Figueiredo comandou o evento Cres Cendo sucesso absoluto na última semana

Grupos interativos, participações importantes


“O círculo dos Bastidores”

Depois de estrear com as experimentações de Paisagem Provincial (1984), no qual se inclui o longo “Branco em Fundo Ocre: Desemboque”, Jorge Alberto Nabut continuou editando poesia. Investiu na sensualidade e na sexualidade em Sesmarias do Corpo (1986), com fotos ilustrativas de Ramon Magela.
Aproveitando a oportunidade, rara por sinal, de editar um livro, publicou, em 2010, numa só edição, vários títulos: Well Gin, Cartas Abertas, Romanceiro de Sirça, Chopinianas, A Casa das Três Janelas, adaptado ao teatro por Emílio Rogê, além dos já citados Paisagem e Sesmarias. Levou ao limite a experimentação formal com O Livro das Chuvas (2016), publicado com recursos do Fundo Municipal de Cultura. Ao lançar O Círculo dos Bastidores, já dispõe aos possíveis editores os inéditos Advérbio de Lugar e Carícia Imaginária.

No campo da história publicou Coisas que me contaram, Crônicas que escrevi (1978), Desemboque: Documentário Histórico e Cultural (1986), Fragmentos Árabes (2002), Corredor dos Boiadeiros (2014), tendo inédito, Registros Ferroviários, que será lançado no segundo semestre de 2019.

Em O Círculo dos Bastidores, pelo qual responde também pela concepção visual, o autor confronta e dialoga com os trabalhos manuais herdados de sua mãe, Mariana Abdanur Nabut, que bordava à máquina. E a máquina de costura e de bordar é fruto da Revolução Industrial, que alavancou a economia e o progresso da Europa e dos Estados Unidos, no final do século XIX, juntamente com outras invenções, da maior importância.
Os dois trabalhos – dos bordados, fotografados por Ramon Magela, e do poeta – se miram e se refletem nas páginas deste livro.
Entre outras ilustrações, raras – uma delas é da famosa revista A Estação, do século XIX, e gravuras adquiridas de “booknistas”, livreiros que trabalham à margem do rio Sena, em Paris –, o autor também recorre às imagens do Livro Singer de Bordar à Máquina (1930), utilizado por sua mãe quando aluna do curso de bordar.
No lançamento, o livro será apresentado pelo poeta Eduardo Veras, doutor em Literatura Comparada e professor do Departamento de Estudos Literários da UFTM.

Artistas das lentes Ramon Magela - aqui com sua filha Babi - e Jorge Alberto Nabut

Nesta edição, o autor conta com quatro parceiros: Universidade de Uberaba, Codau, ABCZ Mulher e jornalista Ellen Gomes. O livro é editado pela 3P, em quatro cores, papel vergé e capa dura. Um presente perfeito para o Dia das Mães.
A venda dos 50 primeiros exemplares será revertida para a Vencer
O Círculo dos Bastidores terá noite de lançamento dia nove de maio, 19h30, na Sala Cecília Palmério – Uniube, da Av. Guilherme Ferreira.

Das mães

A propósito, Ramon Magela e Babi inauguram maravilhosa exposição pelo dia das Mães com produções inéditas, tecnicamente perfeitas e envoltas pelo maior cunho artístico e de bom gosto. Vamos todos ao Shopping Uberaba para conferir amanhã.


No rito do pai

Naruhito, o novo imperador do Japão, assumiu oficialmente o Trono de Crisântemo na manhã da última quarta-feira, 1° de maio, horas depois da abdicação de seu pai, Akihito. Naruhito realizou um breve discurso diante de um reduzido número de convidados no Palácio Imperial, após sua ascensão ao trono em um ato ritual onde herdou os tesouros imperiais do Japão e os selos imperiais que simbolizam o poder do imperador.


O Japão entre na Heisei com a Imperador Naruhito

Interessante: Pela primeira vez na história moderna uma mulher compareceu à cerimônia, embora mulheres da realeza não possam participar – nem mesmo as imperatrizes, a emérita e a nova, puderam acompanhar. Satsuki Katayama, única ministra do gabinete do primeiro-ministro Shinzo Abe, acompanhou o ato. Agora o Japão entrou no ano 1 da nova era imperial Reiwa (“bela harmonia”), após três décadas da era Heisei (“realização da paz”).


Imagens que são notícias

FOTOS PAULO LÚCIO

Opinião

O cancelamento da homenagem de Jair Bolsonaro na cerimônia de “Personalidade do Ano” é uma das maiores humilhações na vida de Jair Bolsonaro. É como se fosse um pária internacional por causa dos ataques que fez a negros, mulheres e gays, além da defesa da ditadura e da tortura.
Primeiro, foi recusado pelo Museu de História Natural.Depois, pelo restaurante Cipriani. E, agora, crescia a pressão para o hotel Mariott desistir de sediar a cerimônia. Que vergonha!
Várias empresas estavam desistindo do patrocínio – inclusive o prestigioso jornal “Financial Times”.
Para completar, foi revelado que dinheiro público está ajudando a bancar a cerimônia, com a compra de mesas.
Estavam programadas várias manifestações contra Bolsonaro em Nova York
Essas reações refletem os comentários críticos da imprensa americana ou inglesa como Washington Post, The New York Times, The Economist ou Financial Times.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia