JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 08 de dezembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Raquel Ribeiro #FICADICA 14/07/2019

GRIPE 
O inverno chegou e com ele as gripes e resfriados. Para garantir a sua saúde e a da sua família, conte com a melhor equipe de Uberaba e região quando o assunto é vacinação. A Vacinar tem um time de profissionais que faz a diferença na hora da vacinação. E para a campanha contra a gripe deste ano, o time Vacinar está a postos com os dois tipos de vacina. A Tetravalente garante a prevenção contra quatro tipos de vírus e a Trivalente previne contra três tipos de vírus. Procure uma das unidades Vacinar mais próximas de você. Em Uberaba, em dois endereços: avenida Santos Dumont, 644, e avenida Guilherme Ferreira, 767. Para dúvidas e atendimento domiciliar, ligue 3316-3700 ou via WhatsApp 9 9652-3700. Não deixe para depois; a imunização é a melhor prevenção.

SERÁ QUE O INCÊNDIO CONTINUA NAS PISTAS?
O parquinho pegou fogo na Áustria no dia 30 de junho. De tal forma que me fez assistir à mesma corrida por muitas vezes consecutivas. E hoje tem, neném! Será que continuaremos com o playground em chamas? Temos Lewis Hamilton correndo em casa. E a chuva por lá é quase certa, portanto o desempenho da galera é imprevisível, visto que com a pista molhada contamos não só com os possantes, mas com a habilidade de cada piloto e das equipes. Portanto, eu recomendo: Desgrude os olhinhos da coluna e ligue a TV. Voltaremos a conversar sobre isso no próximo domingo. Além de uma excelente corrida Silverstone, pode nos render bons resultados e começar a desenhar uma dança das cadeiras bem interessante para 2020.

AINDA SOBRE VESTAPPEN E HAMILTON
Apesar de levar em consideração os números, graças ao bom e louvado Deus, as estatísticas não regem a minha vida e muito menos pautam as minhas escolhas. Até porque somos seres únicos, com oportunidades e ações igualmente únicas. Baseado nisso, o que tenho a declarar sobre esta fala do meu queridíssimo Christian Horner é: só há uma maneira de resolver esta parada e, de quebra, realizar um dos meus sonhos de consumo. É só colocar Max Verstappen, Lewis Hamilton e Charles Leclerc (caso alguém queira acrescentar algum outro piloto, não me oponho) em uma pista responsa, tipo Estoril, onde Senna foi campeão pela primeira vez em 1985. Ou, então, pode ser em Nürburgring, onde Niki Lauda quase partiu dessa para uma melhor. Todos os três em um desses dois traçados com o carro atual da Mercedes. Aí, sim, talvez conseguiremos ver qual conjunto é mais eficiente, porque o melhor piloto do mundo precisa de: uma boa equipe, um bom carro, talento, treino e uma pitada de sorte. Depois desse racha, atrevo-me a escolher o melhor piloto do mundo, e você? Já sabe escolher baseado nos números e estatísticas ou quer curtir esse racha e pôr à prova as habilidades de cada um? Imagino que, mesmo sendo agarrado aos números, probabilidades e estatísticas, não há nenhum ser que perderia uma corrida dessas, por nada neste mundo. Brincadeiras à parte, caso tenha contato com essas crianças um dia, juro juradinho que não terei vergonha alguma em propor essa façanha aos coleguinhas.

EQUANTO ISSO NOS BASTIDORES... 
O fogo não só continua, como aumenta a cada dia. Meu querido, e é querido mesmo, Christian Horner, diretor esportivo da RBR, afirmou que Max Verstappen é o melhor piloto do mundo. Pronto! Era o que a impressa precisava para triplicar o fogo nos bastidores do parquinho. É claro e evidente que algum colega jornalista, bem inteligente e perspicaz perguntou ao meu querido e vitaminado Lewis Hamilton, atual campeão do mundo e líder absoluto do campeonato de pilotos deste ano, o que ele achava desta sincera opinião de Horner. Não é que o menino ficou desconcertado? O piloto da Mercedes recusou-se a se comparar com outros competidores e demonstrou incômodo com a afirmação do diretor da RBR, dizendo que não se compara com ninguém e que, de vez em quando, alguém precisa de certa atenção. O coleguinha Verstappen, que recebeu o elogio da chefia, preferiu abster-se. Não comentou nadinha de nada e fingiu demência total. Preferiu sentar-se, apreciar o elogio e a movimentação intensa e quente do parquinho. Até porque os números de vitórias somadas dos dois pilotos em questão são bem diferentes, assim como o número de pontos deste campeonato também; uma atitude muito sensata do meu atrevidinho favorito.

MÃOS À HORTA 
No #FICADICA da semana passada, o tema “horta em casa” rendeu, e muito. Nesta semana, trago para vocês algumas dicas sobre como fazer a compostagem, para aproveitar casca de alimentos que consumimos no dia a dia como nutrientes para a horta de casa. Agora, vamos à compostagem. Afinal, o que é isso? Bem, tecnicamente, compostagem é o processo biológico de decomposição da matéria orgânica oriunda de resíduos animais e ou vegetais, formando um composto. Esse composto pode ser aplicado ao solo para melhorar suas características sem causar danos ao meio ambiente, fazendo com que quem a pratica ajude o meio ambiente e, ainda, economize. Popularizando, é uma excelente forma de transformar o lixo que produzimos em alimento rico em nutrientes para a terra. 

DICAS MAIS QUE PRECIOSAS
• Não use na compostagem carnes, laticínios, alimentos temperados.
• O processo de compostagem nunca termina. Vá alternando as caixas e retirando o húmus formado.
• Não é necessário regar, pois o lixo orgânico tem a própria umidade.
• Reúna toda a família nesse processo. É uma forma prática de ensinar conceitos sustentáveis para seus filhos.
• A compostagem sem minhocas é uma opção, porém, o desenvolvimento do adubo tende a ser mais lento e pode desenvolver um cheiro não tão agradável, principalmente caso o processo dê errado. É comum que a falta de oxigenação nesse tipo de compostagem gere mofo e a falta de material seco pode causar o mau cheiro. Portanto, eu não recomendo, ok?
• Hoje em dia, existem caixas próprias no mercado, que facilitam o processo e deixam sua casa arrumadinha. 

COMER FICA MAIS DIVERTIDO

Com toda propriedade do universo, eu afirmo: A criança come ou pelo menos experimenta novos alimentos saudáveis e ricos em nutrientes com muito mais facilidade quando ela participa do processo de produção do mesmo. Portanto, mamãe, vovós e titias, se a sua criança não come, não experimenta e você já tentou de tudo, eu recomendo: Mãos à horta! Vá literalmente plantar batata! Ops!!! Batata, não, porque é mais complexo, mas plante alface, couve, cenoura, tomatinhos, berinjela, rúcula e afins. Na próxima semana, trarei um pouquinho sobre o plantio de hortaliças diversas; fique de olho.

COMO É QUE FAZ ISSO? 
Difícil não é. Confesso que dá certo trabalho, mas, depois que pegamos o jeito, o negócio fica muito prático e automático. Vamos ao passo a passo:

Para fazer a compostagem, você precisará de:
• Três caixas plásticas escuras: a primeira deve ter tampa e duas delas devem ter pequenos furos para que a umidade passe entre as caixas
• Folhas secas, pequenos galhos e folhagem
• Minhocas (compre 100 minhocas. Depois elas se reproduzem e você não precisará de mais)
• Lixo orgânico (cascas de vegetais e frutas, casca de ovo, restos de vegetais, etc.)
• Borra de café (ela facilita o processo da compostagem)

Comece o processo:
• Forre a caixa com as folhas secas numa parte da caixa
• Coloque o lixo orgânico em cima
• Coloque a terra com as minhocas
• Coloque a borra de café
• Cubra com as folhas secas

Depois desse primeiro passo, faça diariamente novos depósitos até preencher a caixa. Sim, é diariamente mesmo!
Passe essa caixa para baixo e suba uma caixa vazia. Recomece o processo. 
Após três semanas (em média), o húmus estará formado e pronto para ser usado em hortas, no quintal e em vasos.
Na última caixa ficará acumulado um líquido escuro, resultado da decomposição orgânica. Não descarte essa preciosidade! Ele é supernutritivo para as plantas no geral, inclusive para as orquídeas lindas que nós, mulheres, ganhamos em datas especiais. Dilua uma parte desse líquido em dez partes de água. Coloque num borrifador e regue suas plantas.

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia