JM Online

Jornal da Manhã 47 anos

Uberaba, 22 de novembro de 2019 -

BUSCAR EM TODAS AS SEÇÕES BUSCAR
Buscar

Colunas

Lídia Prata
Renato Abrão RENATO ABRÃO 20/10/2019

Bom dia, leitores do Jornal da Manhã!

Hoje, vamos dar uma pausa nos relatos de mulheres uberabenses que enfrentaram e ainda estão enfrentado o desafio diário da luta contra o câncer de mama para contar o que é o Outubro Rosa.

O movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa é comemorado em todo o mundo. O nome remete à cor do laço rosa que simboliza, mundialmente, a luta contra o câncer de mama. Este movimento começou nos Estados Unidos, onde vários Estados tinham ações isoladas referentes ao câncer de mama e ou à mamografia no mês de outubro. Posteriormente, com a aprovação do Congresso Americano, o mês de Outubro se tornou o mês nacional (americano) de prevenção do câncer de mama.

O laço cor-de-rosa foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure e distribuído aos participantes da primeira Corrida pela Cura, realizada em Nova York, em 1990, e desde então promovida anualmente na cidade.

Em 1997, entidades das cidades de Yuba e Lodi, nos Estados Unidos, começaram efetivamente a comemorar e a fomentar ações voltadas à prevenção do câncer de mama, denominando-as como Outubro Rosa. Todas as ações eram e são até hoje direcionadas à conscientização da prevenção pelo diagnóstico precoce. Para sensibilizar a população, inicialmente, as cidades se enfeitavam com os laços rosa, principalmente nos locais públicos; depois, surgiram outras ações, como corridas, desfile de modas com sobreviventes (de câncer de mama), partidas de boliche, etc.

A ação de iluminar de rosa monumentos, prédios públicos, pontes, teatros, etc., surgiu posteriormente e não há uma informação oficial de como, quando e onde foi efetuada a primeira iluminação. O importante é que foi uma forma prática para que o Outubro Rosa tivesse uma expansão cada vez mais abrangente para a população e que, principalmente, pudesse ser replicada em qualquer lugar, bastando apenas adequar a iluminação já existente.

A primeira iniciativa vista no Brasil foi a Iluminação do Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, em 2002. Desde então, a cada ano, mais cidades estão aderindo à onda de rosa em outubro e iluminando seus principais pontos turísticos de rosa e promovendo mutirões de mamografia, palestras de conscientização e eventos culturais em prol do combate ao câncer de mama. Uberaba não ficou para trás e há vários anos símbolos importantes da cidade iluminam de rosa suas fachadas, como a ABCZ, os Correios entre outros.

Assim, outubro virou o marco do combate ao câncer de mama e nós, mastologistas, enfatizamos que Outubro Rosa tem que ser todo dia. Não podemos deixar para nos lembrarmos do câncer de mama apenas um mês por ano. O câncer de mama está aí, cada dia mais perto das pessoas, acometendo cada dia mulheres mais jovens e cheias de sonhos. A prevenção é simples, barata e pode salvar a sua vida! Não deixe para procurar seu mastologista amanhã, a prevenção tem que ser agora!

Bom domingo a todos!

 

DESENVOLVIDO POR Companhia da Mídia